Conecte-se Conosco

Esportes

Com título brasileiro pelo Palmeiras, Felipão está de volta ao cenário mundial

Publicado

em

Foto: Reprodução

A conquista do título do Campeonato Brasileiro recolocou Felipão no mercado internacional. Por indicação do atacante Miguel Borja, camisa 9 do Palmeiras, a seleção da Colômbia quer contratá-lo para a Copa do Mundo de 2022. Agora, o treinador de 70 anos deve optar entre dois caminhos: tentar repetir o título da Copa Libertadores que conquistou em 1999 com o time alviverde ou voltar ao exterior, depois de ter trabalhado em Portugal, Usbequistão, China e Inglaterra.

Pessoas próximas ao treinador afirmam que a tendência é que fique no Brasil. Pela “família Palmeiras” e também por seu próprio clã. No ano que vem, Felipão vai completar 20 anos da conquista da Libertadores com o Palmeiras.

Por outro lado, desde a Copa do Mundo de 2014, o treinador tem o interesse de voltar a um Mundial. A proposta está na mesa. O Estado apurou que um dos pontos da negociação é a questão salarial. Os valores são mantidos em sigilo. A título de comparação, o argentino José Pekerman, ex-treinador da seleção colombiana, ganhava R$ 5,2 milhões por ano. O mais bem pago do mundo é o alemão Joachim Löw, com R$ 16 milhões.

Felipão não foi a primeira opção da Colômbia, eliminada pela Inglaterra nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia. Antes dele foram sondados o português Carlos Queiroz, o argentino Gerardo Martino, os colombianos Luis Fernando Suárez, Juan Carlos Osorio e Reinaldo Rueda. Até Dunga estava na lista, mas nem quis abrir as negociações. Dentre todos, só Felipão aceitou conversar. A Federação Colombiana não respondeu aos questionamentos da reportagem.

Pesquisas feitas pelos veículos colombianos mostram que o treinador não é unanimidade. Uma enquete nas redes sociais da TV Caracol, a principal emissora colombiana, apontou 55% para o “sim” e outros 45% afirmando “não” para Felipão. Participaram da enquete cerca de cinco mil pessoas. O jornal El Tiempo fez a mesma pergunta e teve um resultado mais expressivo: 67% querem Felipão dirigindo James Rodríguez. Quase mil pessoas responderam.

O principal argumento daqueles favoráveis à contratação era a conquista da Copa do Mundo de 2002; as pessoas do contra lembravam da goleada da seleção brasileira para a Alemanha por 7 a 1, em 2014. “Scolari tem um grande conhecimento tático. Ele fala de um jeito que todos entendem. Tem todas as condições de ser técnico da seleção da Colômbia”, disse Faustino Asprilla, jogador do Palmeiras na primeira passagem de Felipão.

Além de resgatar o prestígio no País, o título do Palmeiras mostra que Felipão tem mercado no exterior. Até hoje, sua carreira lá fora oscilou bons e maus momentos. Ele levou Portugal ao vice da Eurocopa de 2004 e às semifinais da Copa de 2006. Após a eliminação na Euro de 2008, foi para o Chelsea. Foram apenas sete meses. Ele foi demitido por pressão da torcida e da imprensa em razão dos resultados ruins (quarto lugar no Campeonato Inglês sem vencer os clássicos).

Em 2009, ficou um ano no Usbequistão, onde foi campeão com aproveitamento de 95%. Em dois anos e meio na China, a sua última experiência internacional, conquistou sete títulos.

Fonte:

Continue lendo
Clique para comentar

Esportes

CAMPEONATO BRASILEIRO: Confira a tabela e as novidades para 2019

Publicado

em

Atual campeão brasileiro, o Palmeiras defenderá o título nesta temporada (Foto: Nelson Almeida/AFP)

Nacional finalmente entra na era do Árbitro de Vídeo; clubes recusam proposta para limitação da troca de técnicos

 João Romariz*


A Confederação Brasileira de Futebol divulgou na tarde desta sexta-feira a tabela do Campeonato Brasileiro 2019. Durante o Conselho Técnico, alguma decisões importantes foram tomadas. Haverá Árbitro de Vídeo nos 380 jogos. A tecnologia e a infraestrutura serão bancadas pela entidade; e os clubes arcarão com o capital humano dos árbitros adicionais.A CBF também decidiu ressuscitar a Supercopa do Brasil. A competição foi lançada no início dos anos 1990 pelo então presidente Ricardo Teixeira — Grêmio e Corinthians foram campeões — reunindo os campeões do Brasileirão e da Copa do Brasil. O torneio será retomado na abertura da temporada 2020 em duelo único, num local previamente determinado.

Entre os assuntos colocados em pauta, dois não foram aprovados. A CBF propôs a limitação a duas trocas de técnico. Outra ideia era a inscrição de apenas 40 jogadores. Os clubes vetaram e desejam 45.

O Brasileirão 2019 terá outro fato inédito. Além da implementação do VAR, será a primeira vez, nos pontos corridos, em que dois grupos diferentes de mídia serão donos os direitos de TV. Um impasse com relação a transmissão de alguns confrontos pode fazê-los desaparecerem da grade. A lei brasileira diz que para transmitir uma partida é necessário ter os direitos dos dois clubes envolvidos.

Portanto, partidas entre os clubes afiliados a mesma emissora, serão transmitidos sem problemas.Mas confrontos entre clubes ‘da Rede Globo’ e times ‘do Esporte Interativo’, ainda não se sabe como será o procedimento. Haverá uma brecha de 182 jogos sem transmissão na TV por assinatura. A única possibilidade de mudança seria um acordo entre SporTV (Rede Globo) e Esporte Interativo.

Dos 20 participantes, 13 estão acertados com a Rede Globo e outros sete alinhados com o Esporte Interativo. Com a emissora de maior porte no cenário nacional estão Atlético-MG, Avaí, Botafogo, Chapecoense, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Internacional, São Paulo e Vasco. Para o canal fechado estão acertados Atlhético-PR, Ceará, Palmeiras, Santos, Internacional, Bahia, e Fortaleza.

Primeira rodada

Grêmio x Santos

Atlético-MG x Avaí

Ceará x CSA

Palmeiras x Fortaleza

São Paulo x Botafogo

Flamengo x Cruzeiro

Fluminense x Goiás

Chapecoense x Internacional

Bahia x Corinthians

Atlético-PR x Vasco

 

*Estagiário sob a supervisão de Marcos Paulo Lima

Continue lendo

Esportes

Incêndio no box da McLaren deixa três mecânicos feridos

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Gazeta Esportiva

A McLaren passou por um grande susto nesta sexta-feira. Durante a realização de filmagens promocionais em Barcelona, onde aconteceram os primeiros testes da pré-temporada da Fórmula 1, um incêndio atingiu a garagem da escuderia inglesa.

Segundo relatou o jornalista espanhol Albert Fraga, o fogo teria começado durante o reabastecimento do carro, enquanto era ocupado pelo novato Lando Norris. A princípio, os indícios são de vazamento de gasolina. O britânico conseguiu sair do carro sem ferimentos, mas três mecânicos da equipe sofreram queimaduras de primeiro grau, um deles no rosto e pescoço, e foram encaminhados ao centro médico do circuito.

“Houve um pequeno incêndio na garagem durante o dia de filmagens privadas da equipe. O fogo foi rapidamente apagado pelo staff, e os serviços médico e de emergência prestaram atendimento imediato. Três membros do time foram levados ao centro médico para tratamento e foram liberados logo depois”, disse a McLaren em comunicado.

Ainda não há informações sobre os eventuais danos sofridos pelo carro e se isso poderia interferir na participação da equipe na segunda parte de treinos da pré-temporada, com início marcado para a próxima terça-feira.

A Racing Point e a Williams também estão em Barcelona realizando filmagens privadas nesta sexta-feira e chegaram prestar apoio à McLaren, mas as chamas já haviam sido apagadas.

Esta é a segunda vez que um incêndio atinge uma garagem do circuito. Em 2012, o incidente foi no box da Williams, quando comemoravam uma vitória de Pastor Maldonado, a primeira da equipe desde 2004. À época, 31 pessoas foram levadas ao centro médico do autódromo.

Continue lendo

Esportes

Paysandu toma bonita iniciativa a favor do futebol feminino

Publicado

em

Texto: Vitor Castelo Imagem: Vitor Castelo (Paysandu)

Pela valorização do futebol praticado por mulheres, o Paysandu Sport Club deu mais um passo importante. Na noite da última quinta-feira (21), no auditório do Hotel Antônio Diogo Couceiro, localizado no Estádio da Curuzu, foi oficializada a criação da Diretoria de Futebol Feminino Dra. Ellza Soares, em homenagem a criadora da 1ª torcida organizada do clube, chamada Payxão Nossa. Essa diretoria será comandada pela agora diretora e técnica, Aline Costa. A vice-presidente de Operações do clube, Ieda Almeida, integrantes da comissão técnica, atletas da equipe principal, Bicolindas e representantes de torcidas femininas do Papão, como a Charme Bicolor, Apayxonadas e Bicoroas estiveram presentes no encontro.

A principal novidade, além da formação de uma diretoria própria, é a criação de escolinhas para futebol de campo e futsal feminino, que estão previstas para começar em março. “Agora, já nomeada, nós vamos dar inicio aos trabalhos. A equipe já tem 15 atletas e pós-carnaval, nós vamos fazer uma peneirada. Vamos ter o nosso polo, onde terá um instrutor capacitado para fazer um trabalho de iniciação com as meninas de 12 a 15 anos, para já termos um trabalho de base”, declarou Aline Costa. Outra novidade é que a equipe de futebol feminino terá um uniforme próprio, uma camisa rosa, a mesma utilizada na campanha do outubro rosa.

A agora dirigente deixou seus agradecimentos. “Só tenho a agradecer à Presidência, que deu o pontapé inicial. O Paysandu é o pioneiro ao criar esse departamento no Estado. Queria agradecer também ao Cel. Nunes, presidente da CBF, que sempre apoiou o futebol feminino no Pará”, afirmou.

A vice-presidente de Operações foi enfática. “Hoje é um dia histórico para todas as mulheres do Paysandu. É um momento ímpar para a gente, um avanço para o clube, visto que o futebol feminino é uma realidade crescente. A cada dia a gente percebe um número maior de clubes”, ressaltou.

A dirigente também visualiza a chance de incentivos para a modalidade. “Através do CBC (Comitê Brasileiro de Clubes), via Sindiclubes Pará, nós temos a possibilidade de fazer projetos que serão direcionados para o futebol feminino”, antecipou.

A zagueira do Papão, Janaina Nogueira, elogiou a iniciativa do clube bicolor. “Eu vejo isso como um marco histórico para o futebol feminino no Pará, pois nós passamos por muitas dificuldades. São poucos os clubes que ajudam o futebol feminino. Hoje o Paysandu deu um pontapé inicial muito grande para a modalidade e isso vai nos ajudar bastante no presente e no futuro, pois queremos elevar o nome do clube, tendo um bom desempenho nos campeonatos que participarmos”, enfatizou.

Já Ana Benjamin, integrante da Torcida Charme Bicolor, contou a experiência de participar do evento. “Foi muito gratificante, me sinto extremamente orgulhosa, sei o quanto é difícil o respeito no mundo do futebol, participo de uma torcida feminina e já fui vítima de preconceito. Espero que agora com essa iniciativa do Paysandu diminua o preconceito dentro do futebol”, declarou.

A previsão de início dos treinamentos para as modalidades femininas é para o próximo mês de março, quando começará o futsal adulto, em maio, para sub-20 (campo), e no segundo semestre, para o profissional (campo).

 

Continue lendo

Destaques