Conecte-se Conosco

Esportes

Corinthians joga mal em BH e sai atrás na final da Copa do Brasil. Cruzeiro 1×0

Publicado

em

Corinthians teve uma exibição muito ruim na noite desta quarta-feira 10), no Mineirão, na partida de ida da final da Copa do Brasil. Com dificuldades para criar e salvo por Cássio em algumas oportunidades, deixando o Cruzeiro ter chances claras de ampliar o marcador, o Alvinegro saiu no lucro com a derrota por 1 a 0. O único gol da partida foi marcado por Thiago Neves, nos acréscimos da etapa inicial

Com o resultado, o Corinthians, que contou com uma linda festa da torcida para se aguentar em campo. agora precisa vencer por dois gols de diferença em casa para reverter a vantagem adversária e conseguir chegar ao seu quarto título da competição. Do outro lado, os mineiros terão de empatar para segurar o resultado e conquistar o sexto troféu do torneio na sua história, sendo o segundo consecutivo. Vitória simples dos paulistas leva a decisão aos pênaltis.

O jogo da volta está marcado para o dia 17, quarta-feira da semana que vem, na Arena, em Itaquera. Antes disso, no entanto, os comandados de Jair Ventura terão pela rente um clássico contra o Santos, no sábado, no Pacaembu. Em situação incômoda no Brasileiro, o Timão não pode se dar ao luxo de abandonar o Nacional ainda que esteja às vésperas de uma decisão. A Raposa, por sua vez, visitará o Vasco, domingo, no Rio.

Thiago Neves comanda o Cruzeiro

O Corinthians entrou em campo claramente para esfriar o ritmo de jogo do habilidoso time do Cruzeiro e, ajudado pela ótima presença da sua torcida, foi capaz de passar ileso pelos primeiros 15 minutos de bola rolando. Romero, brigando sempre pela bola na ponta direita e conseguindo levar vantagem sobre Egídio, foi quem mais contribuiu para que a pressão inicial arrefecesse e os donos da casa jogassem um pouco mais atrás.

Quem não havia aparecido até aquele momento, no entanto, era o meia Thiago Neves, que resolveu dar as caras. No primeiro lance de perigo, chutou forte da entrada da área e obrigou Cássio a fazer boa defesa. Depois, em vacilo da zaga corintiana, teve espaço para ajeitar à perna direita e arriscar também da entrada da área. O goleiro corintiano escorregou e levaria o gol caso a bola não tivesse batido na trave e saído.

Sem poder contar com a precisão de Jadson, muito mal na partida, o Alvinegro passou a sofrer mais e mais com a habilidade do adversário. Às vezes os paulistas passavam do meio-campo, mas era a senha para que os anfitriões pressionassem até que a bola fosse recuada a Cássio. Em um desses lances, o goleiro foi mal e obrigou Léo Santos a parar Rafinha com falta. Na cobrança, porém, operou um milagre e corrigiu tudo.

O duelo parecia caminha para um empate sem gols no intervalo quando Henrique, livre de marcação, não conseguiu dominar uma bola simples na lateral esquerda. O erro do zagueiro fez com que o ataque cruzeirense rodasse a redonda até Egídio, que passou por Romero e cruzou na segunda trave. Thiago Neves, livre, não conseguiu cabecear forte, mas acertou o próprio Henrique e viu a bola enganar Cássio, indo para o fundo da rede.

O Corinthians voltou para o segundo tempo sem qualquer alteração na sua formação, apostando mais na marcação adiantada para diminuir o tempo de posse de bola do adversário. Gabriel, por exemplo, subiu uma linha de marcação e posicionou-se lado a lado com Mateus Vital, puxando os companheiros para dificultar a saída de bola. Com isso, o Timão ao menos teve mais tempo perto do gol de Fábio.

Como todo bom time de Mano Menezes, porém, o time da casa também soube muito bem esperar os alvinegros, buscar uma roubada de bola e partir no contra-ataque. Com Thiago Neves e Barcos poupados na hora de acompanhar os corintianos, os mandantes quase ampliaram em rápida escapada pela direita. Robinho recebeu de Thiago e cruzou na segunda trave. Barcos ganhou de Léo Santos e tentou no contrapé de Cássio, mas mandou para fora.

Jair mexeu para dar mais habilidade ao seu meio-campo, com Pedrinho e Araos nas vagas de Clayson e Mateus Vital. O chileno conseguiu dar bom toque de bola com o companheiro, pela direita, mas nada que incomodasse muito a equipe do Cruzeiro. Foi o time da casa, aliás, que quase ampliou em uma falta cobrada por Robinho pelo lado que Dedé, absoluto pelo alto, cabeceou no canto e mandou rente à trave.

Jair ainda tentou uma última injeção de ânimo na equipe com a entrada de Emerson Sheik no lugar do apagado Jadson, pouco produtivo durante a noite. Do outro lado, Mano renovou o seu ataque com Raniel, David e Rafael Sóbis. O ímpeto final dos alvinegros pouco incomodou o Cruzeiro e ainda foi atrapalhado pelo segundo amarelo de Araos, expulso nos acréscimos para fechar a má apresentação corintiana.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 x 0 CORINTHIANS 

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 10 de outubro de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO)
Público: 53.368 total (46.308 pagantes)
Renda: R$ 4.169.226,50
Cartões amarelos: Thiago Neves, Henrique e Egídio (Cruzeiro); Léo Santos, Araos e Jadson (Corinthians)
Cartão vermelho: Araos (Corinthians)

GOLS:
Cruzeiro
: Thiago Neves, aos 46 minutos do primeiro tempo

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Rafinha (Rafael Sóbis), Thiago Neves (David) e Robinho; Barcos (Raniel)
Técnico: Mano Menezes

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel, Mateus Vital (Araos) e Jadson (Emerson Sheik); Clayson (Pedrinho) e Romero
Técnico: Jair Ventura

Continue lendo
Clique para comentar

Esportes

CBF sorteia Copa do Brasil e Corinthians estreia contra o campeão da Série D

Publicado

em

Foto: Reprodução

A CBF realizou nesta quinta-feira o sorteio dos confrontos da primeira fase da Copa do Brasil. Em cerimônia realizada em sua sede, no Rio de Janeiro, a entidade definiu os 40 duelos que abrem a competição, com destaque para o Corinthians, que vai encarar o Ferroviário, do Ceará.

Tricampeão do torneio, o time paulista foi vice neste ano ao cair para o Cruzeiro na decisão. E no primeiro desafio de 2019, não deverá ter facilidade. Afinal, terá que ir até Fortaleza para encarar o Ferroviário, embalado pelo título da Série D do Campeonato Brasileiro deste ano.

Outro gigante paulista que viajará para longe para disputar a primeira fase da Copa do Brasil será o Santos. Campeão do torneio em 2010, o time alvinegro terá pela frente o Altos, no Piauí.

Os grandes clubes cariocas também terão todos adversários nordestinos. Campeão em 2011, o Vasco vai encarar o Juazeirense, na Bahia. O Fluminense, vencedor em 2007, terá pela frente o River, do Piauí, enquanto que o Botafogo encara o Campinense, na Paraíba.

Além dos cinco já citados, os outros cinco clubes com melhor colocação no ranking da CBF, colocados no primeiro grupo do sorteio, Sport, Vitória, Bahia, Ponte Preta e Chapecoense vão encarar, respectivamente, Tombense-MG, Moto-Club-MA, Rio Branco-AC, Aparecidense-GO e São José-RS, respectivamente.

Para o sorteio, a CBF optou por dividir as 80 equipes em oito grupos com 10 times em cada um. Os 10 clubes mais bem ranqueados fizeram parte do Grupo A, os 10 seguintes integrarão o Grupo B e assim sucessivamente até se formar o Grupo H, para evitar que equipes de força parecida se enfrentem logo neste primeiro estágio.

O sorteio definiu também o chaveamento até a terceira fase da competição, na qual restarão 20 clubes. Destes, sobrarão 10 para o quarto estágio, quando haverá um novo sorteio. Vale lembrar que 11 equipes entrarão somente nas oitavas de final do torneio.

Atual bicampeão do torneio, o Cruzeiro entra apenas nas oitavas de final, assim como todos os participantes do País na Copa Libertadores – Palmeiras, Flamengo, Internacional, Grêmio, São Paulo, Atlético-MG e Atlético-PR -, o Sampaio Corrêa, campeão da Copa do Nordeste, o Paysandu, campeão da Copa Verde, e o Fortaleza, vencedor da Série B.

Vale lembrar que, desde o ano passado, a Copa do Brasil ganhou um atrativo extra aos clubes participantes, graças a um aumento significativo da premiação. O campeão do torneio arrecada R$ 50 milhões, enquanto que o segundo colocado recebe R$ 30 milhões.

Confira os confrontos da primeira fase da Copa do Brasil:

Ferroviário-CE x Corinthians-SP

Avenida-RS x Guarani-SP

Central-PE x Ceará-CE

Foz do Iguaçu-PR x Boa-MG

Aparecidense-GO x Ponte Preta-SP

Bragantino-PA x ASA-AL

URT-MG x Coritiba-PR

Manaus-AM x Vila Nova-GO

Campinense-PB x Botafogo-RJ

Ypiranga-AP x Cuiabá-MT

São Raimundo-RR x América-MG

Palmas-TO x Juventude-RS

Moto Club-MA x Vitória-BA

Galvez-AC x ABC-RN

Sinop-MT x Santa Cruz-PE

Imperatriz-MA x Náutico-PE

River-PI x Fluminense-RJ

Votuporanguense-SP x Ypiranga-RS

Boavista-RJ x Figueirense-SC

Corumbaense-MT x Luverdense-MT

Rio Branco-AC x Bahia-BA

Santa Cruz-RN x Tupi-MG

Sergipe-SE x Goiás-GO

Brasiliense-DF x CRB-AL

Altos-PI x Santos-SP

Sobradinho-DF x América-RN

Brusque-SC x Atlético-GO

Atlético-CE x Joinville-SC

São José-RS x Chapecoense-SC

Mixto-MT x CSA-AL

São Raimundo-PA x Criciúma-SC

Fast Clube-AM x Oeste-SP

Tombense-MG x Sport-PE

Operário-MS x Botafogo-PB

Itabaiana-SE x Paraná-PR

Americano-RJ x Londrina-PR

Juazeirense-BA x Vasco-RJ

Serra-ES x Remo-PA

Real Desportivo-RO x Avaí-SC

Tubarão-SC x Brasil-RS

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue lendo

Esportes

River Plate chega aos Emirados para disputa do Mundial de Clubes

Publicado

em

Foto: Reprodução

Campeão da Libertadores sobre o maior rival Boca Juniors, o River Plate chegou para a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, nos Emirados Árabes, na madrugada de terça para quarta-feira.

“Chegou o campeão! O ‘Millonario’ já aterrizou nos Emirados Árabes”, publicou o clube argentino em seu Twitter oficial.

Jogadores e comissão técnica entraram em um ônibus oficial da organização, que vai transladá-los para Al Ain. A cidade será palco da estreia da equipe no dia 18, contra um adversário ainda a definir.

Na segunda-feira, o técnico Marcelo Gallardo concedeu coletiva de imprensa um dia após levantar o troféu mais cobiçado do continente.

“Vai ser difícil focar no que está por vir. Isto foi uma conquista extraordinária, não sei se será possível repetir”, admitiu o treinador.

Fonte: AFP

Continue lendo

Esportes

Participação da Rússia nos próximos Jogos Olímpicos é “certa”

Publicado

em

Foto: Reprodução

A Rússia “trabalha constantemente no aperfeiçoamento” de sua luta antidoping e tem participação “certa” nos próximos Jogos Olímpicos, garantiu nesta quarta-feira o presidente do Comitê Olímpico Russo (ROC), Stanislav Pozdniakov.

“Trabalhamos constantemente no aperfeiçoamento da cultura antidoping no país”, declarou o dirigente em coletiva de imprensa, apos apresentar o programa de preparação dos atletas russos para os Jogos de Inverno-2022 de Pequim.

“Tenho certeza que todas nossas iniciativas em relação a esse tema vão permitir que nossos atletas participem plenamente dos próximos Jogos”, completou.

Os próximos Jogos Olímpicos de verão acontecerão em Tóquio, em 2020.

A Rússia foi obrigada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) a participar dos Jogos Olímpicos de inverno-2018 de PyeongChang sob bandeira neutra, uma resposta ao escândalo de doping institucional no país, concretizado pela manipulação de exames antidoping durante os Jogos de Sochi-2014. A Rússia foi reintegrada pelo COI três dias depois da cerimônia de encerramento de PyeongChang.

Estas declarações surgem num momento em que uma delegação da Agência Mundial Antidoping (Wada) se encontra em Moscou desde segunda-feira (10) para realizar uma auditoria da agência russa antidoping (Rusada).

A Wada retirou a suspensão da Rusada em 20 de setembro, mas exigiu que Moscou lhe dê acesso, antes de 31 de dezembro, aos dados dos exames realizados na época do doping institucional (2011-2015) no país. A Wada ameaça colocar em prática novas sanções caso o pedido não for aceito. Na teoria, isso poderia levar a uma suspensão da Rússia nos Jogos Olímpicos.

Fonte: AFP

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaques