Conecte-se Conosco

Esportes

Bragantino elimina Aparecidense e enfrenta Vila Nova na 3ª fase da Copa do Brasil

Publicado

em

A Aparecidense perdeu fora de casa na noite desta quarta-feira (10) pela segunda fase da Copa do Brasil e está eliminada da competição. Em partida única, o Camaleão veio a Belém do Pará, onde disputou a vaga com o Bragantino(PA), que venceu o duelo por 3 a 2, com um gol de Lukinha e dois de Marco Goiano. Rayro empatou a partida duas vezes para a equipe de Aparecida, mas a equipe goiana acabou sofrendo com expulsões de Rafael Cruz e o próprio Rayro. Com a vitória, o clube paraense embolsa R$ 1,4 milhão e avança à terceira etapa do torneio nacional, na qual enfrentará o Vila Nova.

 

O jogo

No primeiro tempo, a Aparecidense praticamente não ameaçou o gol do Bragantino-PA. Aos 19’, boa chegada dos donos da casa, com Esquerdinha, que chutou rasteiro após cruzamento de Bruno Limão.

Aos 26’, o técnico Edson Júnior foi obrigado a fazer a primeira mudança, com a saída de Washington que sentiu uma fisgada, para entrada de Rayro. No mesmo minuto, Nonato cabeceou de peixinho no meio da área após cruzamento da direita, mas para boa defesa de Axel.

A partir daí, no primeiro tempo, só deu Bragantino. Bruno Limão arriscou de longe aos 28’, e obrigou Wallace a fazer ótima defesa. Aos 36’, os donos da casa abriram o placar após belo chute de Mauro Praia pela esquerda, o goleiro espalmou para a entrada da área e a bola encontrou Lukinha, que mandou um balaço, sem chances para o arqueiro da equipe goiana.

Depois de um primeiro tempo praticamente de domínio do Tubarão do Caeté, Rayro, que entrou no lugar de Washington, empata a partida logo aos 45 segundos de jogo, recolocando a Aparecidense na disputa pela vaga.

Aos 15’, a bola bate no braço do zagueiro Filipe, após cruzamento da direita, e o juiz assinalou pênalti para os donos da casa, cuja cobrança foi bem convertida por Marco Goiano, que mandou uma bomba no meio do gol.

Quatro minutos depois, um contra-ataque fulminante da Aparecidense. Após jogada de Moisés pela esquerda, Rayro recebe passe na meia-direita, pedala para cima da defesa e manda um foguete no canto esquerdo de Axel, deixando tudo igual de novo.

Mas aos 25’, as coisas se complicaram de novo para a Cidinha. Rafael Cruz fez falta dura em Mauro Praia, tomou o segundo amarelo, e acabou expulso. A superioridade numérica foi um prato cheio para o Tubarão, que definiu o placar aos 41’, com Marco Goiano, de novo, após vacilo da zaga goiana, em cruzamento da direita com Bruno Limão, o atleta do time paraense só empurrou para as redes.

Aos 45’, o autor dos gols da Aparecidense, faz falta dura em Esquerdinha, e também acaba expulso, deixando a equipe goiana com nove em campo. Moisés ainda perdeu um gol cara a cara com o goleiro Axel, aos 48’.

FICHA TÉCNICA

Jogo: Bragantino-PA 3×2 Aparecidense (Copa do Brasil – 2ª fase)

Data/hora: 10/04/2019 às 19h15, horário de Brasília.

Local: Estádio Mangueirão, Belém-PA.

Arbitragem

Árbitro: Adriano Milczvski – PR

Assistentes: Ivan Carlos Bohn – PR e Victor Hugo Imazu dos Santos – PR

Gols

Bragantino-PA: Lukinha (37‘1T), Marco Goiano (15’2T e 40’2T)

Aparecidense: Rayro (0’1T e 19’2T)

Cartões amarelos

Bragantino-PA: Bruno Limão (8‘1T), Marco Goiano (41’2T)

Aparecidense: Rafael Cruz (3‘1T e 25’2T), Rayro (45’2T)

Cartões vermelhos

Aparecidense: Rafael Cruz (25‘2T) e Rayro (45’2T)

Escalações

Bragantino-PA: Axel, Bruno Limão, Romário, Gabriel, Capanema, Esquerdinha, Paulo Tárcio, Lukinha, Mauro Praia (Will), Marco Goiano (Keoma) e Fidélis (Tony Love). Técnico: Samuel Cãndido.

Suplentes: Deco Júnior, Ronny, PC Timborana, Eneilson, Rafinha, Keoma, Will e Tony Love.

Aparecidense: Wallace, Robson, Filipe, Rafael C., Mário S., Tiago U., Wagner, Moisés, Washington (Rayro), Aleílson (Uéderson) e Nonato (Alex Henrique). Técnico: Edson Júnior.

Suplentes: Pedro Henrique, João Victor, Ricardo, Caetano, Rayro, Uéderson e Alex Henrique.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Esportes

Jogos de hoje definem adversário do Brasil nas quartas de final

Publicado

em

REUTERS/Henry Romero/direitos reservados

As duas partidas de hoje (24) do grupo C definirão o adversário do Brasil nas quartas de final da Copa América. Isso porque a seleção brasileira enfrentará o terceiro colocado do grupo B ou C. Japão joga contra o Equador, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, enquanto Uruguai enfrenta o Chile, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Os jogos serão às 20h.

Dependendo dos resultados, os brasileiros podem enfrentar o Japão, Equador, Uruguai ou o Paraguai (terceiro colocado no grupo B) na próxima fase.

Se Japão e Equador empatarem hoje, por exemplo, o Paraguai se classifica. Japoneses e paraguaios teriam 2 pontos, mas o Paraguai tem um saldo de gols melhor. Se o Equador vencer, por qualquer placar, se classifica em terceiro e enfrenta o Brasil.

No caso de o Japão vencer a partida, há duas hipóteses. O mais provável é que, em caso de vitória do Japão, que tem 4 gols negativos de saldo, a seleção asiática se classifique em terceiro lugar no grupo e enfrente o Brasil.

Se o Japão, no entanto, golear o Equador e/ou o Uruguai (que tem saldo de 4 gols positivos) perder de goleada do Chile, o Japão pode se classificar até em segundo colocado no grupo. Nesse caso, o adversário do Brasil será o Uruguai.

O Chile tem 6 pontos e só precisa de um empate para terminar na primeira posição. O Uruguai tem 4 pontos e precisa da vitória para se classificar em primeiro. Se empatar, fica em segundo lugar.

Se o Uruguai perder, pode terminar em segundo ou terceiro colocado no grupo, dependendo dos placares de seu jogo contra o Chile e da partida entre Japão e Equador.

O único confronto já definido das quartas de final é entre Argentina (segundacolocada do grupo B) e Venezuela (segunda colocada do grupo A).

A Colômbia (primeira colocada do grupo B) enfrenta a segunda colocada do grupo C (que pode ser Chile, Uruguai ou Japão).

O primeiro colocado do grupo C (que pode ser Chile ou Uruguai) enfrenta o Peru (terceiro colocado do grupo A). O Brasil espera seu adversário para jogar pelas quartas de final às 21h30 de quinta-feira (27), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Continue lendo

Esportes

Marta pede às jovens: “Chorem no começo para sorrir no fim”

Publicado

em

Marta em jogo contra a França Foto: EFE/EPA/Srdjan Suki

A jogadora Marta enviou uma mensagem às meninas brasileiras depois de consumada a eliminação da Seleção nas oitavas de final da Copa do Mundo Feminina de futebol neste domingo (23).

– Não vai ter uma Formiga para sempre, não vai ter uma Marta para sempre, não vai ter uma Cristiane para sempre. O futebol feminino depende de vocês para sobreviver. Então pensem nisso. Valorizem mais. Chorem no começo para sorrir no fim – disse a capitã da Seleção Brasileira, emocionada e olhando fixo para a câmera.

A jogadora pediu às mais jovens que avaliem o atual momento do futebol feminino e as encorajou a “querer mais e treinar mais”, para estarem prontas “para jogar 90 minutos e mais 30 minutos, quantos minutos for”.

Marta disse também que a Seleção Brasileira deve “continuar em frente, com a cabeça erguida”, depois de ser eliminada pela França na prorrogação, pelo placar de 2 a 1.

– Demos o melhor de nós. Todas as jogadoras deram o seu máximo. Foi uma grande partida. Não conseguimos a vitória. A outra equipe foi melhor na definição. Agora é preciso seguir em frente, com a cabeça erguida. Estou muito orgulhosa desta equipe – concluiu Marta.

*Com informações da Agência EFE

Continue lendo

Esportes

Após 2 anos no clube, Daniel Alves está de saída do PSG

Publicado

em

Foto: Reprodução / *Folhapress

O Paris Saint-Germain confirmou o desligamento do lateral Daniel Alves, que anunciou sua saída do clube francês em texto publicado no Instagram na madrugada deste domingo (23).

Em seu site oficial, o PSG afirmou que as duas partes chegaram num comum acordo e decidiram não renovar o contrato que terminaria no próximo dia 30.

O clube agradeceu a Daniel Alves “por trazer sua imensa experiência e profissionalismo ao longo da sua passagem pela capital” e lembrou dos feitos do lateral no time.

Daniel Alves foi o 30º brasileiro a vestir a camisa do clube e, durante os dois anos que defendeu o PSG, marcou oito gols, deu 18 assistências e ajudou a conquistar dois Campeonatos Franceses, uma Copa da França, uma Taça da Liga Francesa e uma Supercopa Francesa.

Nasser Al-Khelaifi, presidente do clube, também deixou seu agradecimento ao lateral brasileiro.

“Há dois anos, depois de suas experiências na Espanha e na Itália, Dani escolheu o Paris Saint-Germain quando teve a oportunidade de embarcar em um novo desafio. Estamos satisfeitos que este grande jogador deixe Paris com vários troféus com as nossas cores. Desejo-lhe o melhor nos próximos desafios que estão à frente no caminho”, declarou o mandatário.

Daniel Alves está com a seleção brasileira para a disputa da Copa América. Na partida de ontem, o lateral marcou um dos cinco gols da goleada sobre os peruanos, na Arena Corinthians.

Em suas redes sociais, o atleta também confirmou que está deixando o clube.

 

Continue lendo

Destaque