Conecte-se Conosco

FUTEBOL

Atlético Paraense e Parauapebas confirmam participação na Segundinha do Parazão

Foto: Mateus Miranda / Fonte: Blog Zé Dudu

Publicado

em

A Federação Paraense de Futebol (FPF) por meio de um ofício, convocou os clubes que tem direito a disputar a Segundinha do Parazão para realizarem suas inscrições e confirmar a participação até o próximo dia 31 de julho. Segundo o vice-presidente da FPF, Paulo Romano, a previsão do início da competição estadual é para a segunda quinzena de outubro. A FPF vai aguardar o prazo para convocar a reunião do conselho técnico, quando deverá definir o número de participantes, a tabela de jogos e o regulamento.

A expectativa para a Segundinha Parazão é de que 17 clubes possam participar da competição. Além de Clube Atlético Paraense e Parauapebas Futebol Clube, ambas as equipes da cidade de Parauapebas, sudeste do estado, outras agremiações são aguardadas no estadual da 2ª divisão como o tradicional Cametá (campeão da elite do Campeonato Paraense de 2012), Desportiva Paraense, Gavião Kyikatejê, Izabelense, Paraense, Pedreira, Pinheirense, Santa Rosa, São Francisco, São Raimundo (campeão do Campeonato Brasileiro da Série D de 2009), Sport Belém, Tiradentes, Tuna Luso (10 vezes campeã estadual e bicampeã nacional em 85 e 92), Vênus e Vila Rica.

A ideia da federação é regionalizar a competição como foi na temporada passada. Se isso acontecer novamente, Atlético, Parauapebas e Gavião Kyikatejê, deverão fazer parte do mesmo grupo, acrescentando mais uma equipe para formar a chave do sudeste. Na edição passada, o Itupiranga fez parte do grupo e conseguiu o título da Segundinha em cima do Carajás e o acesso para a elite do Parazão.

O presidente do Clube Atlético Paraense, Rafael Lopes, enviou um documento para a FPF confirmando a participação do time do sudeste de forma oficial na Segundinha do Parazão. Será a terceira participação do chamado Tricolor do Norte na segunda divisão do paraense. Em 2018, em sua primeira disputa, o Atlético conseguiu avançar da fase de grupos, sendo eliminado nas quartas de final pelo São Francisco de Santarém, que subiu ficando com o vice-campeonato. Já em 2019, o Atlético não conseguiu nem avançar para o chamado mata-mata. O clube pretende se firmar dentro do estado e conquistar o tão sonhado acesso nesta temporada.

“As expectativas são boas. O Clube Atlético ainda vem se firmando como clube, como projeto, pela grandeza que a gente enxerga o projeto. Então a participação ainda é modesta, mas vamos sempre em busca de uma boa colocação. Possivelmente a gente vai conseguir o acesso e assim que nós tivermos esse êxito, temos a certeza que vai permanecer na 1ª divisão com muito mais tranquilidade pelo o que o Clube Atlético vem desenvolvendo ao longo do tempo e a estrutura que vem sendo criada. É isso que vai fortalecer e firmar os passos futuros”, afirmou Rafael Lopes, presidente do Clube Atlético Paraense (CAP).

Em relação ao Parauapebas Futebol Clube, a cúpula do Gigante de Aço vai mandar o ofício para a FPF nesta quinta-feira (09/07), confirmando sua participação na Segundinha do Parazão. O PFC tem 11 anos de fundação e um título da 2ª divisão, em 2010, e uma conquista da 1ª fase do estadual, em 2014. Sua melhor colocação na elite do paraense foi em 2015, ficando em 3° lugar.

“O presidente João Luiz, o Uai, pediu para a gente oficializar a participação. Até ao meio dia no máximo, estamos enviando o ofício para a federação e confirmar a participação do PFC. Porém até o dia 31 são os times que vão informar a participação, mas ainda não está nada definido se de fato vão participar. Ainda vai ter várias reuniões para o regulamento do campeonato. Uma série de coisas. Os times tem até setembro para dar o ultimato para realmente bater o martelo se participa ou não, mas o presidente deu o aval e pediu para fazer o oficio e confirmara a participação”, disse Pedro Neto, vice-presidente do Parauapebas Futebol Clube.

Por Fábio Relvas

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual