Conecte-se Conosco

ESPORTES

Douglas marca pela primeira vez após quase dois anos e Grêmio, a “vítima” da vez foi o Vitória

Foto: Gazeta Press

Publicado

em

Pela segunda rodada consecutiva, o Grêmio atuou com os reservas no Campeonato Brasileiro. E pela segunda rodada consecutiva, a equipe ganhou com autoridade. A “vítima” da vez foi o Vitória, que foi até Porto Alegre e perdeu por 4 a 0. O grande momento do jogo foi o primeiro gol, marcado pelo camisa 10 Douglas, que ficou muito tempo afastado por causa de lesões e voltou a comemorar um gol em jogo oficial depois de quase dois anos.

A última vez que ele havia marcado tinha sido em 2016, quando o Grêmio superou o Cruzeiro em jogo válido pela Copa do Brasil, no dia 26 de outubro de 2016.

Depois do gol dele, o time gaúcho sobrou em campo. Tanto é que Jailson, Pepê e Everton também marcaram.

Com a vitória, o Grêmio subiu para a terceira colocação, com 33 pontos, ultrapassando o rival Internacional, que joga nesta segunda-feira. Já o Vitória se mantém com 19 pontos, na 16ª posição, apenas uma acima da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, enquanto os gaúchos enfrentam o Corinthians no sábado, os baianos recebem o Palmeiras no domingo.

O JOGO

O primeiro minuto de jogo deu o tom do restante da etapa inicial. Logo após o apito de Bruno Arleu de Araújo, os mandantes foram para cima do Leão e assustaram a meta de Ronaldo em finalização de Marinho e boa chegada de Pepê.

A pressão inicial gremista deu resultado aos 11 minutos. Douglas recebeu cruzamento na pequena área e cabeceou, mas Ronaldo fez a defesa sem conseguir encaixar, dando rebote. Na sobra, o próprio camisa 10 do Tricolor Gaúcho não vacilou e mandou para o fundo das redes, inaugurando o marcador.

Sem tempo de assimilar o golpe, o Vitória levou o segundo. Aos 20, Jailson aproveitou a roubada de bola e assistência de Douglas, com grande atuação, e acertou finalização no canto da meta de Ronaldo, não dando chances ao arqueiro: 2 a 0.

O restante da primeira etapa viu um equilíbrio nas ações do confronto, com cada equipe tendo uma boa chance no período. Enquanto Douglas levou perigo em cobrança de falta, Yago, da mesma maneira, tirou tinta da trave de Paulo Victor. No último lance do tempo, entretanto, o Grêmio perdeu a chance de fazer o terceiro: Marinho serviu o lateral Leonardo, que, livre na grande área, chutou por cima do gol.

Nos primeiros dez minutos da segunda etapa, o panorama do final do tempo inicial se repetiu, com o equilíbrio predominante. Isso logo mudou quando, aos 12, o jovem Pepê recebeu passe de Marinho, fez a finta e bateu com categoria, com a lateral do pé. A bola chegou a desviar em Marcelo Meli, enganando o goleiro Ronaldo e entrando para o fundo das redes.

Já perto do final da partida, o time da casa decretou a goleada. Em uma aula de contra-ataque, Everton arrancou com a bola e serviu Jael. O atacante hesitou, mas conseguiu finalizar ao gol, esbarrando na defesa de Ronaldo, que novamente concedeu rebote. A sobra ficou fácil para o próprio Everton fazer o quarto e dar números finais ao confronto.

Fonte: Espn

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual