Conecte-se Conosco

CÍRIO DE NAZARÉ

33ª Romaria Fluvial reúne mais de 400 embarcações na baía do Guajará neste sábado

Além do cardápio algumas embarcações prometem também música para os romeiros e turistas

Publicado

em

 

Neste sábado (13), a baia do Guajará, que banha Belém, será tomada novamente por centenas de embarcações de todos os tamanhos, vindas de todas as partes, trazendo milhares de romeiros para participar da 33ª romaria fluvial em homenagem à virgem de Nazaré, em Belém.

As pesquisas efetuadas pelo Dieese/PA junto a Secretaria de Turismo do Pará (Setur) e a Capitania dos Portos sobre a romaria fluvial, mostram que desde a sua criação, em 1986, teve crescimento gigantesco na participação do setor marítimo com o aumento no número de embarcações e dos romeiros e turistas em homenagem à Virgem de Nazaré.

Todos os anos, aumenta a participação popular na procissão fluvial

Segundo a Setur, o objetivo principal da criação da romaria fluvial foi homenagear a Virgem de Nazaré e também de levar o Círio até os ribeirinhos. De acordo com estudos do Dieese/PA, a primeira romaria fluvial foi realizada em 1986 e contou com a participação de cerca de 30 embarcações; em 1987, a estimativa foi de 130 a 150 embarcações participantes.

Com o crescimento do interesse de turistas e romeiros pelo Círio Fluvial, cresceu também mais um fator econômico no Círio, o transporte pago para o acompanhamento da berlinda na romaria fFluvial. As primeiras cobranças de ingressos em embarcações para a Romaria Fluvial começaram a ser feitas em 1990, inicialmente de maneira simbólica, até atingir neste Círio/2018 valores por pessoa que variam entre R$ 200,00 a R$ 400,00 dependendo da sofisticação da embarcação, do local de saída e chegada e do Cardápio oferecido.

Hoje, uma parte considerável das embarcações que cobram ingressos para o Círio Fluvial trabalha em parceria com as agências de turismo local.  Algumas embarcações oferecem kit romaria (camisas e bonés com a imagem da Santa) e café da manhã, outras uma ceia completa.  contendo inclusive frutas regionais. Além do cardápio algumas embarcações prometem também música para os romeiros e turistas, além de realização de missa com acompanhamento de coral e de guias especializados.

Até 2003, as estimativas de embarcações participantes nas romarias fluviais foram feitas pela Paratur, mas a partir de 2004,  passaram a ser feitas pela  Capitania dos Portos.

No ano passado, a estimativa de participações deu entre 450 a 500 embarcações na romaria fluvial. Para este Círio 2018, a Capitania até não fez estimativa, mas espera-se que, novamente, o número de embarcações participantes possa no mínimo se comparar em números ao ano passado.

Em termos de públicos, as estimativas do Dieese/PA e da Diretoria do Círio de Nazaré é que o Círio Fluvial tenha a participação de aproximadamente 50 mil pessoas (entre as que estarão nos barcos participando diretamente da romaria fluvial e as que estarão assistindo desde a saída de Icoaraci, até a chegada à Estação das Docas/ Escadinha do Cais do Porto).

As análises feitas pelo Dieese/PA, sob a coordenação técnica do economista Roberto Sena, com os números da Romaria Fluvial em 33 anos (já contando com este) mostram um crescimento espetacular no número de embarcações participantes. Caso se repitam este ano as mesmas estimativas feitas no ano passado quanto o número de embarcações participantes do Círio Fluvial, a mesma terá crescido em número de embarcações participantes, aproximadamente 1.600% desde o primeiro Círio, em 1986, até o presente.

Dentro do calendário das 12 romarias nazarenas do Círio 2018, a Romaria Fluvial é o terceiro evento percorrendo de Icoaraci a Belém (escadinha do Cais do Porto) cerca de 10 milhas náuticas (aproximadamente 18,500 km) em aproximadamente 2 horas.

QUADRO DEMONSTRATIVO DA EVOLUÇÃO NO NUMERO DE EMBARCAÇÕES PARTICIPANTES DA ROMARIA FLUVIAL DA VIRGEM DE NAZARÉ

1986 – 2018

ANO NUMERO DE EMBARCAÇÕES
1986 Cerca de 30 embarcações
1996 Cerca de 300 Embarcações
2018 (*) Entre 450 a 500 embarcações

Fonte: Capitania dos Portos / Setur                    Analise/ Elaboração : DIEESE/PA

(*) Estimativa

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual