Conecte-se Conosco

Sem categoria

Bolsonaro dispensa apoio dos Barbalho e proíbe deputado de usar seu nome na propaganda da família de Jader

Publicado

em

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) proibiu o deputado federal Éder Mauro (PSD), seu apoiador, de colocar seu nome no material de propaganda ao lado dos nomes do senador Jáder Barbalho  e de seu filho, Helder Barbalho (MDB), candidato ao governo do Pará pela segunda vez. Em 2014, foi derrotado pelo atual governador, Simão Jatene que, agora, apoia Márcio Miranda (DEM) à sua sucessão.

Eder Mauro (PSD) foi admoestado por Bolsonaro (PSL) por tentar liga-lo aos Barbalho no Pará

O capitão Bolsonaro, que é fã de torturador e de ditadura militar, não admite ser relacionado no Pará com os Barbalho, atolados até o pescoço na lama da corrupção da Operação Lava Jato. Bolsonaro não quer se queimar mais ainda com a forças progressistas nacionais.

Helder Barbalho foi denunciado por Fernando Reis, presidente da Odebrecht Ambiental, em delação premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal, por ter recebido R$ 1,5 milhão em propinas, de caixa dois, em três parcelas de R$ 500 mil, na campanha eleitoral de 2014, processo que continua em tramitação no Tribunal Regional Eleitoral do Pará. A denuncia de Fernando Reis foi confirmada pelo executivo Mário Amaro da Silveira, diretor-superintendente da Odebrecht.

Outra denuncia contra Helder Barbalho na Operação Lava Jato partiu do diretor-executivo do grupo JBS Friboi, Ricardo Saud, que também em delação premiada homologada pela Procuradoria Geral da República, acusou Helder Barbalho de ter recebido R$ 2,9 milhões em propinas de caixa dois, com Jader Barbalho recebendo R$ 6 milhões do grupo.

Por essas, e muitas outras, no Estado do Pará, 90% dos eleitores de Jair Bolsonaro votarão no candidato Márcio Miranda (DEM), que é ficha limpa e também é militar, com a patente de capitão da reserva da PM,  a mesma de Bolsonaro, sendo que este é do Exército brasileiro. (Fonte: Agência Amazônia)

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual