Conecte-se Conosco

Celebridades

Cary Joji Fukunaga vai dirigir o próximo filme de James Bond

Publicado

em

O diretor americano Cary Fukunaga em Londres, em 13 de setembro de 2018 - AFP/Arquivos

O cineasta Cary Joji Fukunaga dirigirá o próximo filme do agente 007 e será o primeiro americano a comandar um longa-metragem da franquia James Bond, depois que o diretor britânico Danny Boyle abandonou o projeto no mês passado.

“Estamos satisfeitos de trabalhar com Cary. Sua versatilidade e inovação fazem dele uma excelente escolha para nossa próxima aventura de James Bond”, anunciaram no Twitter os produtores Michael G. Wilson, Barbara Broccoli e Daniel Craig, o ator que interpretou 007 nos últimos quatro filmes da saga.

As filmagens do 25º filme de 007, que ainda não tem título oficial, começarão em 4 de março nos estúdios Pinewood, perto de Londres. A estreia mundial está prevista para 14 de fevereiro de 2020.

O filme deveria chegar aos cinemas no fim de 2019, mas o projeto sofreu um atraso quando Danny Boyle — conhecido por produções como “Trainspotting” e “Quem Quer Ser um Milionário?” — anunciou sua saída do projeto por “diferenças criativas” com os produtores.

Fukunaga, 41 anos, diretor e roteirista nascido na Califórnia, é conhecido por ter dirigido a primeira temporada da série de TV “True Detective”, pela qual venceu um Emmy em 2014

Também escreveu e dirigiu o drama em espanhol “Sem Identidade” (2009), pelo qual foi premiado no Festival de Sundance. Este foi seu primeiro filme como diretor, depois de uma longa carreira como diretor de fotografia.

O americano, cujo pai nasceu em um campo de internação para japoneses-americanos durante a Segunda Guerra Mundial, também dirigiu “Beasts of No Nation” (2015), protagonizado pelo britânico Idris Elba, e “Jane Eyre” (2011), adaptalçao do romance de mesmo nome da escritora inglesa do século XIX Charlotte Brontë.

Fukunaga, produtor da série “Maniac”, com Emma Stone e Jonah Hill, que estreia na sexta-feira na plataforma de streaming Netflix, será o primeiro americano a dirigir um dos filmes da famosa franquia protagonizada pelo agente 007.

Boyle, 61 anos, vencedor do Oscar em 2008 por “Quem Quer Ser um Milionário?”, abandonou o projeto quase três meses após o anúncio de sua contratação para dirigir o “Bond 25”.

O cineasta britânico já havia iniciado o processo de escolha do elenco para encontrar o vilão e a “Bond girl” do novo filme, segundo a revista Variety.

Esta será a quinta vez que Daniel Craig, 50 anos, interpretará o espião, missão que já foi executada por Sean Connery, Roger Moore, George Lazenby, Timothy Dalton e Pierce Brosnan.

Craig afirmou em 2017 que este seria provavelmente seu último filme na pele do agente a serviço de Sua Majestade.

Fonte: Isto é

Celebridades

Velório de Bibi Ferreira no Theatro Municipal do Rio é aberto ao público

Publicado

em

‘No palco é o momento que não sou atingida por nada’, dizia a artista. Pioneira do teatro brasileiro, Bibi Ferreira morreu, aos 96 anos, nessa quarta

O velório da atriz, cantora, diretora e compositora Bibi Ferreira, de 96 anos, foi aberto, nesta sexta-feira (14), ao público às 10h e vai até às 15h, no foyer do Theatro Municipal, no Rio de Janeiro. Com mais de nove décadas dedicadas aos palcos, será em um dos principais do país que ela receberá as últimas homenagens.
O corpo da artista será cremado no Memorial do Carmo, às 17h, em cerimônia reservada à família e aos amigos. Bibi Ferreira morreu, nessa quarta-feira (13/2), no começo da tarde em consequência de problemas cardíacos, enquanto dormia no seu apartamento, no Flamengo.

De acordo com a única filha, Tina Ferreira, a mãe aproveitou bem a vida e morreu tranquilamente. Ela contou que a mãe amanheceu ontem bem, mas reclamando de um “pouco de falta de ar”. Porém, quando os médicos chegaram, ela já havia morrido.

“Ela fez o que ela queria, ela teve uma vida muito boa”, disse Tina Ferreira. “Ela sempre falou isso: ‘Eu vivo para o meu público e que fique nas lembranças deles [espectadores], o que eu pude dar, eu dei o meu melhor”, acrescentou.
Em seguida, Tina Ferreira lembrou-se da frase que a mãe gostava de repetir. “’No palco, é o momento que não sou atingida por nada. É o momento que eu me encontro com Deus.’”
No Theatro Municipal, Bibi Ferreira foi diretora de dramartugia e apresentou-se várias vezes. A primeira apresentação, aos 16 anos, com a peça João e Maria, baseada na ópera homônima, no papel da bruxa. Em 1951, já acumulava as funções de diretora e atriz na peça Diabinho de Saias, de N. Krasna, e em A Hipócrita, de Hagar Wilde e Dale Eunson, nessa última também como tradutora.

Continue lendo

Celebridades

Xuxa radicaliza e raspa cabelo: “Espero que gostem”

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Famosidades

Xuxa Meneghel decidiu radicalizar o visual e mostrou o resultado da mudança no Instagram, nesta segunda-feira (4). Desta vez, a loira passou a maquininha e raspou o cabelo.

“Novo programa, novo visual. Espero que vocês gostem”, escreveu ao exibir o novo corte.

Os seguidores, é claro, não pouparam elogios à famosa. “Ficou maravilhosa”, disse um. “Linda demais”, comentou outro. Já uma terceira foi além: “Deusa de qualquer jeito”.

A apresentadora, vale lembrar, se prepara para assumir a frente do “The Four Brasil”, na Record.

Continue lendo

Celebridades

Último show dos Beatles, num telhado em Londres, há 50 anos

Publicado

em

Hoje célebre Apple Rooftop Concert foi o último show ao vivo da banda para uma plateia, interrompido porque os vizinhos se incomodaram com o barulho; registros sobrevivem

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaques