Conecte-se Conosco

MUNDO

China assegura que a OMS não recomenda evacuação de estrangeiros

(foto: Behrouz MEHRI / AFP)

Publicado

em

Alguns países planejam organizar evacuações. Na quarta-feira de manhã a equipe do consulado dos Estados Unidos em Wuhan será levada para a Califórnia

Organização Mundial da Saúde (OMS) não recomenda a evacuação de estrangeiros em Wuhan, o epicentro da epidemia de coronavírus, declarou nesta terça-feira seu diretor-geral em visita a Pequim, segundo comunicado da diplomacia chinesa.

“Observamos que alguns países planejam organizar evacuações. A OMS não recomenda esse método”, disse Tedros Adhanom Gebreyesus, segundo nota do ministério das Relações Exteriores da China.
“Na situação atual, é preciso manter a calma, não é necessário reagir excessivamente”, acrescentou o diretor-geral da OMS, segundo a fonte.
Consultada pela AFP em Genebra, a OMS indicou que devemos “esperar por um esclarecimento” dessas declarações, que também foram divulgadas pela imprensa estatal chinesa.
O chefe da OMS se reuniu nesta terça-feira com o presidente chinês Xi Jinping, depois de encontrar os ministros das Relações Exteriores e da Saúde.
“Temos todos os meios, confiança e recursos para vencer rapidamente a batalha contra a epidemia”, disse o chefe da diplomacia chinesa, Wang Yi, segundo comunicado.
Wuhan, cidade no centro do país onde o novo coronavírus apareceu em dezembro, e quase toda a província de Hubei estão isoladas do mundo desde quinta-feira por ordem das autoridades para tentar impedir o avanço da epidemia, que já fez 106 mortos na China e mais de 4.500 infectados.
Quase 56 milhões de habitantes estão confinados, incluindo milhares de estrangeiros cujos países aceleram os preparativos para o repatriamento.
Um voo para retirar a equipe do consulado dos Estados Unidos em Wuhan partirá na quarta-feira de manhã, horário da China, rumo à Califórnia, anunciou o departamento de Estado.
O Japão anunciou que enviará um avião para Wuhan nesta terça-feira para retirar quase 200 cidadãos e a França espera uma primeira repatriação no fim de semana.


MUNDO

Presidente da Mongólia entra em quarentena após ir à China

Publicado

em

Presidente da Mongólia é colocado em quarentena após visita à China Foto: Reprodução

O presidente da Mongólia, Khaltmaa Battulga, foi colocado em quarentena por 14 dias após visitar a China nesta quinta-feira (27). Battulga encontrou-se com o presidente chinês Xi Jinping e com o primeiro-ministro Li Keqiang para prestar apoio ao povo diante da epidemia do coronavírus.

Além do presidente, toda a comitiva oficial que esteve na China será colocada em reclusão. Khaltmaa Battulga anunciou que enviará 30 mil ovelhas para a China em solidariedade aos cidadãos.

A Mongólia ainda não confirmou caso de Coivd-19 em seu território. Entretanto, a China já registrou quase 3 mil mortos e, das pessoas infectadas, mais de 36 mil já se recuperaram.

Continue lendo

MUNDO

República Dominicana barra navio por suspeita de Covid-19

Publicado

em

República Dominicana impediu desembarque de passageiros de cruzeiro Foto: Reprodução

A República Dominicana impediu o desembarque dos passageiros de um cruzeiro de turismo nesta quinta-feira (27). Oito pessoas que estavam a bordo apresentaram sintomas similares aos causados pelo SARS-CoV-2.

Os doentes são quatro filipinos, dois britânicos e dois americanos. O cruzeiro, com bandeira de Bahamas e operado pela Fred Olsen, tinha 1.512 pessoas a bordo, incluindo 384 membros da tripulação.

Uma comissão médica inspecionou a embarcação e recomendou às autoridades que não permitissem o desembarque dos passageiros e nem a permanência no porto de La Romana. O capitão do navio foi ordenado a continuar o percurso fora das águas territoriais dominicanas.

O ministro da Saúde Pública dominicano, Rafael Sánchez Cárdenas, revelou que 27 pessoas estão sendo monitoradas devido a um possível contágio. Já o presidente Danilo Medina declarou emergência “para a compra e contratação de bens e serviços indispensáveis para a execução das iniciativas de preparação, prevenção e resposta à potencial entrada no país de pessoas afetadas pelo coronavírus”.

Continue lendo

MUNDO

Irã relata 388 casos de coronavírus e 34 mortes

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Dow Jones Newswires

O Ministério da Saúde do Irã informou nesta sexta-feira que o número de casos confirmados de coronavírus no país chegou a 388, com 34 mortes, segundo a TV estatal iraniana.

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital