Cauda de sereia vira mania entre Ivete Sangalo e mais famosas neste...

Cauda de sereia vira mania entre Ivete Sangalo e mais famosas neste verão

SHARE

De tempos em tempos, um acessório cai no gosto das famosas e vira mania de uma hora para a outra. Neste verão, a aposta são as caudas de sereia. Isso mesmo: o que começou como um acessório para crianças extrapolou o limite de idade e virou modinha entre as adultas também. Nos último verão nos Estados Unidos, o item foi sucesso entre Britney Spears, Miley Cyrus e Kim Kardashian, entre outras. Em terras brasileiras, a peça começou a bombar nos últimos meses e já conquistou celebridades como Ivete Sangalo e Adriane Galisteu.

Britney Spears usa a cauda de sereia (Foto: Reprodução / Instagram)

Veveta, por sinal, foi uma das responsáveis por dar um empurrãozinho no sucesso de uma das marcas que fabricam o acessório no Brasil. A empresária Luana Schrappe, de 40 anos, e sua cunhada, a arquiteta Karina Schrappe, de 38 anos, são sócias na Sirenita Brasil, que produz caudas de sereia em mais de 15 estampas e em tamanhos que vão do PP infantil ao G adulto.

“Moramos em São Paulo, mas temos uma casa na Praia do Forte, em Salvador, e fomos para lá na virada de ano. Só que a Ivete estava hospedada em uma casa no mesmo condomínio que nós e minha filha cismou de dar uma cauda de presente. Ela amou, fez a maior farra, tirou uma selfie com a minha filha e tudo! Nesse dia, tínhamos 300 seguidores no Instagram. No dia seguinte, quando a Ivete postou a foto, nosso perfil virou uma loucura! Batemos quatro mil seguidores”, conta a empresária.

O golpe de sorte ajuda a entender o sucesso em tempo recorde que a marca conseguiu. “Não temos nem dois meses funcionando, sabia? Tenho uma empresa que produz acessóriospara grandes marcas de atacado e minha filha sempre me pedia uma cauda de sereia para brincar na piscina. Comecei a pesquisar, vi que já existia nos Estados Unidos e comprei alguns modelos para entender como funcionava. Quando a gente testou, vimos que a pessoa não conseguia fazer os movimentos. Convidei minha cunhada, que é arquiteta, para tentar me ajudar a criar um mecanismo para consertar essa falha, e foi a partir daí que criamos as nadadeiras que vêm embutidas na cauda e os sapatinhos de neoprene, que são nosso diferencial porque são o que permite que a pessoa faça aqueles movimentos de sereia mesmo dentro d’água”, explica Luana.

O sucesso tem mantido as sócias bem ocupadas. “Não tivemos tempo nem de fazer um planejamento de marca, no momento nosso foco é em conseguir atender a demanda. Temos feito 270 caudas de sereia por semana, em média, e mesmo assim temos costureiras de plantão todos os fins de semana para suprir a demanda, de tão rápido que tem esgotado”, comemora ela, que vende o acessório a R$ 329 cada – o kit inclui top e cauda na mesma estampa, nadadeira, sapatinho de neoprene e uma pulseirinha.

Fonte:Ego