Conecte-se Conosco

Esportes

Consórcio arremata concessão do Pacaembu por R$ 111 milhões

Publicado

em

Com lance de R$ 110 milhões, Consórcio Patrimônio SP arrematou a concessão do Estádio

Licitação ocorreu às pressas, após TCM liberar processo na quinta-feira, 7; é a primeira a sair no Plano Municipal de Desestatização da Prefeitura

 

Bruno Ribeiro, O Estado de S.Paulo

SÃO PAULO – Com um lance de R$ 111 milhões, o Consórcio Patrimônio SP arrematou a concessão do  Estádio do Pacaembu, na zona oeste de São Paulo, hoje gerido pela Prefeitura de São Paulo. A associação reúne a empresa de engenharia Progen e o fundo de investimentos Savona. A abertura dos envelopes ocorreu na manhã desta sexta, 8.

 A licitação ocorreu às pressas, após o Tribunal de Contas do Município (TCMliberar o processo na quinta-feira (7). As empresas passaram a ser chamadas às 19 horas para a sessão de abertura, que ocorreu na Secretaria Municipal de Esportes, em Indianópolis, zona sul da cidade. A concessão, por até 35 anos, é a primeira a sair no Plano Municipal de Desestatização da Prefeitura, após dois anos da gestão João Doria/Bruno Covas (PSDB).

Com lance de R$ 110 milhões, Consórcio Patrimônio SP arrematou a concessão do Estádio do Pacaembu

Com lance de R$ 110 milhões, Consórcio Patrimônio SP arrematou a concessão do Estádio do Pacaembu Foto: Daniel Teixeira/Estadão

 O entrave se referia a questionamentos feitos pelo TCM sobre as regras da licitação. O estádio tinha a posse da Prefeitura contestada, uma vez que o terreno do complexo pertencia ao governo do Estado (a cessão do terreno ocorreu em dezembro). Outro ponto que faltava definir era a participação de grupos financeiros sem expertise em gestão de estádios.

A Progen gerenciou complexos esportivos no Rio durante as Olimpíadas. Ela foi a empresa que atendeu o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) durante a formatação da licitação. Entre os demais concorrentes, estavam um grupo formado pela empresa WTorre, um consórcio do Santos Futebol Clube com a Universidade do Brasil e um terceiro formado pela construtora Constru Cap. As propostas foram, respectivamente, de R$ 46 milhões, R$ 88 milhões e R$ 44 milhões. As concorrentes têm prazo de cinco dias para contestar o resultado.

A abertura dos envelopes deveria ter ocorrido em agosto do ano passado, mas a sessão foi suspensa pelo TCM. Como as propostas iriam caducar na próxima segunda-feira, 11, Covas havia pedido uma reconsideracão do tribunal. O conselheiro Domingos Dissei, relator do processo, votou favoravelmente, e foi seguido por outros dois conselheiros.

Voto vencido, o conselheiro Maurício Faria contestou os argumentos da Prefeitura e ainda citou duas decisões judiciais que poderiam impactar o cálculo de faturamento possível com o estádio  e, portanto, as condições de propostas de possíveis interessados. As decisões se referiam à proibição de shows no complexo e a outra, a regras de verticalização e uso do potencial construtivo do estádio.

O presidente da Progen, Eduardo Barella, disse ao Estado que as restrições não afetam o modelo de negócio previsto para o Pacaembu. “Queremos trazer a população para dentro do estádio, com atrações e atividades culturais, preservando o patrimônio histórico”, afirmou. Barella gritou ao ouvir o resultado e foi cumprimentado pelos demais adversários, incluindo José Carlos Peres, presidente do Santos, que estava na sessão.

Após o prazo de cinco dias para a contratação dos resultados, a Prefeitura ainda fará uma análise detalhada nos documentos de cada empresa e publicará o resultado. A adjudicação (transferência da posse do estádio) só se dará após aval do TCM.

O que poderá ser feito no Pacaembu

O consórcio vencedor terá, por contrato, que preservar as áreas tombadas do estádio, como a fachada e as arquibancadas. Terá também de preservar os usos do complexo esportivo. Deve também de manter o clube, e sua piscina, gratuitos para a população. O Pacaembu tem de continuar sendo um estádio de futebol.

Por outro lado, o gestor poder fazer outros tipos diversos de eventos, como feiras, apresentações e convenções. Há uma liminar judicial que proibe expressamente a realização de shows, o que não é explicitamente proibido no edital da licitação, que fala apenas em respeito a normas sobre barulhos.

O consórcio poderá demolir o tobogã, a arquibancada do fundo do estádio, e construir ali outro prédio, de uso misto, podendo abrigar salas comerciais, restaurantes até hotel.

Se quiser, poderá também cobrir o estádio, desde que preservando as áreas tombadas, e construir estacionamento subterrâneo.

Depois dos 35 anos de uso, o local terá de voltar para a Prefeitura.

Continue lendo
Clique para comentar

Esportes

Re x Pa: agentes de proteção vão fiscalizar direitos das crianças no Mangueirão

Publicado

em

Agentes de segurança vão atuar no Manguiirão. Objetivo é garantir direitos das crianças e adolescentes. Objetivo é garantir direitos das crianças e adolescentes, com o objetivo de garantir direitos das crianças e adolescentes
Vinte e dois agentes de proteção da 1ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de Belém, coordenada pelo juiz João Augusto de Oliveira Junior, farão fiscalização no jogo entre Remo e Paysandu, neste domingo, 17, no Mangueirão, pelo Campeonato Paraense de Futebol 2019. O objetivo é garantir e prevenir os direitos de crianças e adolescentes que irão ao evento. Os agentes serão coordenados pelos comissários da Infância e Juventude, Ruth Helena das Dores e Marcos Pessoa.
A 1ª Vara da Infância e Juventude de Belém orienta as pessoas que queiram levar crianças e adolescentes para o estádio que observem a Portaria nº 011/2008, que disciplina a entrada e permanência de crianças e adolescentes em estádios, ginásios ou campos desportivos. A portaria determina que crianças só poderão acessar o estádio para assistir ao jogo se estiverem acompanhadas dos pais ou seus responsáveis legais. O mesmo serve para adolescentes, que podem também estar na companhia de tios, avós legítimos ou de outros adultos, desde que devidamente autorizados por escrito pelos pais.
Se os agentes de proteção constatarem irregularidades, tais como crianças e adolescentes sozinhas, sem identificação, acompanhadas de pessoas que não são os responsáveis, ou até mesmo consumindo bebidas alcoólicas, as crianças e adolescentes serão encaminhados ao Conselho Tutelar para aplicação das medidas de proteção cabíveis, sem prejuízo da autuação do infrator e dos próprios pais e responsáveis.
É necessário lembrar que o porte do documento de identificação é obrigatório, tanto para adultos quanto crianças, para fins de comprovação do parentesco, como também a autorização por escrito dos pais ou responsáveis – guardião ou tutor – para adolescentes.
Cabe aos organizadores do evento impedir que os torcedores acompanhados irregularmente de crianças e adolescentes adentrem no estádio, exigindo, antes da entrada e no momento da cobrança do ingresso, a apresentação da documentação necessária. Caso não efetivem esse devido controle, poderão ser autuados por inobservância da portaria.
A fiscalização contará com o apoio da Guarda Municipal de Belém e da Polícia Militar, através do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE) e Companhia Independente de Policiamento Assistencial (Ciepas).
Na última quinta-feira, 14, durante reunião preparatória no Batalhão de Eventos da Polícia Militar, o comissário-chefe da Infância e Juventude, Francisco França, esteve com dirigentes dos clubes do Remo, Paysandu e da Federação Paraense de Futebol, além de representantes da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) e órgãos de segurança pública. Durante o encontro, ele informou e tirou dúvidas acerca do trabalho que será desenvolvido pelo Comissariado e as normativas sobre o acesso de crianças e adolescentes no evento.

Continue lendo

Esportes

CBF divulga datas e horários da segunda fase da Copa do Brasil

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Gazeta Esportiva

Após a definição dos 40 clubes classificados para a segunda fase da Copa do Brasil, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou os dias e os horários dos duelos do torneio.

Já na próxima terça-feira, o duelo entre Londrina x Paraná abrirá a segunda fase, às 19h15 (horário de Brasília), no Estádio do Café. Das equipes gigantes do futebol nacional, o Corinthians será o primeiro a entrar em campo. O Timão medirá forças com o Avenida, às 21h30 (de Brasília), na Arena, em Itaquera.

Santos será o último gigante a atuar. No dia 7 de março, o Peixe de Jorge Sampaoli receberá o América-RN. Provavelmente o duelo será no Estádio do Pacaembu, às 21h30 (horário de Brasília).

Confira os jogos da segunda fase da Copa do Brasil:

Terça-feira, 19-02

19h15 – Londrina x Paraná

Quarta-feira, 20-02

19h15 – Luverdense x Figueirense
21h30 – Corinthians x Avenida-RS
21h30 – Serra-ES x Vasco
21h30 – Santa Cruz x Náutico

Quinta-feira, 21-02

19h15 – Criciúma x Oeste
21h30 – Goiás x CRB

Terça-feira, 26-02

21h30 – Atlético-CE x Atlético-GO

Quarta-feira, 27-02

15h30 – Bragantino-PA x Aparecidense
19h15 – Foz do Iguaçu x Ceará
20h30 – URT x Vila Nova

Quinta-feira, 28-02

19h15 – Tombense x Botafogo-PB
21h30 – Juventude x América-MG

Quarta-feira, 06-03

19h15 – Santa Cruz-RN x Bahia
21h30 – Fluminense x Ypiranga-RS
21h30 – Mixto-MT x Chapecoense

Quinta-feira

19h15 – Avaí x Brasil de Pelotas
20h30 – ABC x Moto Club
21h30 – Santos x América-RN

Continue lendo

Esportes

Cuca se diz esperançoso e agradece Mancini por treinar o São Paulo

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Gazeta Esportiva

Anunciado como novo técnico do São Paulo na última quinta-feira, Cuca está motivado para dirigir novamente o time depois de 15 anos. O treinador, que assumirá a equipe somente após o Campeonato Paulista por causa de um tratamento cardiológico, comemorou o acerto com o Tricolor.

“Estou muito feliz por voltar ao São Paulo depois de 15 anos, esperançoso de poder ajudar o clube novamente, como fiz em 2004”, disse Cuca, em entrevista ao site oficial do Tricolor.

O técnico será apresentado na tarde da próxima segunda-feira, no CT da Barra Funda. Cuca, no entanto, ainda não trabalhará no clube por restrições médicas. A tendência é que ele inicie sua segunda passagem pelo clube no dia 15 de abril.

“Minha vontade era de me apresentar agora, mas ainda não fui liberado pelo meu médico e terei de continuar com o tratamento aqui em Curitiba. Enquanto esses dois meses não chegam, estarei me preparando ainda mais para desenvolver meu trabalho”, assegurou.

Enquanto Cuca não estiver à disposição, Vagner Mancini exercerá de forma interina a função de técnico a pedido do sucessor de André Jardine. O coordenador de futebol já estará na beira do campo durante o clássico contra o Corinthians, neste domingo, em Itaquera.

“Quero agradecer ao Mancini, porque todos sabemos que ele chegou ao São Paulo para exercer outra função, de coordenador, e ele só está assumindo o time de forma interina pelo nosso bem, especialmente pelo bem do São Paulo”, declarou Cuca, que complementou.

“Eu já tinha uma admiração grande por ele, e agora essa atitude só reforça o meu apreço. Estou muito feliz por esse desfecho e desejo ao Mancini e aos atletas toda a sorte do mundo no clássico contra o Corinthians no domingo. Estarei na torcida”, prometeu.

Em sua primeira passagem pelo São Paulo, em 2004, Cuca obteve um aproveitamento de 64% dos pontos disputados, somando 30 vitórias, oito empates e 13 derrotas em 51 jogos. Seu principal feito foi levar o time às semifinais da Copa Libertadores daquele ano, além de ter ajudado na montagem do elenco que conquistou o torneio continental, o Paulistão e o Mundial de Clubes na temporada seguinte.

“Tenho um carinho muito grande pelo São Paulo, desde 2004. Agradeço a todos, e especialmente à diretoria são-paulina, pela compreensão e também pela decisão de esperar pela minha plena recuperação. Chegarei com toda a força para ajudar o clube a cumprir com todos os objetivos”, concluiu.

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaques