Rede estadual pública de ensino começa o ano letivo 2015 nesta segunda-feira

Rede estadual pública de ensino começa o ano letivo 2015 nesta segunda-feira

SHARE

Em Belém e municípios do interior do Pará começa nesta segunda-feira (09) o ano letivo 2015 na rede estadual pública de ensino, formada por mais de mil escolas e cerca de 700 mil estudantes, entre novos e antigos alunos, no Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Neste começo de atividades pedagógicas, estudantes, professores, gestores e servidores das unidades escolares passam a trabalhar sob uma nova diretriz, voltada à obtenção de resultados positivos.

“A principal proposta que colocamos em ação é imprimir uma nova gestão, em busca de maiores resultados positivos na relação ensino-aprendizagem, o que tem reflexo direto nas avaliações, como o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio)”, destaca o secretário de Estado de Educação, Helenilson Pontes. O começo das aulas será acompanhado pela secretária adjunta de Ensino, Ana Cláudia Hage.

A nova proposta de gestão passou a ser adotada em janeiro – dois meses antes do começo do ano letivo –, com medidas destinadas à reestruturação física da sede da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e de escolas em todas as regiões do Estado. O cronograma de obras físicas para este ano já foi redefinido.

Outras ações implementadas neste começo de ano letivo são a nova proposta curricular para o Ensino Médio, com a adoção, pela primeira vez, do Guia do Estudante, voltado para as competências e habilidades do Enem; ampliação do Projeto Mundiar, visando a correção da distorção idade-ano escolar entre estudantes do Ensino Fundamental e Médio e a adoção de uma rede de reforço escolar, por meio do Projeto Aprender Mais.

Acolhida – O primeiro dia de aula nas escolas estaduais contará com programação de acolhida aos estudantes nas instituições de ensino, organizada pelas 20 unidades administrativas Unidades Seduc na Escola (USEs), em Belém, e 20 Unidades Regionais de Educação (UREs), no interior.

Na Escola General Gurjão, localizada no bairro da Cidade Velha, haverá apresentação de dança folclórica, de números circenses e recreação, incluindo contos, cantigas de roda e fantoches.

Já na Escola Rosa Mística, na Cidade Nova, município de Ananindeua, haverá oficinas de literatura e uma palestra sobre educação inclusiva. Na Escola Pratinha II será apresentada uma dramatização, pelas próprias professoras, intitulada “As Disciplinas”. Palhaços e professores darão as boas vindas aos alunos na Escola Esther Bandeira, no bairro da Sacramenta. (Com a colaboração de Bruno Barbosa e Eduardo Rocha).

Márcio Flexa
Secretaria de Estado de Educação