Conecte-se Conosco

MUNDO

Colômbia aprova prisão perpétua para estupradores e assassinos de crianças

Congresso do país alterou a Constituição após votação unânime; agora, estupradores e assassinos de crianças e adolescentes poderão ser penalizados

Foto: Andres Virviescas/Getty Images / Fonte: Exame

Publicado

em

Foi aprovado pelo Congresso colombiano uma mudança na atual Constituição; agora, estupradores e assassinos de crianças e adolescentes de até 14 anos podem ser condenados em casos com agravantes à prisão perpétua.

O projeto de lei foi aprovado em votação unânime no Senado. A mudança estava entre as promessa de campanha do presidente colombiano, Iván Duque.

Para críticos, a medida pode aumentar os gastos do governo com o sistema prisional colombiano. Antes da nova lei, o tempo máximo de prisão na Colômbia era de 60 anos. Segundo Duque,  hoje “a Colômbia tem um grande motivo de felicidade”, chamando a nova punição de  uma “sanção exemplar”. O texto deve ser assinado pelo presidente nos próximos dias.

Com a reforma, a pena deve ser aplicada em casos dolosos (em que há a intenção de matar a vítima) com o uso de violência contra a criança.

Por Janaína Ribeiro

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual