Conecte-se Conosco

Cidade

Vice-presidente do Rancho é morto a tiros no bairro do Jurunas

Publicado

em

Félix Carlos Lopes, 50 anos, foi morto com três tiros na tarde desta quarta-feira (16), no bairro do Jurunas, em Belém

Félix Carlos Lopes foi assinado na Rua Bom Jardim

 Félix Carlos Lopes, 50, vice-presidente da escola de samba Rancho Não Posso Me Amofiná, foi morto com três tiros na tarde desta quarta-feira (16), no bairro do Jurunas, em Belém.

O crime aconteceu na Rua Bom Jardim, entre as ruas Timbiras e Caripunas. Não há informações sobre o que pode ter motivado o assassinato e principal hipótese é crime de execução.

No Jurunas, a morte de Félix causou comoção na vizinhança

Crime comoveu a comunidade jurunense. Feliz Lopes era muito popular e querido

O  vice-presidente da escola de samba Rancho Não Posso Me Amofiná, Félix Carlos Lopes, 50 anos, foi morto com três tiros na tarde desta quarta-feira (16), no bairro do Jurunas, em Belém. O local do crime foi a Rua Bom Jardim, entre as ruas Timbiras e Caripunas. Félix Carlos Lopes era também administrador da Feira do Jurunas, segundo a Secretaria de Economia de Belém (Secon) e teria acabado de deixar uma reunião de trabalho, e seguia  para tratar de assuntos da  escola de samba, que se prepara para participar do Carnaval de Belém.  Na casa onde o carro prata – modelo Chevrolet Meriva – que Félix dirigia parou funciona uma pequena empresa de confecção de assessórios usados pelos brincantes do Rancho.

Félix Carlos Lopes conversava com o dono do estabelecimento quando, segundo  testemunhas, e um carro preto, Chevrolet Prisma, passou e  mas deixou dois homens encapuzados no meio do quarteirão. Ele foram andando até a frente da casa e um deles se pôs entre Félix e o outro homem, disparando quatro vezes.Três tiros atingiram o carnavalesco, que morreu no local.

“A vítima primeiro foi atingida por um tiro na face esquerda e tombou, ainda dentro de seu carro. Em seguida, mais um tiro atingiu a parte posterior da cabeça e um terceiro o feriu nas costas. Encontramos no local do crime estojos de munição ponto 40”, relatou o perito Ivanildo Rodrigues, do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, que informou ainda que um dos projéteis ficou alojado no corpo de Félix Carlos Lopes.

A Polícia trabalha com a  hipótese de morte por execução, já que nada foi levado da vítima. Com o corpo, a perícia encontrou o celular de Félix Carlos Lopes R$ 485,00, além de outros objetos de valor no interior do carro.

A Divisão de Homicídios Polícia Civil deve usar imagens de câmeras de segurança da rua para identificar os assassinos mas, até o momento, nenhum suspeito foi preso.

Félix foi morto dentro de seu carro: os assassinos fugiramFélix foi morto dentro de seu carro: assassinos fugiram (Cláudio Pinheiro)

PESAR

Em nota, o presidente do Grêmio Recreativo Jurunense Rancho Não Posso Me Amofiná, Fernando Guga Gomes, lamentou o falecimento do vice-presidente da escola. Além de vice-presidente, Félix era diretor de carnaval e responsável pela Sedução Ranchista.

“Toda comunidade ranchista presta sua homenagem a este grande homem, que dedicou parte de sua vida à escola. O velório deve acontecer na quadra da escola no bairro do Jurunas, em Belém”.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Cidade

Feirantes do Ver-o-Peso são orientados a prevenir e combater incêndios

Publicado

em

Foto: Ascom CBMPA /Fonte: Agência Pará

Durante esta semana o Corpo de Bombeiros Militar promoveu uma ação educativa no Mercado do Ver-o-Peso. Feirantes e vendedores de alimentos foram orientados em como prevenir e combate incêndios domésticos. As atividades aconteceram no Mercado da Carne, área de alimentação, bares e restaurantes da redondeza.

O objetivo da campanha é alertar os feirantes e funcionários para os riscos desse tipo de acidente, que são frequentes na área. Militares orientaram os trabalhadores a como agir em uma situação de princípio de incêndio nas barracas, o manuseio dos extintores e a utilização correta da mangueira de registro, já que as últimas ocorrências dessa natureza no mercado foram por conta de problemas com o gás de cozinha.

De acordo com o capitão Anderson Braga, as campanhas contribuem para a prevenção desses tipos de problemas na feira. “É importante que as pessoas tenham uma consciência preventiva, noção de concentração, não criar pânico e saber o que fazer diante de uma situação dessa. Com estas orientações, levamos esse conhecimento ao feirante e assim evitamos acidentes e prejuízos maiores.”

Além disso, também foi repassado para o público, orientações de primeiros socorros como cortes, engasgamentos, desmaios e outros.

Continue lendo

Cidade

Belemtur inicia a elaboração do primeiro Plano Municipal de Turismo de Belém

Publicado

em

Foto: Reprodução /Fonte: Agência Belém

A Prefeitura Municipal de Belém, por meio da Coordenadoria Municipal de Turismo (Belemtur), em parceria com instituições públicas e privadas, deu início à elaboração do primeiro Plano Municipal de Turismo de Belém.

O objetivo do projeto é organizar o desenvolvimento da atividade turística municipal para os próximos anos, a partir do planejamento de ações e projetos que contemplem as características e singularidades da oferta turística, como os atrativos e serviços turísticos oferecidos por Belém.

Grupo de trabalho – Para iniciar o processo de elaboração do Plano Municipal de Turismo foi criado um grupo de trabalho formado por representantes da Belemtur, Universidade Federal do Pará (UFPA), Faculdade Pan Amazônica (Fapan), Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo (Abbtur), Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav) e o Conselho Municipal de Turismo de Belém (Comtur).

Esses setores e entidades, em conjunto, vão debater sobre as necessidades e demandas que serão contempladas a partir da execução dos projetos e ações previstas no plano.

O diretor de planejamento da Belemtur, Jackson Tavares, está motivado com o começo da elaboração do plano. “Com a união de esforços esperamos que o resultado seja o fortalecimento do turismo no município, em sua área insular e continental, transformando-o em uma atividade econômica que busca alcançar um número expressivo de visitantes que venham a Belém”, explicou.

O coordenador da Belemtur, Victor Cunha, enfatizou a importância da elaboração do plano para a cidade. “O plano vai trazer inovações na estrutura de atendimento aos turistas, gerando mais empregos e apontando quais setores precisam de qualificação, por meio das diretrizes que serão apontadas durante a elaboração do plano”, destacou.

O primeiro Plano Municipal de Turismo de Belém irá direcionar, com maior qualidade e competência, os investimentos e políticas públicas referentes ao turismo em Belém, observando as especificidades da capital, nas ilhas e na região urbana da cidade, que proporcionam aos visitantes experiências únicas.

Texto: Jamyla Magno

Continue lendo

Cidade

Prefeitura lança concurso que escolherá aplicativo de serviços turísticos

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Belém

Criar um aplicativo de oferta turística, oferecendo vários atrativos de Belém, como hotéis, casas noturnas, bares, restaurantes em um aplicativo para a plataforma Android. Com essa finalidade a Prefeitura de Belém, por meio da Coordenadoria Municipal de Turismo de Belém (Belemtur), e a Faculdade Pan-Amazônica (Fapan) lançaram o concurso “Hackatur” na noite desta terça-feira, 20, na sede da faculdade.

O concurso é voltado para alunos e recém-formados do curso de Ciência da Computação. “Fizemos uma parceira com a Fapan para criarmos um aplicativo. Esse sistema vai condensar todo o inventário turístico feito pela Belemtur e quando o turista chegar à cidade ele vai poder ter acesso a várias informações com um mapa turístico de Belém”, explicou o diretor de planejamento da Belemtur, Jackson Tavares.

Participaram do lançamento representantes da Belemtur, da Fapan e da Companhia de Tecnologia da Informação de Belém (Cinbesa). O concurso tem um foco social para desenvolver o turismo na capital. “O turismo na Região Amazônica, seja pela gastronomia ou cultura, conquistou o Brasil e essa tecnologia será uma aliada para fomentar cada vez mais”, destacou a diretora geral da Fapan, Miriam Fernandes.

Concurso – Podem se inscrever ao concurso 16 equipes, que serão avaliadas por uma banca formada por professores e representantes da Belemtur e da Cinbesa. Cinco critérios serão levados em conta na escolha do aplicativo vencedor: inovação, usabilidade, design, desempenho e funcionalidade. A previsão é que o anúncio do aplicativo vencedor ocorra dia 18 de setembro.

Recém-formados no curso de Ciências da Computação, Alex Cunha, de 27 anos, e Iann Oliveira, de 23, se inscreveram. “Temos algumas ideias e já estamos conversando com pessoas que gostam e costumam viajar. A intenção é fazer algo bacana para o usuário e ajudar nesse desenvolvimento turístico“, disse Iann.

Serviço – As inscrições para o concurso são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 23 de agosto por meio do link bit.ly/hackatourbelem.

Texto:Victor Miranda

Continue lendo

Destaque