Conecte-se Conosco

Sem categoria

Eleitor paraense tem 137 opções para a Câmara de Deputados

Publicado

em

O editorial do jornal “O Estao de S. Paulo” deste sábado (6), véspera da eleição para a esolha do novo presidente, de novos deputados e senadores, é bem sugestivo. Pede “Um voto de confiança na Política”, E é esse o caminho. Leia o texto do editorial a seguir: “Em meio à acirrada disputa entre os candidatos à Presidência da República, a campanha eleitoral para o Congresso despertou escasso interesse, embora seja, em alguns aspectos, até mais importante do que a eleição majoritária. A escolha dos representantes na Câmara e no Senado vai definir que tipo de composição política o próximo presidente terá de fazer para conseguir manter um mínimo de governabilidade e para encaminhar as medidas que são imprescindíveis para garantir alguma estabilidade ante o terrível estado geral das contas públicas. Ao elaborar sua “cola” para não esquecer os números de seus candidatos ao digitar o voto, o eleitor terá a derradeira oportunidade de imaginar qual é o Congresso que pretende ajudar a construir com seu voto amanhã”.

E prossegue: ” Em primeiro lugar, o norte para essa escolha não pode ser apenas a repulsa à corrupção. É fato que, nos últimos anos, houve tantos e tão extensos escândalos envolvendo partidos e parlamentares, numa roubalheira sem paralelos na história nacional, que não se pode tirar a razão de quem pretende empregar seu voto como protesto, na expectativa de ajudar a sanear a política. Essa intenção é consequência, em grande medida, do discurso embalado pelo ativismo messiânico de muitos procuradores da Lava Jato, que se julgavam no dever de limpar o País de seus corruptos e fizeram da corrupção sinônimo de política, mesmo que contra os acusados pesassem apenas suspeitas levantadas pela irresponsável qualificação de toda doação de campanha como propina”.

E crescenta: ” A despeito dessa óbvia fragilidade jurídica, a Lava Jato proporcionou aos brasileiros a sensação de que finalmente algo estava sendo feito contra os corruptos, e não à toa muitos candidatos se apresentam como “limpos” – como se isso fosse, por si só, suficiente para qualificá-los como bons parlamentares – e como novos na atividade, buscando incorporar o suposto desejo do eleitorado de implodir um sistema visto como miseravelmente viciado”.

“No entanto, ao que tudo indica, e a despeito do que prometem vários candidatos, o sistema político brasileiro não sairá renovado das urnas. Será provavelmente o velho sistema de sempre, no qual o presidente da República precisa construir maioria a cada votação de projetos de interesse do Executivo. Não raro, o presidente precisa recorrer à barganha fisiológica para convencer até mesmo políticos de sua própria base aliada – quando não de seu próprio partido – a votar com o governo. Muitas vezes o debate sobre o mérito dos projetos, que deveria ser a essência da negociação política, fica em segundo plano, ou chega a ser totalmente irrelevante”.

Haverá alguma chance de começar a mudar esse quadro se das urnas emergir um Congresso no qual prevaleçam partidos e parlamentares com identidade definida e lideranças fortes, dispostos a constituir uma oposição leal ou a apoiar o governo em torno de ideias sólidas e do interesse nacional, e não as agremiações que nada mais são do que um aglomerado de interesses paroquiais, cujos parlamentares atuam cada um como se fosse o partido de si mesmo.

Prudência

Segue o editorial: “O momento exige, portanto, prudência do eleitor. A escolha não pode recair em quem se apresenta apenas como campeão de honestidade, pois essa é uma exigência básica de todos os candidatos; tampouco o voto pode ser decidido de maneira irrefletida, quase automática, quando se escolhem candidatos apenas por serem conhecidos – sejam celebridades “puxadoras” de votos, sejam integrantes das longevas e corruptas dinastias políticas.

Para que o País efetivamente comece a mudar, o eleitor deve refletir se a patente má qualidade dos seus representantes parlamentares não é apenas consequência de seu desinteresse pelo resultado das eleições legislativas e na própria atividade do Congresso, deixando aberto o caminho para que prevaleçam os interesses de bem organizados grupos de pressão – que, não por acaso, são aqueles que têm impedido o avanço das reformas.

Ao decidir quem vai mandar para o Congresso, o eleitor deve ter consciência de que seu voto será determinante não apenas para interromper a marcha do País rumo ao abismo fiscal e administrativo, mas principalmente para começar a restabelecer o valor da política como caminho para a superação dos muitos problemas nacionais”.

CANDIDATOS NO PARÁ

O eleitor paraense tem 137 opções de candidatos à Câmara Federal. Só 17 serão leitos. Quando for votar amanhã (7), pense bem a quem confiará o seu voto, um cheque em branco muitas vezes a um desconhecido, e que vai interferir. Abaixo, apresentamos a relação dos  na sua vida e de todos os brasileiros durante quatro anos, nem que seja pela inércia, como membro da Câmara dos Deputados, A escolha é sua:

OS CANDIDATOS

 

7070

DR. ELENILSON

AVANTE

7077

PASTOR GUILHERME LESSA

AVANTE

2700

ROBERTO SANTOS

DC

2555

FRANCISCA CIZA

DEM

2525

HELIO LEITE

DEM

2500

OLIVAL MARQUES

DEM

2591

PANATTO NATO

DEM

2533

ROSINHA

DEM

1590

ADRIANA NACIF

MDB

1515

ELCIONE

MDB

1522

HENDERSON PINTO

MDB

1555

PRIANTE

MDB

1577

PROF: JOSE MARIA BIGODE

MDB

1588

SIMONE MORGADO

MDB

5118

ANNE

PATRIOTA

5180

BETTY DAVIS

PATRIOTA

5154

CABO NASCIMENTO

PATRIOTA

5100

DIAS

PATRIOTA

5155

EDINA CASTRO

PATRIOTA

5110

ELANE

PATRIOTA

5178

ENILDE PINHEIRO

PATRIOTA

5156

ENOCK

PATRIOTA

5198

FRANCISCO VIEIRA

PATRIOTA

5107

KLEBER ALMEIDA

PATRIOTA

5138

MIRIAM

PATRIOTA

5151

PASTOR LEANDRO COUTO

PATRIOTA

5190

SARGENTO MORAES

PATRIOTA

5123

SHEILA RODRIGUES

PATRIOTA

5112

TIA LELE

PATRIOTA

5115

XANDAO O PATRIOTA

PATRIOTA

2100

CESAR

PCB

6565

ANA JULIA

PCDOB

1234

EVERSON CARLOS

PDT

1212

GIOVANNI QUEIROZ

PDT

1222

PROFESSORA CICERA

PDT

1200

SARAH FREITAS

PDT

3133

BERINA

PHS

3112

DEYSE ARAUJO

PHS

3113

JOAO MACHADO

PHS

3111

JOAQUIM CAMPOS

PHS

3131

MARISA ROMAO

PHS

3535

HENRIETTE BARROS

PMB

3334

ELIVAN FAUSTINO

PMN

3333

FABRICIO GAMA

PMN

3390

SARGENTO XAVIER

PMN

1977

CHAPADINHA

PODEMOS

1111

BETO SALAME

PP

5477

CLAUDIMARA

PPL

5470

GUSTAVO ROCHA

PPL

5454

INDIO MIGUEL

PPL

5444

KELLY ANDRADE

PPL

5422

MITERRAN FEITOSA

PPL

5400

NAGIBE DO VIDRO

PPL

5401

SERGIO ROBERTO PA279

PPL

2326

FLAVIO PLATILHA

PPS

2323

JORDY

PPS

2222

CRISTIANO VALE

PR

1010

VAVA MARTINS

PRB

9090

XARAO LEAO

PROS

4455

ALDEANNO CAMPOS

PRP

4400

ALESSANDRO ARAUJO

PRP

4477

CABO SERRA

PRP

4412

CESAR DO COMERCIO

PRP

4417

DIOGO SEDORKO

PRP

4444

DR. ELSON SOARES

PRP

4433

PROFESSOR

PRP

4422

ROBERTO SHINKAI

PRP

4405

RUBENICE MARTINS

PRP

4410

SUANE MAUES

PRP

2822

ARACELIA CAVALCANTE

PRTB

2812

ARMINDO PINTO

PRTB

2800

FRANK JAMES

PRTB

2844

PATO

PRTB

2815

ROMILDA ALVES

PRTB

2828

SAMUEL SIQUEIRA

PRTB

4011

CASSIO ANDRADE

PSB

2020

JULIA MARINHO

PSC

2018

JUNIOR PIRES

PSC

5500

DELEGADO EDER MAURO

PSD

5555

JOAQUIM PASSARINHO

PSD

5510

JOELMA LEITE

PSD

5588

JUNIOR FERRARI

PSD

4567

CELSO SABINO

PSDB

4518

FRANCY PEREIRA

PSDB

4522

NEY SANTANA

PSDB

4590

NILSON PINTO

PSDB

4545

TETE SANTOS

PSDB

4500

WESLEY MARTINS

PSDB

1700

DELEGADO FEDERAL EGUCHI

PSL

1717

DR. VELOSO

PSL

5088

ADRIANE SERRAO

PSOL

5050

EDMILSON RODRIGUES

PSOL

5033

ENFERMEIRA NAZARE LIMA

PSOL

5077

HELENO SANCHES

PSOL

5065

JOSE EMILIO

PSOL

5010

KEKE BANDEIRA

PSOL

5055

LEONICE DE OLIVEIRA

PSOL

5080

PEDRO CAVALERO

PSOL

5099

PROF. ANDRE SILVA

PSOL

5011

PROFESSOR CARLOS VAZ

PSOL

5044

PROFESSOR MATEUS

PSOL

5015

PROFESSOR RIGLER ARAGAO

PSOL

5020

REGINA BRITO

PSOL

5005

RENILTON CRUZ

PSOL

5000

RUBENIXSON

PSOL

5051

SABA

PSOL

5012

VITORIANO BILL

PSOL

5023

VIVI

PSOL

1321

AIRTON FALEIRO

PT

1313

BETO FARO

PT

1333

MARTA COSTA

PT

1311

MIQUINHA

PT

1380

MIRIQUINHO BATISTA

PT

1369

PROF. MILENE

PT

1310

PUTY

PT

1444

EDUARDO COSTA

PTB

1456

PAULO BENGTSON

PTB

3636

BILHA

PTC

3666

CHICO DA PESCA

PTC

3611

CLAUDIO ALMEIDA

PTC

3677

CLAUDIO BOTELHO DA PESCA

PTC

3621

CORONEL NINA

PTC

3600

FAGUNDES DA PESCA E DO ACAI

PTC

4314

CLAUDIA RIBEIRO

PV

4321

DRA. MARY

PV

4300

JANA RENEE

PV

4333

RAIMUNDO JOSE

PV

4345

REPORTER MORAES

PV

4343

ZE CARLOS DO PV

PV

1818

DARCILETE CANTE

REDE

1888

PROFESSOR GILENO

REDE

1800

PROFESSOR IRAN

REDE

1807

RICHES FEDERAL FORCA E HONRA

REDE

1823

TIAGO FERNANDES

REDE

7700

BRUNA TOME

SD

7788

EVERALDO ALEIXO

SD

7777

YORANN COSTA

SD

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual