Conecte-se Conosco

TECNOLOGIA

Com Android 11, Google aposta na privacidade no celular

Foto: Reprodução / Fonte: Exame

Publicado

em

Na CES de 2019, a maior feira de eletrônicos do mundo, a Apple não estava presente. Mesmo assim, a empresa roubou a cena: um anúncio do outro lado da rua dizia “O que acontece no seu iPhone fica no seu iPhone”, uma brincadeira com a frase “O que acontece em Las Vegas, fica em Las Vegas”, cidade americana onde foi realizado o evento. A Apple, que não ganha dinheiro com anúncios, alfinetava concorrentes que tinham menos recursos para a privacidade dos usuários. Principal rival, o alvo era o Google.

O sistema operacional dos iPhones oferecia mais recursos para controlar o compartilhamento de dados com desenvolvedores de aplicativos do que o sistema Android. Com a chegada do Android 11, apresentado oficialmente nesta quarta-feira (3), as empresas se equiparam no cuidado com a privacidade dos usuários.

O Google vai permitir que os usuários deem permissões temporárias para aplicativos acessarem a câmera, o microfone e a localização do seu smartphone. A alteração é simples, mas torna o sistema Android mais seguro para evitar problemas de privacidade ou vazamento de dados pessoais.

Outra novidade do Android 11 é uma função nativa de gravação da tela, algo que fabricante a chinesa Huawei já oferece na sua versão modificada do sistema operacional para seus dispositivos. Com isso, os usuários poderão facilmente gravar e compartilhar vídeos da tela do celular para, por exemplo, ensinar à distância alguém a colocar efeitos em uma foto no Instagram.

Mudanças menores também farão parte do Android 11. Uma coisa simples que pode ser útil em voos — no mundo pós-coronavírus — é para quem usa fones de ouvido sem fio: a ativação do modo avião do celular não desliga mais a conexão Bluetooth. A nova atualização deve ficar disponível no dia 8 de setembro, segundo o evento “Hey Google” Smart Home Virtual Summit. 

Apesar de o Android 11 agora zelar mais pela sua privacidade, apenas um número restrito — e ainda não divulgado — de smartphones terão, algum dia, a atualização para a nova versão do sistema. Enquanto isso, a Apple segue oferecendo todas as suas atualizações do iOS de forma gratuita e para a grande maioria dos iPhones, uma vantagem de controlar hardware e software do começo ao fim do smartphone.


Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual