Conecte-se Conosco

OBITUÁRIO

Em São Paulo, Morre Laurita Lara Mesquita

Publicado

em

Laurita Lara Mesquita Foto: Acervo pessoal

Nascida em 1926, Laurita foi casada com Ruy Mesquita, falecido em 2013

O Estado de S.Paul

Morreu neste domingo (21), em São Paulo, aos 92 anos, Laura Maria (Laurita) Lara Mesquita. Nascida em 16 de maio de 1926, Laurita era filha de Lauro Sampaio Lara e Maria Sampaio Lara, já falecidos.

 O velório será no Hospital Israelita Albert Einstein, entre as 22h deste domingo e o meio-dia da segunda-feira, 22. O sepultamento ocorrerá no Cemitério da Consolação, na capital paulista.

São seus irmãos João de Toledo Lara, casado com Regina Holl Lara (falecidos), e Antonio Sampaio Lara, casado com Marilia Braga Lara. Foi casada com Ruy Mesquita (falecido).

 Deixa os filhos Ruy Mesquita Filho, casado com Denise Haddad; Fernão Lara Mesquita, casado com Roberta Eluf Mesquita; Rodrigo Lara Mesquita e João Lara Mesquita.

Deixa os netos Ana, casada com Gustavo Melgaço; Julia Affonso Ferreira Mesquita; Carlos do Val Mesquita, casado com Je Almeida Correa Mesquita ; Diogo Affonso Ferreira Mesquita; Luiza Affonso Ferreira Mesquita; Pedro Affonso Ferreira Mesquita; Martin Gamal Mesquita; Fernão Mesquita; Antonio Mesquita; Luis Queiroz Ferreira Mesquita; José Queiroz Mesquita; Caio Gomes Mesquita. Tinha Suzana do Val Mesquita como filha.

Continue lendo
Clique para comentar

OBITUÁRIO

Morre no Rio, aos 76 anos, o jornalista paraense e diretor de teatro José Carlos Gondim v

Publicado

em

O jornalista  paraense e diretor de teatro José Carlos Gondim, morreu na tarde desta quinta-feira (17), aos 76 anos, no Rio de Janeiro. Ele se encontrava internado desde o dia 19 de dezembro no Hospital Ronaldo Gazolla, no Rio de Janeiro, após passar por uma cirurgia no fêmur.

Segundo Luis Laguna, amigo próximo de Gomdim, a cirurgia foi um sucesso, mas o ator acabou enfrentando problemas drásticos durante a internação. Ele faleceu na tarde desta quinta-feira (17), com princípios de pneumonia. “Eu o encontrei hoje pela manhã quando ele estava desacordado, mas ainda estava vivo”, lamenta Luis.

Nas redes sociais, amigos das artes, familiares e jornalistas lamentaram a morte de José Carlos Gondim, conhecindo como “Gonda” por pessoas mais próximas a ele.

Em Belém, José Carlos passou pela TV Cultura e pela Rádio Cultura e foi coordenador de produção na Fundação de Telecomunicações do Pará (Funtelpa). No teatro, Gonda fez parte do grupo ‘Norte Teatro Escola do Pará’, no final da década de 50, que somava nomes como Maria Sylvia Nunes e Claudio Barradas.

Há dois anos, Gondim mudou-se para a cidade de Lumiar, interior de Nova Friburgo, Rio de Janeiro. Além de jornalista, Gondim também era professor de teatro e linguista. Também era amigo pessoal de grandes nomes da dramaturgia como Tonico Pereira e Tânia Alves.

No Rio de Janeiro, trabalhou por muitos anos na revista Cadernos do Terceiro Mundo.

Continue lendo

OBITUÁRIO

Morre aos 95 anos um dos líderes da Revolução Cubana

Publicado

em

Conhecido como El Gallego, José Ramón Fernández Alvarez se juntou aos militares cubanos na década de 1940 e recebeu treinamento nos Estados Unidos; ele se juntou à oposição à ditadura de Fulgencio Batista nos anos 1950, mas foi capturado e preso em 1956, permanecendo atrás das grades até a revolução de Fidel Castro triunfar em 1959

Sputnik Brasil

José Ramón Fernández Alvarez, que comandou as forças cubanas sob a liderança de Fidel Castro na Baía dos Porcos, repelindo uma invasão exilada apoiada pelos Estados Unidos, morreu neste domingo aos 95 anos.

Fernández faleceu nas primeiras horas da manhã, informou a mídia estatal cubana, mas, como é costume em Cuba, nenhuma informação foi dada sobre a causa da morte. Ele teria estado em más condições de saúde nos últimos anos e foi hospitalizado há vários meses.

Conhecido por todos como “El Gallego”, Fernández será cremado de acordo com seu próprio testamento e, posteriormente, os funerais serão realizados, disse o jornal oficial Granma.

Fernández se juntou aos militares cubanos na década de 1940 e recebeu treinamento nos Estados Unidos. Ele se juntou à oposição à ditadura de Fulgencio Batista nos anos 1950, mas foi capturado e preso em 1956. Ele permaneceu atrás das grades até a revolução de Castro triunfar em 1959.

Ele foi uma das figuras-chave na recuperação de Paya Girón, em 1961, após um desembarque de cubanos anti-Castro com apoio e treinamento dos Estados Unidos. O triunfo dos rebeldes consolidou a revolução.

Fernandez foi logo encarregado de treinar a milícia civil do país devido ao seu passado militar. Foi nomeado comandante em 1961 e general da brigada da reserva em 1966.

Fidel Castro e seu irmão mais novo, Raúl, consideravam Fernández um homem em quem podiam confiar e ele serviu ao longo das décadas em vários cargos militares, governamentais e do Partido Comunista, incluindo conselheiro do presidente, ministro da Educação e presidente do Comitê Olímpico

Continue lendo

OBITUÁRIO

Corpo do ex-governador de Roraima deve ser enterrado hoje

Publicado

em

O ex-governador de Roraima, Anchieta Júnior - France Telles/Secom RR

Agência Brasil  

Brasília – O ex-governador de Roraima José de Anchieta Júnior (PSDB), 53 anos, será velado em Boa Vista (Roraima) e provavelmente sepultado hoje (7), no Ceará. Os detalhes estão sendo definidos pela família. Ele morreu ontem (6) à noite, vítima de um infarto fulminante. Anchieta passou mal, foi levado às pressas ao hospital, mas chegou sem vida.

Em 2006, Anchieta Júnior foi eleito vice-governador do estado de Roraima na chapa de Ottomar Pinto, pelo PSDB, para o mandato de 2007 a 2011. Com a morte do governador Ottomar Pinto, assumiu o governo do estado em 11 de dezembro de 2007. Reeleito em 2010, renunciou ao cargo de governador em 2014 para ser candidato ao Senado, perdendo as eleições.

Nas eleições de 2018, entrou na disputa pela chefia do governo de Roraima, tendo como vice o empresário Abel Mesquita (Abel Galinha), mas perdeu as eleições. De Jaguaribe (CE), era formado em engenharia civil pela Universidade Federal do Ceará. Chegou a Boa Vista, Roraima, em 1991, onde exerceu atividades de secretário de estado da Infraestrutura, presidente do Conselho Rodoviário Estadual. Gestor do Comitê para Assuntos Fronteiriços.

Reações

Em nota, a governadora de Roraima, Suely Campos, manifestou pesar e lamentou a morte de Anchieta Júnior. “Neste momento de perda e profunda dor, solidarizamo-nos à família, aos amigos e a todo o povo de Roraima, rogando a Deus que os conforte em sua infinita bondade.”

Ex-mulher de Anchieta Júnior e mãe de duas filhas dele, a deputada federal Shéridan (PSDB-RR), que está em viagem oficial ao Marrocos, gravou um vídeo, postado nas redes sociais, em que aparece emocionada.  Nele, a parlamentar diz que está apressando o retorno ao Brasil e que não tem palavras para descrever a dor.

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaques