Conecte-se Conosco

Esportes

É anunciado o novo coordenador geral da base do Paysandu

Publicado

em

Imagem: Jorge Luiz/Paysandu
Spread the love

O gaúcho Gustavo Fragoso, de 44 anos foi anunciado como o novo coordenador geral das categorias de futebol de base do Paysandu. Segundo o site bicolor, Gustavo é graduado em educação física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS), possui três pós-graduações em Psicopedagogia, Metodologia do Treino de Futebol/Futsal e Gestão Profissional do Futebol, e concluiu um curso de licença de coordenador técnico de base da CBF. Já trabalha no futebol há 22 anos, período em que exerceu a função de auxiliar-técnico, treinador das categorias de base e coordenador técnico em equipes como Grêmio, Internacional e Atlético-PR.

Em sua primeira semana de clube, o novo profissional do Lobo foi apresentado aos colegas de trabalho pelo executivo de Futebol, André Mazzuco, em uma reunião no auditório Satoshi Sató, no Hotel Antônio Diogo Couceiro, no Estádio da Curuzu, na noite da última quarta-feira (8), quando todos os profissionais da área puderam ouvir sobre a nova metodologia e os objetivos traçados. “O Paysandu tem como eixo principal adquirir o certificado de clube formador e para obter esta conquista, que os grandes clubes do Brasil já possuem, o Papão precisa atender alguns requisitos, então a minha função é ajudar o clube a fazer isso”, concluiu.

 

Esportes

Fortaleza organiza mega mosaico para o jogo do Centenário contra o Paysandu

Publicado

em

Spread the love

Todo o estádio será utilizado para a execução do mosaico. Foto: Francisco Fontenele/O POVO

O POVO

FORATALEZA – Já virou tradição. Sempre que o Fortaleza tem um jogo muito importante pela frente, daqueles que enchem o Castelão, um novo mosaico é levantado. Contra o Paysandu, neste sábado (20),  não será diferente. Um mega mosaico está preparado e vai abranger a arquibancada toda.
Independentemente de que lugar que o torcedor ocupar na arquibancada, será um integrante do espetáculo. Segundo o grupo Leões do Mosaico, que organiza a festa, toda a parte inferior e superior será utilizada para formar o desenho. O anel inferior do Castelão utilizará bandeirinhas e o superior blocos de papel. Além da imagem estática, estão prometidos efeitos especiais para o momento que o mosaico for levantado. Os detalhes não foram revelados para manter o efeito da surpresa.
O espetáculo, porém, começa antes, logo no protocolo inicial. Na entrada dos times será executada a música “Fortaleza eterno amor”, com direito a banda ao vivo e maestro. A finalização será com os novos bandeirões das torcidas organizadas. O da TUF vai cobrir todo o setor superior sul.
Será a o segundo mosaico em um jogo do Fortaleza na Série B do Brasileiro. No primeiro turno, na partida contra o Sampaio Corrêa, foram feitos dois desenhos, um deles em homenagem à Seleção Brasileira. Em anos anteriores, quando o Leão ainda disputava a Série C, outros mosaicos foram construídos.
Apresentação SÉRIE B: Fortaleza x Paysandu

Fortaleza busca acesso

Leão está na liderança da Série B e mede forças com um dos times ameaçados pelo rebaixamento

Na Arena Castelão, o Fortaleza, líder da Série B e cada vez mais perto do acesso, recebe, neste sábado (20),  o Paysandu, que promete apresentar um jogo duro, com sistema defensivo fortíssimo para sair com um bom resultado da capital cearense.

Após 31 rodadas, o Leão está na ponta da competição, com 57 pontos, nove a mais que o Atlético-GO, quinto colocado. Já o Papão chega em situação preocupante. Com apenas 32 pontos, a equipe está na 18ª posição e apenas uma vitória faz o Paysandu sair do Z4.

Na última quinta-feira, o Fortaleza completou 100 anos de vida. Embalado pela data e a campanha na Série B, a torcida do Leão promete lotar o estádio e empurrar o time para mais um triunfo.

Já o Paysandu quer estragar a festa e promete não se intimidar com a pressão das arquibancadas. Para o confronto, o técnico João Brigatti não terá apenas o volante Nando Carandina, suspenso pelo terceiro amarelo.

Prováveis Escalações:

Fortaleza: Marcelo Boeck; Tinga, Ligger, Diego Jussani e Bruno Melo; Nenê Bonilha, Felipe e Dodô; Marlon, Marcinho e Ederson. Técnico: Rogério Ceni.

Paysandu: Renan Rocha; Maicon Silva, Diego Ivo, Fernando Timbó e Guilherme Santos; Renato Augusto, Willyam, Marcos Júnior e Pedro Carmona; Mike e Hugo Almeida. Técnico: João Brigatti.

Continue lendo

Esportes

Manoel Ribeiro está apto para disputar reeleição no Clube do Remo

Publicado

em

Manoel Ribeiro habilitou-se a concorrer à reeleição no Clube do Remo
Spread the love

O Clube do Remo, do Pará, vive também um intenso clima  eleitoral. Na tarde desta sexta-feira (19), a Junta Eleitoral da agremiação decidiu, que o atual presidente azulino, o ex-deputado Manoel Ribeiro, que nos 1970 foi cognominado de o “marechal da Vitória”, pelos título que levou o club e a conquistar,  pode concorrer à reeleição . Assim, agora são  três chapas habilitadas para o pleito.

A decisão veio após análise de recursos e considerou aptos os candidatos ao Conselho Diretor (CODIR). Desta forma, Manoel Ribeiro, que entrou. na quinta-feira (18) com recurso para garantir legitimação da chapa com Hilton Benigno, concorre às eleições, mascadas para o próximo dia 10.

No total, serão três chapas que buscam o comando do Clube para o biênio 2019/2020.

Chapa 1,  composta por Manoel Ribeiro e Hilton Benigno; chapa 2 com os postulantes Fábio Bentes e Cláudio Jorge  e a Chapa 3 com a qual concorrem Marco Antônio Pina e Francisco Rosas.

 IMPUGNAÇÃO

A chapa de Manoel e Hilton sofreu  dois pedidos de impugnação  por questões ligadas às finanças do clube. Contudo, na tarde de quinta-feira (18),  os candidatos entraram com recursos para garantir a participação o que foi deferido no dia seguinte..

Segundo João Moscoso, diretor de eleições do Clube, o deferimento foi feito após a análise minuciosa dos argumentos da acusação e defesa. “A questão do Hilton Benigno, nós entendemos que aquela acusação não se enquadra ao que eles acusam, se enquadra apenas pra eleição do Condel, não para a do Condir ou a assembleia geral”, disse o diretor.

Em relação a Manoel Ribeiro, Moscoso entendeu que não há uma decisão final. “Enquanto não tem uma decisão, uma condenação ele está apto a qualquer coisa”,explicou.

Continue lendo

Esportes

Lista de nove pendurados preocupa Felipão no Palmeiras contra o Ceará

Publicado

em

Felipão comandou o Palmeiras em mais uma vitória (Crédito: César Greco/Divulgação/SE Palmeiras)
Spread the love

O Palmeiras vai enfrentar o Ceará preocupado com os cartões amarelos. São nove jogadores pendurados: o goleiro Jailson, os laterais Marcos Rocha e Mayke, o zagueiro Luan, o volante Bruno Henrique, os meias Moisés e Lucas Lima e os atacantes Willian e Dudu.

O tema ganhou importância, pois o time vai enfrentar na rodada seguinte o Flamengo, terceiro colocado no Campeonato Brasileiro. É um confronto direto pelas primeiras posições. Portanto, quem estiver pendurado e levar mais um amarelo, vai ficar fora da pequena decisão.

Por isso, Felipão pode fazer mudanças na equipe. Além dos pendurados, o zagueiro Gustavo Gómez e o volante Thiago Santos terão de cumprir suspensão automática pelo mesmo motivo: acúmulo de cartões.

Com isso, Felipe Melo deverá ocupar a vaga no meio. Na defesa, as principais opções são Luan, Antônio Carlos e Edu Dracena. O problema é que o próprio Luan está pendurado. Raciocínio semelhante se aplica a Moisés, titular do meio, e a Dudu, peça fundamental do ataque. Os dois correm risco de ficar fora da partida que pode representar o último grande obstáculo para o título palmeirense. Dos pendurados, apenas Marcos Rocha tem poucas condições de jogo em função de uma lesão na panturrilha.

Felipão tem opções de sobra para escalar o time. O problema não é esse. No ataque, por exemplo, Deyverson e Borja voltaram a treinar no gramado nesta quinta-feira e podem fazer uma inédita dupla. O primeiro fez dois dias de trabalhos de recuperação; o segundo estava com a seleção colombiana.

A quantidade de jogadores pendurados mostra um ponto falho do líder: o excesso de cartões. O time marca forte, mas costuma ser advertido com frequência no Brasileirão. O time é o segundo que mais recebeu amarelos. Foram 87 advertências. A média do Palmeiras é de três cartões por jogo, sem considerar vermelhos. O líder do quesito é o Vitória, com 88.

O jogador que mais recebeu cartões amarelos foi o volante Felipe Melo, que cumpriu suspensão na vitória sobre o Grêmio. Victor Cuesta, do Inter, tem 11 cartões amarelos e está em segundo. Os palmeirenses reclamam de perseguição.

“Nossa preocupação também é com o Felipe Melo. Está demais. O processo de cartão amarelo é diferente do que para os outros jogadores. Não tem que dar cartão pelo histórico”, disse Alexandre Mattos, diretor de futebol, após a vitória sobre o São Paulo.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaques