Conecte-se Conosco

Celebridades

Atriz de Capitã Marvel estrelará série de espionagem produzida pela Apple

Publicado

em

Foto: Reprodução /Fonte: Olhar Digital

Programa será baseado em livro de ex-agente da CIA

Capitã Marvel, um dos filmes mais esperados do ano pelos fãs de super-heróis, acaba de chegar aos cinemas. Aproveitando o momento, a protagonista do filme, Brie Larson, afirmou ontem (6) que já tem outro trabalho engatinhado: uma futura série da Apple.

A série será baseado na autobiografia da agente da CIA, Amaryllis Fox, que será lançado muito em breve. Ao saber sobre o livro, os produtores Lynette Howell Taylor (de “Nasce uma estrela”) e Michael Ellenberg (de “Prometheus”) foram rápidos em garantir os direitos de produção. E, agora, em conjunto com Larson, a ideia foi aprovada pela Apple.

Apesar de ainda não ter muitas informações, como o nome do programa e o tipo de adaptação, existem especulações de que a série deve ser roteirizada por Megan Martin (de “Animal Kingdom”).

Brie Larson fez grande sucesso com a crítica no ano de 2015, quando ganhou o Oscar de Melhor Atriz por “O Quarto de Jack”. Em 2017, ela debutou como diretora no filme de comédia “Unicorn Store” da Netflix. E deve conseguir muita repercussão como super-heroína em Capitã Marvel. Agora, resta esperar para saber se o futuro dessa série de espionagem terá o mesmo sucesso.

Continue lendo
Clique para comentar

Celebridades

Filho de Huck e Angélica teve afundamento de crânio

Publicado

em

O filho do meio dos apresentadores Luciano Huck e Angélica, Benício, 11, sofreu um afundamento de crânio após se desequilibrar e bater com a cabeça na prancha enquanto praticava wakeboard nas proximidades da Ilha Grande, no litoral sul do Rio de Janeiro.

Conforme a Folha de S.Paulo apurou, o choque causou um hematoma subdural, que é um acúmulo de sangue entre o cérebro e o crânio, e passou por uma craniotomia (abertura cirúrgica do crânio).

Nesse procedimento, o cirurgião abre a duramater (a mais externa das três meninges que envolvem o cérebro e a medula espinhal), remove o coágulo de sangue, identifica e controla os locais de sangramento.

Em hematomas pequenos, o sangramento é drenado pela inserção de um pequeno cateter temporário por meio de um orifício no crânio. Os casos mais leves podem ser apenas acompanhados.

O menino está internado no hospital Copa Star, da Rede D’or, em Copacabana, zona sul do Rio. “O paciente encontra-se lúcido, orientado, movimentando os quatro membros, respirando por meios próprios e estável sob o ponto de vista neurológico e hemodinâmico”, diz o boletim médico divulgado pelo hospital. Não há previsão de alta.

Em mensagem nas redes sociais neste domingo (22), Huck disse que o filho está em observação. “Nosso filho Benício sofreu um acidente praticando wakeboard na tarde de ontem, na Baía de Ilha de Grande (RJ). Ele foi operado no hospital Copa Star e passa bem. Agradecemos as inúmeras preces”, disse o apresentador em mensagem assinada por ele e Angélica em seu Instagram.

Luciano chegou ao hospital de helicóptero, por volta da meia-noite, para acompanhar os procedimentos médicos. Benício está sendo assistido pelo médico João Pantoja, em conjunto com a equipe médica do neurocirurgião Gabriel Mufarrej, e sua pediatra Andrea Paiva.

Segundo a Marinha do Brasil, “o filho do apresentador esquiava em prática esportiva, desequilibrou-se da prancha e chocou a cabeça na mesma”.

“Por tratar-se de pancada na cabeça”, a família optou “pela condução ao hospital para realizar os procedimentos médicos para esse tipo de acidente”. As informações são do comandante da lancha que puxava o wakeboard, prestadas à Delegacia da Capitania dos Portos de Angra dos Reis (DelAReis).

No wakeboard, os esportistas usam a prancha, tipo snowboard, que é puxada por uma lancha. No Brasil, o esporte tem se tornado popular entre atletas de outras modalidades. O atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, e o bicampeão mundial de surfe Gabriel Medicina estão entre os adeptos.

No sábado, no Instagram, o apresentador registrou o passeio da família em um momento em que observavam uma baleia. O apresentador interage com os três filhos. “Olha Joaquim, olha Beni, está vendo, Eva? Está mais pertinho, bem devagarzinho e está super calminha, hein”, fala Luciano em um vídeo.

Além de Benício e Joaquim, Angélica e Luciano Huck são também pais de Eva, de seis anos.

*Folhapress

Continue lendo

Celebridades

Bonner chama Sergio Moro de “ex-ministro” no Jornal Nacional

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Istoé

O apresentador do Jornal Nacional William Bonner cometeu uma gafe na edição desta terça-feira (11) do telejornal. Ao noticiar o agendamento de uma sessão da segunda turma do Supremo Tribunal Federal ele chamou o ministro da Justiça, Sergio Moro, de “ex-ministro”.

“A segunda turma marcou pro dia 25 o julgamento de um habeas corpus de Lula contra a atuação do ex-ministro Sergio Moro no caso do triplex”, informou. “O julgamento começou em dezembro do ano passado e tinha sido suspenso por um pedido de vista.”

Conversas vazadas pelo site The Intercept mostram que Moro orientou as investigações da operação Lava Jato em Curitiba por meio de mensagens trocadas pelo aplicativo Telegram com o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa.

Continue lendo

Celebridades

Cantor Serguei morre em Volta Redonda aos 85 anos

Publicado

em

Serguei morreu em Volta Redonda, aos 85 anos  (TV Brasil)

Por Agência Brasil*  

Rio de Janeiro – Morreu hoje (7) o cantor Serguei, aos 85 anos. Ele estava internado no Hospital Regional do Médio Paraíba Doutora Zilda Arns Neumann, em Volta Redonda, no estado do Rio de Janeiro. Sofria de Alzheimer e foi transferido no mês passado de Saquarema, onde morava, para Volta Redonda. A causa da morte não foi divulgada.

Filho de um executivo da IBM e de uma dona de casa, Sergio Augusto Bustamente, Serguei, é considerado o roqueiro mais antigo do Brasil. Nascido em 8 de novembro de 1933, até pouco tempo ainda estava em atividade com a sua banda Pandemonioum, em shows pelo país.
Entre as façanhas contadas pelo artista, consta que assistiu ao lendário festival de rock em Woodstock, nos Estados Unidos, nos anos 1960; ciceroneou Janis Joplin em sua visita ao Brasil, e é considerado cantor oficial do grupo Hell’s Angels.Serguei cresceu na Tijuca, na zona norte do Rio, mas na adolescência foi morar com a avó materna no Estados Unidos. Ganhou o apelido de Serguei na infância porque um amigo, que era russo, não conseguia pronunciar o seu nome correto.

De volta ao Brasil, tentou emprego como bancário e comissário de bordo, mas percebeu que sua vocação era a música. No seu currículo, estão apresentações nas edições do Rock in Rio em 1991 e em 2001.

Fixou residência em Saquarema, na Região dos Lagos, no estado do Rio, onde transformou a sua casa em um museu do rock.

Divino do rock

Em uma entrevista em 2007, contou como conheceu o ritmo. “Foi uma questão defeeling, de ouvir e pensar: “Que isso? Ah, que legal!’ Conheci Chuck Berry e seu rhythm and blues e a batida do rock ‘n roll, Little Richard e a sua beleza não só física, mas com charme e glamour, o que já não tem mais por aí. [A música] ‘Rock Around the Clock’ marcou muito a minha vida”,  disse.

Na adolescência, Serguei morou em Nova York e, antes de seguir a carreira musical, trabalhou como comissário de bordo de empresas de aviação, e, de acordo com uma de suas biografias, foi demitido por insistir em cantar rock para os passageiros, no sistema de som das aeronaves. “Era um hippie de jet-set. Pensava: como é que eu vou viajar o mundo?”, dizia.

Em 1982, mudou-se para Saquarema, onde criou o Templo do Rock. Além de receber hóspedes, permitia que os visitantes acampassem no quintal. Costumava marcar presença nos encontros de motociclistas e festivais de música independente para incentivar os novos talentos.

“Divino do rock

Serguei dizia ter dois vícios: o rock e o sexo. Nos anos 2000, revelou, em uma entrevista, ser pansexual e afirmava ter tido um relacionamento com a estrela do rockJanis Joplin. “Era uma mulher baixinha e muito chata, porque era muito mandona e ia do 8 ao 80, uma garota rebelde. Mas nunca ninguém cantou ou vai cantar como ela”, afirmava.

Na mesma época, ouviu de um fã que ele era o “divino do rock” e, a partir de então, pedia para ser tratado dessa forma.

O próprio Serguei contava o motivo: “Já me chamaram de tudo, de arquivo, dinossauro e tudo. Aí, dia desses passou um garoto lá em Novo Hamburgo e falou: ‘Serguei, você é divino!’. Lembrei da Elizeth Cardoso, a Divina, e gostei.”

*Colaborou Victor Ribeiro, repórter da Rádio Nacional

 

Continue lendo

Destaque