Conecte-se Conosco

AMAZÔNIA

Denit improvisa ponte móvel para restabelecer tráfego na Belém-Brasília

Publicado

em

As fortes chuvas do último fim de semana derrubaram um trecho da rodovia BR-010, a Belém-Brasília, que vai de um lado a outro da margem, na altura do Km 229, em Ipixuna, no Pará.Há dois dias, o trafego está interrompido, depois que o rio Candiru transbordou e a pista de rolamento da estrada foi arrastada pelasguas, com a abertura de uma imensa cratera. A fila de caminhões já alcança 15 quilômetros de um lado e outro da cratera, muitos caminhões levam cargas perecíveis. Mas hoje (2), o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), em parceria com o Exército, iniciou a construção de uma ponte móvel, sobre o buraco, para restabelecer o tráfego  trecho  na rodovia que fica entre entre os  municípios de Aurora do Pará  e Ipixuna do Pará, no sudeste paraense. Uma fila de caminhões se formou no local. passando  transtornos, principalmente  aqueles que transportar cargas para a capital.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por conta da chuva forte, o rio Candiru transbordou e rompeu a pista no KM 236. A tubulação não suportou o volume de água e saiu destruindo tudo pela frente. Um desvio de 45 quilômetros está sendo feito. Ainda de acordo com a PRF, a única alternativa para quem está entrando no estado é pela BR-222, indo por Marabá.

Segundo os motoristas, outros ramais poderiam fazer esse desvio mas por conta da chuva estão intrafegáveis. Algumas pessoas estão usando uma canoa para fazer a travessia no local.

“Ficamos ilhados tentando uma rota de fuga, mas como os moradores daqui dizem pra atravessar e dar esse retorno está difícil porque o nível da água está um metro acima da ponte, ou seja, veículo pequeno não passa. Capaz de acontecer um acidente. Melhor não arriscar.”, disse um motorista que viajava de moto

O trecho interditado fica entre o município de Aurora e Ipixuna do Pará. A única maneira de chegar à capital é desviando pelo município de Dom Eliseu, na BR-222 até Marabá. Em seguida o motorista deve seguir pela PA-150 até Belém.

Outro problemas

No KM 177 da BR-010 um grande buraco na rodovia também causa preocupação aos motoristas. A erosão já destruiu a metade da pista. O problema aconteceu há um ano e nada foi feito. Segundo os motoristas, foram feitos somente alguns reparos e uma sinalização foi colocada no local. Cerca de 10 quilômetros da rodovia frente problemas de rachaduras no asfalto são comuns.

O Dnit informou em nota que uma equipe já foi acionada e está realizando os levantamentos dos danos causados para saber quais os serviços necessários.

M
Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital