Conecte-se Conosco

MARAJÓ

Brevs: Prefeito institui comissão de Concurso público

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Blog Marajó noticias

O prefeito de Breves, Toninho Barbosa (MDB), baixou no ultimo dia 11 de setembro  a Portaria 0522/2019, que institui a Comissão Especial  para supervisionar a realização de Concurso Público para o preenchimento de vagas no quadro de pessoal da Prefeitura de Breves.

A comissão será composta conforme a seguir:
Odacyl Jorge Rebelo Tupinambá – Engenheiro Sanitarista – Representante da SEAD
Anderson Gama Alves – Professor –  Representante da SEMED
maria Julia de Souza – Agente Administrativo – Representante da SEMSA




O numero de vagas e os setores da administração que terão vagas ofertadas serão fruto de estudo da comissão instituída pela portaria e não existe um prazo definido para a publicação do edital de abertura.

Continue lendo
Clique para comentar

MARAJÓ

IFPA em parceria com o Governo Municipal de Breves investem na Piscicultura da região

Publicado

em

O Prefeito em exercicio Wilson Mainardi , o secretário Municipal da Pesca Sergio Mocelin, funcionarios da SEMUPA, professores e o diretor da IFPA, em parceria para a expansão da piscicultura na região, realizaram visita ao IFPA de Breves.

A visita iniciou no laboratório com uma turma do Instituto Federal do Pará, onde os estudantes além de conhecimentos técnicos para a criação do pescado, estavam adquirindo conhecimentos na área da filetagem do peixe.
O curso aborda desde a qualidade da água, ração adequada,segurança devida do trabalhador durante a execução, até as técnicas mais especificas da piscicultura, o que torna a atividade mais produtiva.

Imagem: Reprodução

Devido a procura do curso, o IFPA já abriu mais um processo seletivo para outra turma na área, que inicia 15/10 e vai ate o dia 18/10. O curso de piscicultura com 40 vagas ofertadas, conta com grande expectativa para os estudantes de Breves, Melgaço e Portel.

O estudantes poderão atuar futuramente nos centros de alevinagem, em um dos 25 tanques que serão construídos nas dependências do tiro de guerra. A perspectiva do centro é de que sejam distribuídos mais de 750 mil alevinos por ano.

Por Brenda Santos

Continue lendo

MARAJÓ

Centro de Alevinagem Regional de Breves

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Prefeitura de Breves

Hoje recebemos do SEBRAE o projeto do nosso tão sonhado Centro de Alevinagem de Breves. Um sonho que começou, segundo relatos, em 1984. Agora será realidade se DEUS quiser, o próximo passo é encaminhar para o governo do estado (SEDAP) e aguardar o início da execução do projeto, previsto pra ainda esse ano.

O Centro de Alevinagem será instalado dentro do espaço do Tiro de Guerra (TG).
Obrigado ao SEBRAE, SEMUPA e todos os demais parceiros (EMATER, ADEPARÁ, IFPA) e tantos outros.

Continue lendo

MARAJÓ

TAC que substitui navios por lanchas já está em operação

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Pará

O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que retira os navios obsoletos das viagens para a ilha do Marajó (Belém – Porto do Caramá – Belém), e substitui por lanchas mais confortáveis entrou em vigor nesta segunda-feira (23). Firmado entre Ministério Público do Estado (MPE), Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Pará (Arcon) e empresas operadoras, a determinação objetiva garantir um transporte hidroviário com segurança e qualidade aos usuários que precisam se deslocar para os municípios do arquipélago.

A nova alternativa, por meio de lanchas, será avaliada até o dia 1º de novembro, sendo possíveis novos ajustes nas viagens, caso necessário, para atender à população. O TAC sugerido pela Arcon ao Ministério Público do Estado representa um período de experiência, em que serão observados o andamento dos serviços oferecidos, como explica  Eurípedes Reis, diretor-geral do órgão.

“Hoje, no primeiro dia de operação, não tivemos contratempos. De acordo com o relatório da gerência hidroviária, as lanchas atenderam à demanda de passageiros e às gratuidades normalmente, porém estaremos monitorando as necessidades da população diariamente para tomar todas as providências cabíveis para que o transporte para o Marajó seja garantido”, afirma Eurípedes Reis.

Ainda na manhã desta segunda, o TAC foi apresentado aos prefeitos de Soure, Guto Gouveia, e de Salvaterra, Valentim Lucas, que conheceram detalhes sobre a proposta emergencial que determinou a retirada dos navios e substituição por lanchas.

O prefeito de Salvaterra considerou a reunião positiva e elogiou a iniciativa da Arcon e MPE em discutir e buscar soluções para o problema. “Nós vamos estudar e acompanhar essa alternativa das viagens por lanchas, para avaliar se a população estará sendo bem atendida. Estamos satisfeitos com a união de forças dos gestores públicos em busca melhorias para os serviços oferecidos à população”, conclui Valentim.

Já Guto Gouveia participou da reunião para avaliar a viabilidade do TAC e revelou a preocupação com a retirada dos navios e a garantia de um serviço de transporte hidroviário digno. “Não queremos serviços precários para a população, mas somos contra a saída definitiva dos navios. Então solicitamos a abertura de um edital de chamamento para que novas empresas se candidatem para oferecer viagens por navio para o Marajó”, sugeriu  o prefeito de Soure.

A   promotora de justiça de Salvaterra, Paula Camacho, esclareceu aos gestores públicos de Salvaterra e Soure que o TAC será aplicado em fase experimental por 40 dias, e acatou as reivindicações dos prefeitos, se comprometendo a discutir na próxima reunião – agendada para o dia 31 de outubro – a disponibilização de um transporte com preço acessível e confortável  aos usuários.

“Esclarecemos que a proposta do TAC, que substitui os navios por lanchas com  oito viagens diárias, além do ferry boat, será avaliada. Se houver a necessidade do retorno dos navios, eles serão disponibilizados pela Arcon imediatamente, inclusive no período do Círio”, explica a promotora.

Na reunião, Ministério Público, Arcon e os prefeitos de Salvaterra e Soure entraram em consenso para que seja aberto um chamamento público, que dará oportunidade a outras empresas para operarem com navios de melhor qualidade para o Marajó.

Também participaram da reunião o diretor de fiscalização da Arcon, Ivan Bernaldo; a diretora de Controle Financeiro de Tarifário da Arcon, Denise Pimenta; o gerente de Transporte Hidroviário da Arcon, coronel Marco Antônio Rocha; o representante do poder legislativo, deputado Wanderlan Quaresma; e Carlos Bannach, proprietário de uma das empresas operadoras que fazem viagem para o Marajó.

Serviço: A Arcon informa que serão disponibilizados quatro horários de lanchas diariamente, saindo do Porto de Camará/Belém, e Belém/Porto de Camará, além das viagens com o ferry boat que sai do porto do Henvil, em Icoaraci, com destino ao porto do Caramá.

Novos horários das lanchas, em fase experimental: 6h15, 9h, 12h e 14h

Continue lendo

Destaque

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital