Conecte-se Conosco

MUNDO

Chile reduz salários de parlamentares à metade por 60 dias

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Com informações da Agência Brasil

Na tarde de ontem (27), parlamentares da Câmara dos Deputados do Chile aprovaram, por unanimidade, uma medida transitória para reduzir à metade os salários e outras remunerações dos políticos, pelo período de 60 dias. Prefeitos, vereadores e membros do Judiciário e do Ministério Público foram poupados.

Ficou também aprovada a criação de uma comissão autônoma que definirá os valores dos salários para funcionários do Estado e para cargos de eleição popular.

O Banco Central atuará como secretaria técnica da comissão, que deverá ser composta por profissionais do Banco Central, Controladoria Geral da República, Ministério da Fazenda, e de outros órgãos financeiros da Administração Pública.

O deputado Gabriel Boric, 33 anos, é um dos políticos que lançou a iniciativa. Ele afirma que os salários devem ser reduzidos, primeiramente, para os cargos de representação popular e de confiança do presidente. Mas reconheceu que isto será uma decisão da Comissão. Boric afirma que essa redução de 50% deve servir como “piso salarial” para as remunerações do legislativo.

Senadores chilenos, do governo e da oposição, deram início, na tarde de ontem (27) a rodadas de diálogo para discutir a onda de violência que afeta o país.

Eles assinaram um texto em que se comprometem a avançar na “agenda de segurança” do presidente Piñera, que condena os saques, as barricadas e as ações violentas e fortalece o governo com ferramentas para reestabelecer a ordem pública e a segurança do país.

Na noite de ontem, o Senado chileno aprovou a chamada “lei anti-capuz”, que estabelece penas mais severas a manifestantes que participarem de atos com os rostos cobertos. O projeto voltará à Comissão de Segurança da Câmara para ser votado.

O projeto reafirma as garantias constitucionais de liberdade de reunião de pessoas de maneira pacífica, mas aplica sanções mais severas àqueles que causam distúrbios, crimes e excessos contra a ordem pública cobrindo o rosto com máscaras e/ou capuz com o propósito de ocultar sua identidade. O texto ressalta que os “encapuzados” não atuam apenas para destruir propriedades públicas e privadas, mas também atentam contra a integridade física dos cidadãos.

MUNDO

Restos mortais de vítimas de acidente com avião do Chile chegam a base militar em Punta Arenas

Publicado

em

Militares chilenos recebem nesta sexta-feira (13) caixões especiais contendo os fragmentos de corpos encontrados após acidente com avião militar do Chile — Foto: Pablo Cozzaglio/AFP Fonte/Foto: G1

Avião Hércules C-130 sumiu com 38 pessoas a bordo enquanto sobrevoava o estreito de Drake rumo à Antártica. Partes da aeronave foram encontradas e levadas a cidade chilena.

Restos mortais de vítimas de um avião militar do Chile que se acidentou no mar com 38 pessoas no chegaram nesta sexta-feira (13) a uma base aérea em Punta Arenas, a 3 mil quilômetros ao sul de Santiago.

Os restos mortais chegaram em um avião Hércules C-130 — semelhante ao que sofreu acidente na segunda-feira — na base aérea de Chabunco. Os corpos estavam dentro de caixões especiais e foram imediatamente recolhidos por uma van do Serviço Médico Legal (SML).

Roda de avião militar do Chile que se acidentou é levada a base militar em Punta Arenas nesta sexta-feira (13) — Foto: HO / Chilean Air Force / AFP

Além dos fragmentos de corpos, chegaram ao local pedaços da aeronave encontrados na quarta-feira. Entre elas, estavam rodas e o que pareciam ser caixas pretas.

Mais cedo, 39 parentes de 11 vítimas chegaram à base militar em um avião da Boeing da Força Aérea Chilena, que aterrissou longe do terminal onde costumam chegar as aeronaves.

Da pista, os familiares seguiram em dois ônibus para as instalações da base militar. No local, eles se encontram com o general Cristian Pizarro — que é o encarregado do trabalho de busca do avião.Outros parentes que já estavam em Punta Arenas também chegaram à base para participar da reunião sobre o acidente

Buscas à aeronave

Chile informa que ninguém sobreviveu ao acidente com um voo que ia para a Antártida

Chile informa que ninguém sobreviveu ao acidente com um voo que ia para a Antártida

O avião militar, com 38 pessoas a bordo — 21 passageiros e 17 tripulantes — decolou às 16h55 de segunda-feira de Punta Arenas, no extremo sul do Chile, rumo à base Eduardo Frei, na Antártica. De acordo com autoridades chilenas, ninguém sobreviveu.

Cerca de 15 aviões e cinco embarcações de diferentes tamanhos e nacionalidades, inclusive do Brasil, participaram da operação de busca do avião.

A aeronave perdeu comunicação quando sobrevoava a passagem de Drake, uma das zonas mais tempestuosas para a navegação, entre o continente sul-americano e a Antártica.

Essa rota náutica se situa a união do oceano Pacífico com o Atlântico. Com cerca de 850 km de largura e uma profundidade de entre 3,5 mil e 4 mil km, tem ventos que podem ultrapassar os 100 km/h. Entre dezembro e fevereiro, há no local ondas de até 15 metros de altura.

O avião tinha como missão cumprir tarefas de apoio logístico na base Eduardo Frei, a maior do Chile na Antártica, para a revisão do oleoduto flutuante de abastecimento de combustível da base e fazer tratamento anticorrosivo das instalações.

Avião da Força Aérea do Chile desapareceu na segunda-feira enquanto seguia para a Antártica  — Foto: Rodrigo Sanches/ G1
Avião da Força Aérea do Chile desapareceu na segunda-feira enquanto seguia para a Antártica — Foto: Rodrigo Sanches/ G1
Continue lendo

MUNDO

Conservador Boris Johnson vence eleição no Reino Unido

Publicado

em

Boris Johnson venceu as eleições do Reino Unido Foto: EFE/EPA/Neil Hall

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, conquistou uma grande vitória nas eleições realizadas na última quinta-feira (12) e vai liderar os britânicos com maioria absoluta no Parlamento. Apesar da apuração dos votos ainda não ter sido finalizada, o conservador já ultrapassou os 326 lugares para ter a maioria do legislativo.

A derrota, histórica para os esquerdistas do Trabalhistas, deve garantir que o Reino Unido consiga concretizar a saída da União Europeia até a data que está prevista, 31 de janeiro de 2020.

Em seu discurso como vitorioso, Johnson agradeceu ao povo britânico e afirmou que vai fazer o país evoluir com um trabalho que começa imediatamente.

– Parece que ao governo conservador foi outorgado novo e poderoso mandato para fazer o Brexit, e não só fazer o Brexit mas unir o país, levá-lo para a frente e focar nas prioridades – declarou.

O premiê afirmou que a eleição desta quinta foi “histórica” e que dará chance ao governo de melhorar a vida do povo do Reino Unido e fazer com que o potencial britânico seja utilizado em toda sua capacidade. No campo da saúde, Boris encerrou seu discurso prometendo contratar mais de 50 mil enfermeiros, 6 mil médicos e construir mais 40 hospitais.

Continue lendo

MUNDO

Corpos de vítimas de avião desaparecido são encontrados

Publicado

em

Avião da Força Aérea do Chile desapareceu com 38 pessoas Foto: EFE/Ian Salas

Autoridades do Chile confirmaram que foram encontrados restos mortais na mesma área onde uma aeronave da Força Aérea do país desapareceu na segunda-feira (9), com 38 pessoas a bordo. A informação foi divulgada por veículos de imprensa do país na manhã desta quinta-feira (12).

– A Força Aérea deu-nos uma notícia que nos deixou consternados: a descoberta de corpos no mar de Drake e também parte da fuselagem que corresponde ao avião atingido, o C130 da Força Aérea do Chile – disse o governador da região de Magalhães, José Fernández.

Um navio da marinha do Brasil, que está dando apoio ao trabalho de buscas, já havia recolhido, na tarde de quarta-feira (11), itens pessoais e destroços compatíveis com a aeronave militar chilena.

A Força Aérea do Chile anunciou, na segunda-feira, ter perdido “o contato via rádio” com o avião militar C130 com 38 pessoas a bordo, que decolou de Punta Arenas, sul do país, para uma base na Antártida, onde a aeronave teria a missão de prestar apoio logístico.

Continue lendo

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital