Conecte-se Conosco

BELÉM

Construído no Ciclo da Borracha, Palacete Bolonha passa por restauro depois de mais de 15 anos em Belém

G1 Pará

Publicado

em

Dentre as modernizações no prédio estão a implantação de sistema de vigilância e sistema de ar condicionado. Obra deve ser concluída em um ano.

O Palacete Bolonha, construído em Belém na primeira década do século XX, durante o chamado “Ciclo da Borracha”, está passando por uma restauração completa desde o mês de março. A destinação do espaço, após a obra, é a adequação para futura utilização como “Casa-Museu Francisco Bolonha” e “Atelier de Projetos”, que visa preservar a memória da arquitetura e da engenharia do início do século XX.

O imóvel não recebia reforma desde 2004, de acordo com a Prefeitura de Belém. A obra tem o prazo de um ano para ser concluída.

Ainda segundo a Prefeitura de Belém, tudo será restaurado: paredes, forros, pisos, peças de gesso, madeira e vidro, luminárias, fachada, cobertura, telhas, esquadrias, portas, janelas, escadas, em cada detalhe. Todas as instalações elétricas também passarão por reforma.

Dentre as modernizações no prédio estão a implantação de sistema de vigilância, sistema de ar condicionado, sistema contra incêndio, manta protetora na cobertura, nova caixa d’água e cisterna.

“Os serviços de restauração visam recuperar o prédio já deteriorado pelo tempo, potencializando e preservando os valores estéticos da edificação de arquitetura singular. Todos os compartimentos do prédio serão restaurados, como a famosa sala de música, a biblioteca, a sala de costura e o mirante, que representam fragmentos da história de Belém”, explica o diretor de obras civis da Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb), Reinaldo Leite.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital