Conecte-se Conosco

POLÍCIA

Após assassinato de policial penal, categoria protesta em Belém

Foto: Reprodução / Fonte: O Liberal

Publicado

em

O assassinato do policial penal Paulo Alves da Rocha, de 33 anos, resultou em um protesto da categoria nesta sexta-feira (15) na capital paraense. Um grupo de servidores se reuniu para pedir por mais segurança no exercídio da função e também por melhores condições de trabalho. A ação foi organizada pelo Sindicato dos Policiais Penais do Estado do Pará (SINPOLPEN/PA) e contou com uma caminhada que teve início ainda no túnel do Entroncamento, no bairro do Castanheira, e seguiu até a frente do Palácio do Governo, na avenida Almirante Barroso, no bairro Souza.

Os manifestantes chegaram a bloquear uma das pistas da via, no sentido centro de Belém, o que gerou lentidão no trânsito. O objetivo foi chamar atenção do Governo do Estado para os pedidos da categoria. A manifestação foi dispersada pouco depois das 13 horas.

Paulo Alves atuava no Presídio Estadual Metropolitano I (PEM I), em Marituba, na região metropolitana de Belém. Ele foi executado a tiros no final da noite desta quinta-feira (14), no conjunto Maguari, bairro do Coqueiro, em Belém. O crime aconteceu na avenida Principal, esquina com a alameda SN 27, por volta de 21h.

A Redação Integrada de O Liberal entrou em contato com a  Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e aguarda posicionamento.

Por: Redação Integrada

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual