Conecte-se Conosco

TECNOLOGIA

Apple confirma que novo chip dos Macs dificulta conserto por terceiros

Foto: Reprodução

Publicado

em

A Apple confirmou nesta segunda-feira, 12, que os processadores T2 podem limitar o reparo de computadores Macs em assistências técnicas não autorizadas. Segundo relatos, o chip dedicado a segurança estaria impedindo o conserto de certas partes de Macbooks. Entre os componentes afetados estariam a placa-mãe e o leitor de impressões digitais Touch ID.

Presente na maior parte dos lançamentos recentes da Apple, o T2 é um coprocessador focado em segurança. É por ele que passam as informações biométricas do usuário, bem como todo os recursos de criptografia dos Macbooks. No entanto, um documento vazado indicava que o componente também era capaz de regular a troca de peças e exigir um software específico de validação das novas peças, o que foi confirmado à publicação do The Verge.

Embora não tenha especificado os componentes afetados, o motivo por trás da restrição parece, na teoria, ser bem simples: evitar que hackers e pessoas mal intencionadas pudessem alterar os componentes dos computadores para ter acesso a dados sensíveis e biométricos. Por outro lado, a notícia deixou usuários insatisfeitos pela possibilidade de ter que ficar limitados às lojas próprias da Apple e assistência técnicas autorizadas.

A empresa, aliás, tem um histórico bastante controverso em relação à facilidade de reparo de seus produtos. Afinal, iPhones e Macbooks costumam ser fabricados com peças únicas que dificultam o desmonte dos aparelhos e troca de componentes. Além disso, os preços de serviços praticados nas Apple Stores ou autorizadas não são nada convidativos.

Fonte:

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual