Conecte-se Conosco

MUNDO

Biden não pretende autorizar viagens de brasileiros aos EUA

Foto: Reprodução / Fonte: Pleno News

Publicado

em

Apesar de ser anunciada a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de autorizar a volta de viagens de brasileiros aos Estados Unidos a partir do próximo dia 26 de janeiro, o retorno dos cidadãos do Brasil ao território norte-americano ainda não deve acontecer neste momento.

O motivo é um anúncio de Jen Psaki, porta-voz do presidente eleito dos EUA, Joe Biden, de que as restrições de entrada no país ainda não devem ser flexibilizadas neste momento. Segundo Jen, os bloqueios de entrada devem continuar por tempo indeterminado.

– Com a pandemia piorando, e mais variantes contagiosas [do coronavírus] surgindo ao redor do mundo, essa não é a hora de levantar as restrições às viagens internacionais – afirmou Psaki pelas redes sociais.

De acordo com informações divulgadas pela agência Reuters, Trump pretendia pôr fim às restrições feitas à maior parte dos cidadãos não americanos, o que inclui os que estiveram no Brasil, no Reino Unido e na União Europeia, valendo a medida a partir do dia 26 – nesta data, no entanto, como Biden já deve ter sido empossado como presidente dos Estados Unidos, a questão pode ser alterada.

– Seguindo as orientações da nossa equipe médica, o governo não pretende flexibilizar essas restrições em 26 de janeiro. Na verdade, nós planejamos endurecer medidas de saúde pública nas viagens internacionais, com o objetivo de mitigar a disseminação da Covid-19 – completou Psaki.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual