Conecte-se Conosco

SANTARÉM

Bombeiros identificam novo foco de incêndio em Santarém

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Parazão Tem de Tudo

Um novo foco de incêndio foi identificado pela equipe do Corpo de Bombeiros na região de Santarém, neste domingo (15). Cerca de 100 militares, brigadistas e homens do exército atuam na região para combater as chamas.

Segundo informações do comandante da corporação, Hayman Souza, o novo foco é em uma ilha próxima a Ponta de Pedras. O local é de mata fechada e difícil acesso. Por estar perto do rio, o vento atrapalha o trabalho dos agentes, já que facilita que as chamas de espalhem.

No local não há sinal de telefone celular, o que também prejudica a comunicação e trabalho das equipes.

Continue lendo
Clique para comentar

SANTARÉM

Área de várzea de Santarém é sinalizada com placas ambientais

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: O Estado Net

É no mês de setembro que os quelônios da Amazônia vão desovar nas praias da comunidade Costa do Tapará. Para alertar sobre a proibição, por lei, da captura desse tipo de animal, a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), fez ao longo desta quinta-feira (10) a instalação de placas ambientais na localidade.

“A região do Tapará tem controlado, mas a questão da pesca predatória tem sido um desafio. Vez ou outra, temos invasores. Agora, vamos trabalhar com novas estratégias, junto à Semma. Uma delas é a fiscalização constante em determinados pontos das localidades”, relatou o presidente do Conselho Regional de Pesca do Tapará, Raimundo Oliveira.

“Tapará tem controlado, mas a questão da pesca predatória tem sido um desafio”, relatou o presidente do Conselho de Pesca do Tapará. Foto-Júlio César Antunes

Conforme o represente do Conselho, são usadas técnicas denominadas como arrastão, explosivos, assim como a captura de espécies protegidas por defeso. A pesca ilegal acaba sendo feita tanto por pessoas da própria região quanto de cidades vizinhas.

“Fazer a caça desse tipo de animal é ilegal. Já fizemos apreensões nessas localidades. O órgão ambiental, juntamente com a comunidade, está atento e qualquer informação de pesca irregular, os responsáveis serão penalizados com multas pesadas e até mesmo prisão”, ressalta o fiscal da Semma, Patrick Miléo.

“Fazer a caça desse tipo de animal é ilegal”, ressaltou o fiscal ambiental Patrick Miléo. Foto-Júlio César Antunes

A Lei de Crimes Ambientais nº 9.605/98 prevê que quem matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécies da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização dos órgãos ambientais, receberá multa no valor de R$ 5 mil por unidade de animal pego com o criminoso.

intervenção ambiental também contou com a participação do Projeto Sala Verde, desenvolvido pelo Centro Municipal de Informação e Educação Ambiental (Ciam). Na Escola Municipal São Benedito, a garotada se divertiu com o cine ambiental, plantio de mudas, palestra, jogos e brincadeiras.

A intervenção ambiental também contou com a participação do Projeto Sala Verde. Foto-Júlio César Antunes

“De forma lúdica, atuamos com a educação ambiental, sensibilizando os moradores desde o ensino base. São levadas orientações a respeitos dos cuidados com as nossas comunidades ribeirinhas”, destacou a educadora ambiental Larissa Moura.

“Extremamente relevante essa ação ambiental para a comunidade. Estamos trabalhando a consciência ambiental de nossas crianças. É uma questão atual e todo tempo devemos estar discutindo”, disse a diretora da Escola Municipal São Benedito, Edilena Ferreira.

Teve cine ambiental, plantio de mudas, palestra, jogos e brincadeiras. Foto-Júlio César Antunes

Além disso, a equipe do Ciam fez a intervenção da campanha de combate às queimadas “Acender é fácil. Difícil é apagar” por meio de palestra.

Educadores fizeram a intervenção da campanha de combate às queimadas. Foto-Júlio César Antunes

Denuncie

Conforme à Lei Federal Complementar n° 140/2011 podem atender as demandas de crimes ambientais qualquer um dos seguintes órgãos: 1ª Companhia Independente de Policiamento Ambiental (1ª Cipam)/Polícia Militar, via NIOP (190); Delegacia de Meio Ambiente (Dema)/Polícia Civil (PC), via 181; Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), pelos fones: (93) 3524-7450/7452/7453; Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), pelo (93) 3522 5452; e Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), via “Linha Verde”: 0800 618080.

“Extremamente relevante essa ação ambiental para a comunidade”, disse a diretora da Escola São Benedito, Edilena Ferreira. Foto-Júlio César Antunes

É a partir da denúncia que qualquer um dos órgãos poderá tomar as providências cabíveis; pois é no ato do registro, diretamente aos órgãos, que o cidadão prestará o máximo de informações para se chegar aos responsáveis pelo crime.

Continue lendo

SANTARÉM

Valores recuperados pela Perfuga tem destino ampliado em favor de Hospital Municipal

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: RG 15 / O Impacto com Assessoria de Comunicação

A promotoria de Justiça de Santarém firmou um aditamento ao Termo de Ajuste de Conduta (TAC) que garante a destinação de recursos recuperados por meio da Operação Perfuga em favor do Hospital Municipal de Santarém. Com a alteração, válida a partir desta quinta-feira, 10 de outubro, os valores serão aplicados não somente na aquisição de mobiliário, mas também em equipamentos, maquinários e outros de responsabilidade do Município, visando a contínua e adequada prestação de serviço público.

Já estão previstas a reforma do sistema da central de gás medicinal e da central de vácuo clínico do Hospital, além da automação do gerador de energia do Hospital, por meio desses recursos. O aditamento foi assinado no dia 8 de outubro com os representantes do Município, Câmara Municipal e Polícia Civil do Pará, tendo como testemunhas os membros do Conselho Municipal de Saúde.

O TAC foi assinado em dezembro de 2018 e já garantiu aquisição de material permanente para o hospital, como cadeiras de roda e mobiliário. A operação Perfuga apura desvios de recursos em gestões da Câmara Municipal de Santarém e outras instituições que recebem verbas públicas.

O aditamento prevê que os valores depositados em conta específica serão utilizados pelo Hospital Municipal com exclusividade na aquisição ou revitalização de equipamentos, maquinários e de sistema físico/estrutural, necessários à adequada prestação do serviço, desde que comprovado que se trata de responsabilidade legal ou contratual do Município de Santarém. A partir das transferências futuras, o Município terá prazo de 30 dias para utilizar o recurso, diretamente, ou por meio do Instituto Panamericano de Gestão (IPG), ou outra instituição que venha a gerenciar o Hospital posteriormente.

Na reunião de assinatura do aditamento foi apresentado resultado de relatório feito pelo Conselho Municipal de Saúde, a pedido do MPPA, com as necessidades mais urgentes do Hospital. Foi concluído que a reforma do sistema de gases medicinais e central de vácuo está entre as prioridades. O sistema foi inaugurado em 2005, e apresenta falhas com necessidade de manutenção constante, que geravam perdas de metade do oxigênio adquirido. Observou-se ainda a necessidade de ampliação da rede para atender as enfermarias e outras unidades dentro do Hospital.

O gás medicinal é fundamental para executar diversas funções nos Hospitais, sendo um dos principais o oxigênio. A central de vácuo tem a função de suportar os vapores gerados em procedimentos cirúrgicos e auxilia na manutenção de condição de aspiração adequada para o procedimento ser realizado em segurança.

Também foi informado na reunião que um equipamento de automação vinculado ao gerador de energia se encontrava quebrado (modulo USCA Grupo Gerador), e havia um revezamento de quatro funcionários, em escala de plantão, para garantir o acionamento, em caso de queda de energia. Conforme orçamento apresentado pela IPG, a peça custa R$ 22.000,00.

O orçamento para a reforma, e aquisição do equipamento, ficam em torno de R$150 mil, para instalação do modulo USCA Grupo Gerador, reforma da central de gás medicinal e da central de vácuo. O prefeito Nélio Aguiar comprometeu-se a complementar o valor que faltar, que é a diferença dos valores já depositados em conta e os orçamentos apresentados. O MPPA ressalta que houve uma preocupação em separar a gestão ao que compete ao poder público e ao que compete à OS que gerencia o hospital, e deve fiscalizar a correta destinação de todos os recursos repassados.

Com o investimento realizado para modernização da estrutura hospitalar, se projeta ainda uma economia no custo de oxigênio, evitando o vazamento, além da utilização da mão de obra, antes disponível para a manutenção do gerador, para outras finalidades visando o melhor atendimento à população no Hospital Municipal.

Continue lendo

SANTARÉM

Acadêmicos do Curso de Medicina da UEPA em Santarém temem pela ausência de professores

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: O estado Net

O Centro Acadêmico de Medicina  da Universidade do Estado do Pará – UEPA,  emitiu nota de repúdio emitida em razão das dificuldades que o corpo docente da instituição vem enfrentando, tanto pela carência de professores, quanto pela ausência de progressão funcional no plano de carreiras do magistério suoerior.

A nota de repúdio, mencionada na sessão da Câmara Municipal de Santarém pelo vereador Dayan Serique, tem como plano de fundo a publicação de um edital para contratação de docentes para a instituição, que não contemplou vagas para o Campus de Santarém. Após tratativas realizada no Centro Regional de Governo do Baixo Amazonas, entre Centro Acadêmico de Medicina, Centro Regional e Câmara Municipal de Santarém foi noticiado que há um projeto de lei em tramitação na Assembleia Legislativa, há 10 anos, para regulamentar a progressão funcional aos docentes da instituição.

Dayan apresentou pedido de informações, solicitando esclarecimentos quanto à ausência de vagas para a unidade de Santarém, bem como fez voz e pedidos para que seus pares da Casa abracem a causa e articulem com os Deputados Estaduais na Assembleia Legislativa do Estado do Pará, pela tramitação e aprovação do plano de carreira e remuneração dos docentes da UEPA.

* Com informações de Sheila Santos

Continue lendo

Destaque

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital