Conecte-se Conosco

CÍRIO DE NAZARÉ

Berlinda chega na Escadinha e termina Círio Fluvial

Publicado

em

Após percorrer 10 milhas náuticas (cerca de 18 quilômetros) na baía do Guajará, a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré chegou à Escadinha do Cais do Porto, encerrando a terceira romaria  deste ano, o Círio  Fluvial, em Belém.

Antes de iniciar o trajeto pelas águas, houve uma Romaria Rodoviária, e a Virge de Nazaré foi  por promesseiros no trapiche de Icoaraci. No local, foi celebrada uma breve missa e, posteriormente, ela foi carregada para uma redoma de vidro no navio da Marinha, seguindo viagem rumo à Belém.

Explosão de fé à chegada da imagem da Santa após a Romaria Fluvial

ITINERÁRIO

Depois da chegada da imagem ao cais do porto de Belém, começou  a Moto-Romaria, quando a imagem é acompanhada até o Colégio Gentil Bittencourt, no bairro Nazaré, em Belém. O encerramento de todo o trajeto está previsto para as 12h.

A manifestação de fé é retomada por volta das 17h30, quando milhares de devotos se reúnem em frente ao Colégio Gentil Bittencourt, na avenida Nazaré, para realizar a Trasladação, momento em que fiéis se dirigem em procissão à Igreja da Sé, percorrendo o mesmo trajeto da procissão do tão aguardado domingo de Círio, porém, no sentido inverso.

A explosão ocorreu após a embarcação atingir a traseira de outra, onde estavam dois cilindros de gás GLP.

 

Acidente e explosão no Círio Fluvial

Durante o Círio ou romaria Fluvial,  na manhã deste sábado (13), duas embarcações se chocaram na baia do Guajará. Segundo testemunhas oculares, a colisão ocasionou uma explosão entre o barco Ana Beatriz IV e outro que ainda  identificado. A explosão ocorreu após a embarcação atingir a traseira de outra, onde estavam dois cilindros de gás GLP.

A assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros confirmou o caso, mas disse que o fogo já foi controlado.

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual