Conecte-se Conosco

MUNICÍPIOS

Celpa deixa Marajó sem energia e homem morre ao usar gerador a gasolina

Publicado

em

O apagão deste domingo (10) pode ter provocado uma tragédia no município de Curralinho, no Marajó: seis pesssoa de uma família foram intoxicada com monóxido de carbono e  encontrada na manhã desta segunda-feira (11) desacordada dentro da residência, depois de terem inalado monóxido de carbono expelido  por um motor de luz  a gasolina que foi ligado dentro da casa devido a falta de energia.A Polícia Civil está investigando o caso. Uma mulher morreu,

 

A Celpa informa que já está trabalhando para normalizar o fornecimento de energia elétrica nos municípios de Breves, Portel, Bagre, Curralinho e Melgaço, localizados na Ilha do Marajó. A causa da falta de energia é um problema técnico em uma das linhas de transmissão que atende as cidades. Técnicos da concessionária estão percorrendo a extensão da linha, para identificar o local exato do imprevisto e solucionar a situação o mais breve possível.

 

SEIS INTOXICADOS

Seis pessoas da mesma família foram intoxicadas com monóxido de carbono (um gás levemente inflamável), em Curralinho, no Marajó. Um mulher morreu e outras cinco pessoas estão internadas, entre as vítimas estão duas crianças. O incidente aconteceu na noite de domingo (10).

As vítimas foram identificados, como Aldemir Gomes Miranda, 45 anos, a esposa Andreza Cordeiro Ribeiro, de 21 anos, os dois filhos do casal, um com 6 anos e a outro com 4 meses, e uma irmã de Aldemir, Leiliane Gomes Miranda, 33 anos. Ione Soares Dias, não resistiu e acabou morrendo antes de ser socorrida.

Os sobreviventes foram encaminhados para o Hospital Regional de Breves. O estado de saúde da família é considerado grave e todos chegaram no hospital com nível de rebaixamento de consciência.

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital