Conecte-se Conosco

ENTRETENIMENTO

Concerto da OSTP estreia mundialmente a obra “Amazônia”

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Pará

Com foco em sons percussivos, a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) apresenta, nesta terça-feira (17), às 20h, o Concerto Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz – 50 anos da Aliança Francesa de Belém, com estreia mundial da obra “Amazônia”, do compositor francês Pierre Thilloy, que participa da apresentação ao lado do também francês Frédéric Macarez na percussão.

O evento é uma realização do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), Theatro da Paz, parceria com Academia Paraense de Música (APM) e apoio da Embaixada da França, Institut Français, Aliança Francesa de Belém, Imerys, Mercure Belém Boulevard – Accor, Instituto Estadual Carlos Gomes (IECG) e Fundação Amazônica de Música (FAM).

Sob a regência do maestro Miguel Campos Neto, a OSTP celebra os 50 anos da Aliança Francesa de Belém, que foi fundada em agosto de 1969 pelo literato e jornalista paraense Inocêncio Machado Coelho.

O compositor Pierre Thilloy é um artista que busca dialogar com as culturas de outros países e tem a Amazônia como um local de celebração da diversidade na música erudita. Com toques de carimbó e ritmos regionais, em 2016 ele escreveu uma obra para homenagear os 400 anos da capital paraense, intitulada “Saudade de Belém”, apresentada pela OSTP.

O maestro Miguel Campos Neto destaca a participação do solista Frédéric Macarez, instrumentista especialista em tímpanos e fundador e diretor do Festival Internacional de Percussão em Paris “Perkumania”, que dirigiu por 13 anos e diretor do concurso “PerKu en Herbe”, para jovens músicos. A escolha de um percussionista para apresentar-se como solista em concertos da OSTP é rara, por isso ele acredita que este evento trará uma proposta estética diferenciada ao público. “É um concerto diferente pela conexão com a percussão, a nossa música paraense é altamente percussiva”, explica Campos Neto.

Para completar, no repertório estão incluídas peças icônicas de compositores franceses, como “Suíte L’arlesienne N. 2”, de Georges Bizet (França) e Bolero, de Maurice Ravel. Do russo Rodion Shchedrin será apresentada a “Suíte sobre temas da ópera Carmen, de Bizet”, com Frédéric Macarez e percussionistas da OSTP, em um momento de celebração deste naipe de instrumentistas.

Frédéric Macarez – é um dos músicos mais ativos de sua geração. Com suas diferentes atividades musicais e pedagógicas, ele é muito dedicado ao avanço da arte da percussão, à excelência da performance musical e ao estabelecimento de laços entre todos os atores da percussão. Foi o primeiro percussionista na Orquestra da Suíça Romanda (Genebra), onde permaneceu durante seis anos, e em seguida na Orquestra de Paris por mais sete anos, na qual ele foi o timpanista solista durante mais de 20 anos. Ele é diretor de estudos de percussão no Conservatório de Paris e professor de percussão no IESM, em Aix en Provence.  Além disso, Frédéric Macarez é o fundador e diretor do festival internacional de percussão em Paris “Perkumania”, que dirigiu por 13 anos, e diretor do Concurso Internacional de Percussão do P.A.S e diretor do concurso “PerKu en Herbe”, para jovens músicos.

Pierre Thilloy – compositor erudito contemporâneo Pierre Thilloy, francês, já tem uma história com Belém: em 2016 ele escreveu uma obra para homenagear os 400 anos da cidade, intitulada “Saudade de Belém”, a partir de estreita colaboração com a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz e seu regente titular, o maestro Miguel Campos Neto. Com toques de carimbó e ritmos regionais, a composição foi apresentada em 2016 e também em 2017, na capital paraense. Em sua carreira na França, Thilloy organiza desde 2014 o festival “Les 2 Mondes” e, desde 2018, o festival “Les Mystères de Caylus”, tornando dessa forma possível, o encontro de culturas e de civilizações diferentes. Seus festivais projetam diversos tipos de composição, das mais antigas às mais contemporâneas.

Repertório

– Georges Bizet (França) – Suite L’arlesienne N. 2

– Pierre Thilloy (França) – “Amazônia Op. 237” – Concerto para tímpanos e orquestra – solo Frédéric Macarez

Intervalo

– Rodion Shchedrin (Rússia) – Suíte sobre temas da ópera Carmen, de Bizet  – com Frédéric Macarez e percussionistas da OSTP

– Maurice Ravel (França) – Bolero

Serviço: A Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) apresenta o Concerto Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz – 50 anos da Aliança Francesa de Belém, com participação especial dos franceses Frédéric Macarez e Pierre Thilloy, nesta terça-feira (17), às 20h. Os ingressos custam R$ 1 (+ 1 kg de alimento não perecível) e já estão disponíveis pelo site do Ticket Fácil – com taxa de conveniência do site a R$ 2 por ingresso. No dia do evento os ingressos também ficarão disponíveis na bilheteria do Theatro a partir de 18h30.

Continue lendo
Clique para comentar

CELEBRIDADES

Claudia Leitte fala de memes após show de Pink: “Sou obrigada a conviver com isso”

Publicado

em

Claudia Leitte falou da acrobacia de Pink neste Rock in Rio e relembrou de seu voo no festival em 2011, que acabou não saindo como o planejado. A cantora comentou o assunto no evento de divulgação de sua nova turnê, na sede do Twitter, em São Paulo.

“Ai, gente, vocês viram isso [os memes] por causa de Pink. Eu vejo isso todo dia nos nossos grupos. Tem figurinha minha de braços abertos, voando, caindo. É uma beleza. Sou obrigada a conviver com isso. Eu amo fazer esses voos, essas coisas excêntricas. Pink é uma das melhores cantoras da vida. Independente de como eu seja lembrada, é o máximo ser lembrada nesse momento do lado da Pink”, disse.

A cantora afirmou que a ideia de seu show no Rock in Rio era ter feito algo grandioso, o que acabou não acontecendo: “Eu me arrisquei, sou corajosa. Você acha que eu vou parar de voar? Jamais!”.

“Essa turnê do Rock in Rio não deu certo. A gente colocou uma porcaria, economizou, ficou pendurado. Mas eu fazia toda uma coisa estrambólica, muito legal, que devia ter feito no Rock in Rio”, disse ela. “Bela me deu força”.

Claudia Leitte se prepara para uma nova turnê, Bandera, que começa dia 26 em Salvador, a primeira após o nascimento da filha Bela, de quase 2 meses. A cantora afirmou que sua missão vai além do entretenimento.

“Tenho uma preocupação muito mais consciente de que vou deixar algo aqui, ainda que não esteja mais aqui. Isso não me traz pressão e faz tudo ser mais divertido”, disse ela.

Segundo Claudia, a maternidade a revigorou como artista, o que foi percebido por quem a acompanha de perto. “Bela me fortaleceu muito. É uma força feminina. Fiquei muito mais cheia de gás, não sei se era hormonal. Os meus fãs percebiam isso”, afirmou. Bem-humorada, Claudia brincou sobre o ato de amamentar com o seu sobrenome artístico.

“Estou vindo com forca, daquele jeito que vocês gostam. Estou vindo seminua… Brincadeira! Caliente, falando vários idiomas e acreditando no poder do meu peito”, declarou a cantora, que canta em inglês, espanhol e português na música recém-lançada de mesmo nome da turnê.

Além da turnê, ela lança um novo álbum, Bandera, que foi gravado ainda quando estava grávida, e prevê a gravação de um clipe.

Continue lendo

CELEBRIDADES

Gaby Amarantos cai durante show em Belém; veja vídeo

Publicado

em

Imagem: reprodução YouTube

Durante show a cantora caiu e machucou a cabeça, ela foi levada ao hospital e levou alguns pontos no ferimento.


Gaby publicou o vídeo da queda nas redes sociais e disse: “recebi alta e estou em casa super bem”.

Continue lendo

CELEBRIDADES

Lula terá Chico Buarque como padrinho de casamento

Publicado

em

Chico Buarque Foto: Reprodução

O cantor Chico Buarque será padrinho de casamento do ex-presidente Lula com a socióloga Rosângela da Silva, também chamada de Janja.

Quem fará o par com o artista será a doutora em direito internacional Carol Proner. Há pouco tempo, Rosângela da Silva fez uma publicação em suas redes sociais com os dois chamando-os de “Dinda e Dindo”.

Em uma entrevista na última sexta-feira (11), Lula afirmou que quer se casar quando deixar a prisão.

Continue lendo

Destaque

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital