Conecte-se Conosco

MUNDO

Com vacinação avançada, Israel começa a reabrir a economia

Foto: EFE/Yonatan Sindel / Fonte: *Estadão

Publicado

em

Israel reabriu no domingo (21) parte de sua economia com o governo afirmando que o início do retorno à rotina foi possibilitado por uma campanha de vacinação contra a Covid-19, que já atingiu metade da população. As lojas abriram para todos, mas o acesso aos locais de lazer foi limitado apenas a quem recebeu as duas doses da vacina há mais de uma semana.PUBLICIDADE

O uso de máscaras e o distanciamento social ainda estão em vigor. Sinagogas, mesquitas e igrejas foram obrigadas a reduzir pela metade o tamanho de suas congregações. Um ano após o primeiro caso de coronavírus em Israel, a redução das restrições é parte de um plano do governo para reabrir a economia no mês que vem

– Somos o primeiro país do mundo que está se recuperando graças às milhões de vacinas que trouxemos. Vacinado? Pegue o “Passe Verde” e volte à vida – disse o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

Há pouco mais de duas semanas, foi iniciada a campanha de vacinação em Israel, voltada para todas as pessoas com mais de 16 anos, depois de uma rápida primeira fase em que foram imunizados idosos acima de 60. O governo deu pelo menos uma dose da vacina Pfizer a mais de 46% da população de 9 milhões, garante o Ministério da Saúde.

Segundo o Ministério da Saúde, foi registrada uma redução de 98,9% na mortalidade entre as pessoas que receberam as duas doses da vacina da Pfizer, na comparação a duas semanas atrás. Além da redução da mortalidade, autoridades informaram uma queda de 98,2% no número de casos graves e de 98,9% na quantidade de pacientes hospitalizados com sintomas da doença.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual