Conecte-se Conosco

POLÍCIA

Acidente de carro na Arthur Bernardes deixa policial morta

Publicado

em

Fonte/Fotos: A Província do Pará

Na terça- feira 29, após um grave acidente na Rodovia Arthur Bernardes, a policial Jamile, veio a falecer.


Segundo informações das testemunhas que estavam no local do acidente, a condutora que era policial militar, Jamilly Marília Freitas de Oliveira, de 24 anos, do 24º Batalhão, supostamente tentou desviar de um moto taxista e colidiu com um poste, ocasionando a sua morte e deixando os outros 2 policiais que estavam dentro da mesma viatura feridos.

Com informações do repórter Jimmy Night

Continue lendo
Clique para comentar

POLÍCIA

Corpo de homem é encontrado com marcas de facadas no bairro do Icuí-Guajará, em Ananindeua

Publicado

em

Fonte/Foto: G1
A identidade da vítima ainda não foi identificada. O caso deve ser investigado pela Divisão de Homicídios.

Um corpo foi encontrado na manhã desta quarta-feira (13) no bairro do Icuí-Guajará, em Ananindeua, região metropolitana de Belém.

Segundo o Instituto Médico Legal (IML) o corpo é do sexo masculino e foi encontrado com várias marcas de facadas. A identidade da vítima ainda não foi identificada.

Uma equipe do IML esteve no local para realizar a remoção do corpo. O caso deve ser investigado pela Divisão de Homicídios (DH) da Polícia Civil

Continue lendo

POLÍCIA

Menina de 5 anos morre a caminho da escola atingida por bala perdida

Publicado

em

Fonte/Foto: folhavitoria
Ketellen Umbelino de Oliveira Gomes ia à escola com a mãe quando foi atingida pelo disparo. Um outro homem, ainda não identificado, também foi atingido e morreu na hora

Duas pessoas morreram, incluindo uma menina de apenas 5 anos, após serem baleadas em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro. O crime aconteceu no início da tarde de terça-feira, 12, na Praça da Cohab, um dos pontos mais movimentados do bairro. Até a manhã desta quarta-feira, 13, ninguém foi preso.

Ketellen Umbelino de Oliveira Gomes ia à escola com a mãe quando foi atingida pelo disparo. Um outro homem, ainda não identificado, também foi atingido e morreu na hora. Ketellen chegou a ser socorrida e levada ao Hospital Albert Schweitzer, onde passou por cirurgia, mas não resistiu.

A Polícia Militar informou que testemunhas disseram que homens passavam em um carro pelo local quando efetuaram disparos. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Continue lendo

POLÍCIA

Ladrão de calcinhas ataca varais em MG e é preso com mais de mil peças; ele usava um dos modelos

Publicado

em

Segundo a PM, calcinhas e sutiãs foram encontrados escondidos em vários locais do quarto do homem, que mora em Turmalina, no Vale do Jequitinhonha. Ele já foi preso pelo mesmo crime em 2015, com 301 peças íntimas.
Peças íntimas apreendidas pela PM em Turmalina — Foto: Polícia Militar / Divulgação

Peças íntimas apreendidas pela PM em Turmalina — Foto: Polícia Militar / Divulgação

A Polícia Militar prendeu um ladrão de calcinhas e sutiãs com 1.045 peças íntimas escondidas no quarto de sua casa, em Turmalina, cidade no interior de Minas Gerais. Durante a abordagem, os policiais foram surpreendidos ao perceberem que o homem, de 41 anos, estava usando uma das calcinhas. Segundo a PM, as roupas eram furtadas de varais, cercas e até de lojas.

Com base no número de peças apreendidas, é possível dizer que muitas das 8.880 mulheres que fazem parte da população do município, no Vale do Jequitinhonha, já foram vítimas dele, preso, de acordo com a Polícia Militar, pela segunda vez pelo mesmo crime.

Ainda segundo as informações da PM, as mil calcinhas e os 45 sutiãs foram encontrados em vários locais do quarto dele: debaixo da cama, dentro do colchão e no guarda-roupas. Em 2015, os furtos de 301 peças íntimas ocorreu em Capelinha, cidade vizinha a Turmalina.

“A Polícia Militar foi até a residência dele, no Bairro São João Batista, para darmos cumprimento a um mandado de prisão por furto. Durante as buscas, encontramos as peças íntimas”, fala o tenente André Dale. Havia roupas íntimas novas e usadas, de várias cores e modelos.

O tenente explica que a PM já recebeu diversas reclamações de mulheres relatando furtos de suas peças íntimas. Porém, muitas vítimas não registram boletim de ocorrência por medo, receio ou vergonha.

Ao ser questionado pela PM, o homem não deu detalhes sobre os furtos, apenas disse que cometia os crimes em vários locais. Ele foi levado para a delegacia da cidade. O G1 tenta mais informações com o delegado responsável pelo caso.

Continue lendo

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital