Conecte-se Conosco

Cidade

Belém: vias do bairro do Telégrafo terão sentido único a partir da próxima sexta-feira

Publicado

em

 

Por Esperança Bessa/ Comus

As mudanças na circulação de trânsito previstas pela Prefeitura de Belém em algumas vias do bairro do Telégrafo entram em nova fase. As novidades começaram ainda no mês de julho, com a mudança no sentido da rua Magno de Araújo, que passou a ter mão única no trecho das avenidas Senador Lemos e Pedro Álvares Cabral. A partir desta sexta-feira, 17, as travessas Djalma Dutra, José Pio e Rua do Una também irão adotar sentido único, a partir das 8h. O serviço de sinalização está em fase de conclusão e o setor de educação para o trânsito da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) já trabalha na área para informar motoristas e a comunidade local a respeito das mudanças.

A partir do dia 17 a rua do Una terá sentido único em toda sua extensão, no perímetro da travessa José Pio até a avenida Arthur Bernardes. A José Pio adotará sentido único no perímetro da avenida Senador Lemos até a avenida Pedro Álvares Cabral. Já a travessa Djalma Dutra terá sentido único no perímetro da avenida Pedro Álvares Cabral até a rua Curuçá.

“Essas mudanças graduais vão reconfigurar toda a circulação na área, a fim de eliminar pontos de congestionamento, gargalos e com isso garantir maior fluidez ao trânsito”, explica Marcos Chagas, diretor de Trânsito da SeMOB. “E as alterações não param por aí. Esta primeira etapa do projeto contemplava cinco vias transformadas em sentido único. Já mudamos a Magno de Araújo, estamos fazendo a mudança na rua do Una, José Pio e Djalma Dutra, e tão logo finalize a sinalização vamos mudar também a Municipalidade. Depois disso anunciaremos uma próxima etapa, com alteração em outras vias desta área”, completa.

Com a mudança no sentido das vias também mudará a circulação das linhas de ônibus e os pontos de parada. Assim que os sentidos únicos passarem a valer, veja como ficará o itinerário das linhas:

* As linhas Alcindo Cacela-Domingos Marreiros, Sacramenta Nazaré, Bengui-Marex Centro, Jardim Europa – Presidente Vargas, Cabanagem – Presidente Vargas e 40 Horas – Presidente Vargas, no sentido bairro-centro, farão itinerário pela Av. Pedro Álvares Cabral, Tv. Djalma Dutra,  Tv. Curuçá, Tv. Soares Carneiro, Av Senador Lemos, a destino.

* As linhas Paracuri – Ver-o-Peso (Icoaraci),  Paracuri – Ver-o-Peso (Soledade), Icoaraci – Ver-o-Peso e Icoaraci – Presidente Vargas, no sentido bairro-centro, farão Av. Arthur Bernardes, Av. Pedro Álvares Cabral, Tv. Djalma Dutra, Tv. Curuçá, Tv. Soares Carneiro e Av. Senador Lemos, a destino.

* A linha CDP Providência – Ver-o-Peso,  no sentido bairro-centro, fará Av. Pedro Álvares Cabral, Tv. Djalma Dutra, Tv. Curuçá, Tv. Soares Carneiro, Av. Senador Lemos, a destino.

* As linhas Djalma Dutra e Marex – Arsenal, no sentido bairro-centro, farão Av. Pedro Álvares Cabral, Tv. Djalma Dutra, Tv. Curuçá, Tv. Soares Carneiro, Av. Senador Lemos, Tv. Dom Pedro I, a destino.

* A linha Djalma Dutra, no sentido centro-bairro, fará Rua Curuçá, Tv. José Pio, Av. Senador Lemos, a destino.

* A linha Telégrafo, no sentido bairro-centro, fará Av. Pedro Álvares Cabral, Tv. Djalma Dutra, Tv. Curuçá, Tv. Soares Carneiro, Av. Senador Lemos, a destino.

* As linhas Jardim Europa e Outeiro – Presidente Vargas, no sentido centro-bairro, farão Rua Municipalidade, Tv. José Pio, Rua do Una, Av. Arthur Bernardes, a destino.

* As linhas Marex – Presidente Vargas, Bengui – Marex – Centro Catalina – Presidente Vargas, no sentido centro-bairro, farão Tv. Municipalidade, Tv. José Pio, Rua do Una,  Av. Arthur Bernardes, a destino.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Cidade

GORDO DO AURÁ É MORTO A TIROS NUMA EMBOSCADA      

Publicado

em

 

O vereador de Ananindeua, Deivite Wener Araújo Galvão, o Gordo de Aurá (DEM), morreu, na tarde desta quinta-feira (21), no Pronto Socorro da 14 de Março, em Belém, após ter sido baleado em uma suposta emboscada quando saia de sua casa, em Ananindeua. Ele chegou com ferimentos de balas, mas não resistiu. Segundo informações preliminares, Gordo teria sido abordado por homens encapuzados, com os quais trocou tiros antes de ser alvejado,

O fato ocorreu por volta das 13h, segundo informações de testemunhas que foram até   PSM da 14 de Março. Gordo do Aurá foi deixar a filha que está acometida com Síndrome de Guillain-Barré. Ele retornou para o Aurá e lá foi vítima de uma emboscada na entrada da bairro.

Pessoas em outros carros, armadas, dispararam contra o carro do vereador, que estava acompanhado de uma mulher.  Eles foram socorridos e levados de volta pro PSM. A mulher está sendo atendida neste momento, mas Gordo do Aurá faleceu na sala vermelha, antes de ser atendido pela equipe médica.

Os dois foram crivados de balas.

Na última eleição para governador do Pará, Gordo do Aurá foi o pivô na troca de acusações entre os principais candidatos, Helder Barbalho (MDB), que saiu vencedor do pleito, e o deputado Márcio Miranda. Um acusada o outro deter apoio do vereador, conhecido também como traficante e violento. Mas embora fosse filiado ao mesmo partido Márcio Miranda, consta que ele trabalhou mesmo foi para Helder barbalho, com quem tinha relacionamento político desde que este foi prefeito de Ananindeua.

Continue lendo

Cidade

Idosos em situação de miséria só receberão o salário mínimo aos 70 anos, com a reforma

Publicado

em

Na regra anterior, o pagamento já era possível aos 65 anos

 Hamilton Ferrari

A reforma da Previdência encaminhada pelo governo de Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional revê as regras do Benefício de Prestação Continuada (BPC), que será desvinculado do salário mínimo.

Veja aqui os principais pontos da reforma da Previdência

 

Os idosos só poderão ter acesso ao valor do salário mínimo quando atingirem 70 anos. Na regra atual, o pagamento já é possível aos 65 anos. Segundo o secretário de Previdência, Leonardo Rolim, de 60 aos 69 anos, a pessoa receberá R$ 400, passando a ter direito ao salário mínimo ao atingir 70 anos.

“Se conseguir aposentar antes, com idade mínima de 65 anos, ela sai da assistência e vai para a aposentadoria”, ressaltou. “A lógica é muito mais adequada à realidade das pessoas”, justificou.

A condição de miserabilidade é calculada com base na renda per capita mensal inferior a um quarto (25%) do salário mínimo. Além disso, é necessário ter um patrimônio inferior a R$ 98 mil, que equivale à regra da Faixa I do programa habitacional Minha Casa Minha Vida.

Abono do PIS-Pasep

Além disso, o abono do PIS-Pasep só será pago aos trabalhadores que recebem um salário mínimo. Atualmente, o benefício é pago para quem recebe até dois salários mínimos.

O abono é uma espécie de 13º salário pago no fim do ano ao trabalhador que trabalha com carteira assinada. A reforma dificulta o acesso ao benefício, pois exigirá que o empregado esteja cadastrado no programa há, no mínimo, cinco anos.

Pessoas com deficiência

As regras para pessoas com deficiência em situação de pobreza não vai se alterar. A renda mensal continuará com um salário mínimo, sem limite de idade.

Continue lendo

Cidade

STF determina prisão de mandante da morte de missionária Dorothy Stang

Publicado

em

A missionária Dorothy Stang foi assassinada aos 74 anos em Anapu, Pará - Tomaz Silva/Arquivo/Agência Brasil

 Agência Brasil 

Brasília – A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a prisão do fazendeiro Regivaldo Pereira Galvão, condenado em 2010 pelo assassinato da missionária norte-americana Dorothy Stang, defensora da reforma agrária. A Primeira Turma revogou liminar concedida no ano passado pelo mninistro Marco Aurélio Mello, garantindo a liberdade do fazendeiro até o julgamento do mérito da ação que tramita no Supremo.

Dorothy Stang

 A missionária americana foi assassinada em fevereiro de 2005, em uma emboscada em uma estrada de terra em Anapu, no interior do Pará. Pouco mais de cinco anos depois, Galvão foi condenado a 30 anos de reclusão, como mandante do crime.

Em novembro de 2011, o fazendeiro chegou a ser preso em Altamira, no Pará. Porém recursos a instâncias superiores da Justiça permitiram não só a redução da pena de Galvão, mas também o mantiveram livre na maior parte do tempo desde a condenação.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) reduziu a pena de Galvão para 25 anos e determinou a prisão do fazendeiro em 2017, mas, em março do ano passado, o ministro Marco Aurélio o liberou. Na reunião ocorrida ontem (19), o ministro foi voto vencido na Primeira Turma.

Além de Galvão, as investigações apontaram Amair Feijoli da Cunha e Vitalmiro Bastos de Moura como mandantes do assassinato. As investigações do crime apontaram Rayfran das Neves Sales e Clodoaldo Carlos Batista como responsáveis pelo assassinato da missionária.

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaques