Conecte-se Conosco

Esportes

Equipe profissional e sub-20 disputam jogo-treino

Publicado

em

Imagem: Fernando Torres

A equipe de futebol profissional do Paysandu Sport Club realizou, na tarde desta quinta-feira (9), seu primeiro treino com bola em preparação para a partida contra o Londrina-PR, pela Série B 2018. Na movimentação de hoje, os jogadores que enfrentaram a Ponte Preta-SP fizeram apenas um trabalho de recuperação muscular, enquanto os demais participaram de um jogo-treino contra o sub-20 bicolor.

O time principal formou com Gabriel; Maicon Silva, Guilherme Teixeira, Perema e Fernando Timbó; Jonathan, Lucas Geovani, Guilherme Santos e Alan Calbergue; Mike e Lúcio Flávio.

O coletivo foi divido em dois tempos de 35 minutos. Na primeira etapa, aos 25 minutos, o meia Alan Calbergue acerta um belo chute no ângulo, para abrir o placar. Aos 32, após cobrança de escanteio, o zagueiro Fernando Timbó cabeceou para ampliar.

Na segunda etapa, o técnico Guilherme Alves fez algumas alterações, com as entradas de Magno, Moisés, Willyam e Cáceres no lugar de Lúcio Flávio, Alan Calbergue, Lucas Geovane e Maicon Silva, respectivamente.

O segundo tempo foi mais equilibrado, com as duas equipes demonstrando forte marcação no meio campo. Aos 30 minutos, em um chute cruzado, Cáceres ampliou. O placar terminou em 3 a 0 para a equipe profissional.

O atacante Hugo Almeida ficou de fora da movimentação, por ainda estar aprimorar a parte física. Já o lateral-esquerdo Mateus Müller segue em tratamento no Núcleo de Fisioterapia do clube.

O Papão realiza mais um treinamento na tarde desta sexta-feira (10), no campo do Kaza, em Ananindeua.

Texto: Fernando Torres
Fonte: Paysandu

Esportes

Arsenal perde após 22 jogos, Chelsea faz o dever de casa

Publicado

em

Foto: Reprodução

A sequência de 22 jogos sem derrota do Arsenal (5º) chegou ao fim ao perder por 3 a 2 fora de casa para o Southampton (17º), enquanto o Chelsea (4º) fez o dever de casa neste domingo ao vencer por 2 a 1 o Brighton (13º), pelo Campeonato Inglês.

A enorme invencibilidade dos comandados do técnico espanhol Unai Emery levava em consideração todos as competições e terminou diante de um adversário teoricamente modesto e que aproveitou o grande triunfo para sair da zona de rebaixamento da Premier League.

Danny Ings deixou o Southampton duas vezes na frente do placar (20 e 44 minutos), mas o Arsenal conseguir empatar com o armênio Henrikh Mkhitaryan (28, 53). No fim do jogo, os Saints foram buscar a vitória e alcançaram o objetivo com Charlie Austin (85).

O Arsenal se mantém com 34 pontos na 5ª colocação, a dez do líder provisório, o Manchester City, e com oito pontos de vantagem sobre o Manchester United (6º).

Quem cumpriu com suas obrigações neste domingo foi o Chelsea. O espanhol Pedro (17) e astro belga Eden Hazard (33) colocaram os Blues em vantagem no primeiro tempo, enquanto o inglês Solly March (66) diminuiu o prejuízo para o Brighton, que não conseguiu buscar o empate.

Com a vitória, o Chelsea se mantém na 4ª colocação com 37 pontos e segue no exigente ritmo imposto por City, Liverpool (2º) e Tottenham (3º).

Na última partida deste domingo, o Liverpool tentará recuperar a liderança da Premier League contra o arquirrival Manchester United em Anfield e somente uma vitória devolveria aos Reds a primeira colocação.

Fonte: AFP

Continue lendo

Esportes

Brasil fecha Mundial de Piscina Curta com 3 bronzes no último dia de competições

Publicado

em

Foto: Reprodução

O Brasil conquistou três medalhas de bronze mo último dia de competições do Mundial de Natação em Piscina Curta (25 metros), realizado em Hangzhou, na China. Daiene Dias, nos 100 metros borboleta, Felipe Lima, nos 100 metros peito, e Etiene Medeiros, nos 50 metros livre, subiram ao pódio neste domingo.

Nos 100 metros borboleta, Daiene Dias conquistou a medalha de bronze na prova, com o tempo de 56s31, a melhor marca dela na carreira. “Que sonho, não acreditei, foram três vezes nadando meu melhor nessa competição. Só tenho a agradecer. Passa muita coisa pela cabeça. Só tenho gratidão, pela minha família e meu treinador”, disse a nadadora, emocionada, em entrevista ao SporTV. A brasileira só foi superada pelas norte-americanas Kelsi Worrell Dahlia (55s01) e Kendyl Stewart (56s22).

O segundo bronze do dia para o Brasil foi conquistado por Felipe Lima, nos 100 metros peito, com o tempo de 25s80, só 39 centésimos mais lento do que o sul-africano Cameron van der Burgh e três centésimos do que o bielo-russo Ilya Shymanovich. João Gomes Júnior terminou a prova com o tempo de 26s02, em sexto lugar.

Etiene Medeiros ficou em terceiro lugar nos 50 metros livre, com o tempo de 23s76. A brasileira, que quebrou o recorde sul-americano da prova, foi superada apenas pelas holandesas Ranomi Kromowidjojo (23s19) e Femke Heemskerk (23s67). “Foi uma prova muito disputada, muito forte. Quando cheguei e vi o que aconteceu. Foi incrível. Depois de tudo nessa semana. Só tenho a agradecer”, disse a nadadora.

A última chance de medalha do Brasil no dia foi na prova dos 4×100 metros medley, mas o Brasil ficou em quarto lugar. O conjunto formado por Guilherme Guido (costas), Felipe Lima (peito), Nicholas Santos (borboleta) e Breno Correia (livre) terminou a prova com o tempo de 3min22s00. Estados Unidos foi ouro (3min19s98), Rússia ficou com a prata (3min20s61) e Japão conquistou o bronze (3min21s07).

Na final mais equilibrada deste domingo, o norte-americano Dressel Caeleb conquistou a medalha de ouro em disputa decidida nas últimas braçadas. Segundo colocado, Vladimir Morozov perdeu perdeu a liderança nas últimas braçadas e terminou a prova apenas dois centésimos depois do vencedor. O bronze ficou com o sul-africano Chad Le Clos, com o tempo de 45s89.

Ao todo, o Brasil terminou o Mundial de Piscina Curta com oito medalhas, sendo duas de ouro, com Nicholas Santos nos 50 metros borboleta e com o revezamento masculino dos 4×200 livre, e seis bronzes. Neste sábado, a equipe brasileira conquistou terceiras colocações com Brandonn Almeida, nos 400 metros medley, e com os revezamentos masculinos dos 4×100 metros livre e 4×50 metros medley.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue lendo

Esportes

Confiante após vitória, técnico do Kashima diz: ‘Podemos vencer o Real Madrid’

Publicado

em

Foto: Reprodução

Depois de o Kashima Antlers vencer o Chivas Guadalajara por 3 a 2, de virada, neste sábado, em Al Ain, nos Emirados Árabes, e garantir classificação para a semifinal do Mundial de Clubes da Fifa, o técnico do time japonês, Go Oiwa, exibiu confiança ao projetar o duelo diante do Real Madrid, na próxima quarta-feira, às 14h30 (de Brasília)

O treinador acredita que a sua equipe pode surpreender os atuais tricampeões europeus e avançar à decisão da competição. “O Real Madrid é o Real Madrid. Eles são fortes. Mas somos fortes e agressivos. Sim, nós podemos vencer o Real Madrid”, disse o comandante, quando questionado em entrevista coletiva sobre a possibilidade de chegar à final.

Em 2016, o time japonês jogou a final do Mundial justamente contra o Real Madrid, em Yokohama. Na ocasião, o Kashima deu trabalho ao time espanhol, mas foi derrotado por 4 a 2 na partida em que Cristiano Ronaldo, hoje astro da Juventus, marcou três gols.

“Essa experiência nos serviu para os torneios que vieram depois. O de 2016 foi um torneio que teve um grande impacto, poderíamos ter vencido contra o Real Madrid, foi decepcionante, mas agora temos uma nova oportunidade, teremos que jogar contra o Real Madrid com a agressividade e força com que jogamos hoje contra o Guadalajara”, ressaltou Oiwa.

Quem também não escondeu o otimismo sobre a possibilidade de vencer o Real foi o meio-campista Shoma Doi, titular do time japonês. “O Real Madrid é um gigante do futebol, é um clube incrível. Suas conquistas no passado mostram o quão grande é o clube… Estamos muito felizes em jogar contra eles novamente. Queremos surpreendê-los e estaremos no nosso melhor”, disse Shoma em entrevista ao site da Fifa após o duelo deste sábado.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue lendo

Destaques