Conecte-se Conosco

CARNAVAL 2019

Escolas de samba do 1º grupo apresentam seus enredos à comissão julgadora

Publicado

em

Seminário reuniu representantes das nove escolas de samba do primeiro grupo.

Na sexta-feira passada(8), a  Fundação Cultural de Belém (Fumbel) reuniu os representantes das escolas de samba do Carnaval de Belém, do 1º grupo, para a apresentação dos seus enredos ao corpo de jurados. Nove agremiações compõem o grupo especial. São elas: Embaixada do Império Pedreirense; A Grande Família; Deixa Falar; Bole-Bole; Rancho Não Posso me Amofiná; Piratas da Batucada; Quem São Eles; Matinha e Xodó da Nêga.

A programação encerrou a série de apresentações dos enredos das agremiações que compõem o Carnaval de Belém, que vêm ocorrendo desde o dia 5 de fevereiro. De acordo com a presidente da comissão de seleção e coordenação de jurados do Carnaval 2019, Janice Lima, o intuito da ação é detalhar o enredo para os jurados, por meio de um representante de cada escola. “Este seminário foi dividido por categorias e locais, onde cada escola teve dez minutos para apresentar enredo, sinopse e planta baixa e em seguida tocar um trecho do samba-enredo. Na sequência, os jurados puderam tirar suas dúvidas”, explicou.

No dia das apresentações, 22 e 23 de fevereiro, os jurados avaliarão se os enredos estarão de acordo com o que foi apresentado na reunião desta sexta. A comissão julgadora é formada por 30 jurados, que avaliam dez quesitos.
“Este momento foi muito importante para os jurados, porque eles ganham este material para estudar, para que lá na avenida façam um bom julgamento, já que eles conseguem ouvir a proposta de cada escola”, ressaltou Janice.
O carnavalesco Cláudio Rego, do Império Pedreirense, disse que a apresentação proporcionou um momento de elucidação. “A gente esclarece o nosso pensamento, a forma que a gente vê esse desfile de arte. Aqui detalhamos resumidamente o enredo, para os jurados entenderem a nossa proposta para o carnaval. Como o desfile é um momento muito célere, pode passar algo e esta foi a chance de tirarmos as dúvidas deles (jurados)”, afirmou.

Continue lendo
Clique para comentar

CARNAVAL 2019

Com homenagem a Marielle Franco, Mangueira vence carnaval do Rio

Publicado

em

Escola foi a sexta a se apresentar na segunda noite de desfiles e emocionou o público da Marquês de Sapucaí

RIO – Com homenagem à vereadora Marielle F/ranco, a Estação Primeira de Mangueira venceu o carnaval do Rio de 2019. A leitura das notas das escolas de samba foi realizada nesta Quarta-feira de Cinzas  (6) na Marquês de Sapucaí,sob clima de comemoração entre diretores da agremiação e torcedores na quadra da escola. A Mangueira liderou a apuração desde o primeiro quesito e conquistou neste ano seu vigésimo título.

Sexta escola a se apresentar na segunda noite de desfiles, já ao amanhecer de terça-feira (b) a verde e rosa se equiparou a outras em fantasias e alegorias, mas arrebatou a plateia com uma comovente homenagem a Marielle Franco (PSOL), assassinada em março de 2018 no centro do Rio. A parlamentar era citada nominalmente no samba, o mais cantado deste carnaval.

Mangueira é sexta e penúltima escola a desfilar no carnaval do Rio de Janeiro Escola Mangueira desfilando na avenida  Foto: Fabio Motta/Estadão

Entre as pessoas que empunharam bandeiras figuram o deputado federal Marcelo Freixo e o vereador Tarcísio Motta, ambos do PSOLMônica Benício, viúva de Marielle, também desfilou, mas apenas com uma camisa que homenageava a parlamentar.

Outra menção a Marielle era feita na comissão de frente, que virava a história oficial pelo avesso: figuras históricas tradicionalmente reconhecidas, representadas como anões, eram substituídas por índios e negros. Na encenação, as novas personalidades erguiam uma menina que, representando Marielle, empunhava uma faixa onde se lia “presente”. O coro de “Marielle: presente” é uma forma frequente de homenagear a vereadora morta.

Mangueira emociona com homenagem a Marielle FrancoMangueira emociona com homenagem a Marielle Franco.  Foto: Fábio Motta/Estadão

Escolas rebaixadas

As escolas Imperatriz Leopoldinense e Império Serrano foram rebaixadas. Elas obtiveram 266,6 pontos e 263,8, respectivamente. A Império Serrano, que desfilou ao som do enredo “o que é, o que é”, do compositor Gonzaguinha, desagradou os jurados.

Veja abaixo a classificação final das escolas de samba

1º: Mangueira

2º: Viradouro

3º: Vila Isabel

4º: Portela

5º Salgueiro

6º: Mocidade

7º: Unidos da Tijuca

8º: Paraíso do Tuiuti

9º: Grande Rio

10º: União da Ilha

11º: Beija-Flor

12º: São Clemente

13º: Imperatriz Leopoldinense

14º: Império Serrano

Apuração

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) divulgou no início da tarde desta quarta a ordem da leitura das notas. Primeiro foram abertos os envelopes do quesito evolução. Em seguida foram lidas, nesta ordem, as notas relativas à harmonia, mestre-sala e porta-bandeira, alegorias e adereços, comissão de frente, samba enredo, enredo, bateria e  fantasias.  A pior nota de cada escola é descartada.


Atriz Viviane Araújo desfila pela Mancha Verde no sambódromo — Foto: Fabio Tito/G1

Atriz Viviane Araújo desfila pela Mancha Verde no sambódromo — Foto: Fabio Tito/G1

A Mancha Verde é a grande campeã do carnaval 2019 de São Paulo. É o primeiro título da escola. Vai-Vai e Acadêmicos do Tucuruvi foram rebaixadas.

Mancha Verde ganha primeiro título no Grupo Especial do carnaval de SP
 Mancha Verde ganha primeiro título no Grupo Especial do carnaval de SPMancha Verde ganha primeiro título no Grupo Especial do carnaval de SP

A escola levou o troféu com desfile sobre a princesa africana Aqualtune, avó de Zumbi dos Palmares, e discutiu escravidão, direitos de negros e mulheres e intolerância religiosa na avenida.

Integrantes da Mancha Verde comemoram títutlo de campeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo — Foto: Celso Tavares/G1Integrantes da Mancha Verde comemoram títutlo de campeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo — Foto: Celso Tavares/G1

Integrantes da Mancha Verde comemoram títutlo de campeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo — Foto: Celso Tavares/G1

 

Mancha Verde com a taça de campeã do carnaval de São Paulo 2019 — Foto: Paula Paiva/G1

Mancha Verde com a taça de campeã do carnaval de São Paulo 2019 — Foto: Paula Paiva

Mancha Verde vence em SP com enredo sobre guerreira africana

Continue lendo

CARNAVAL 2019

Prefeitura de Belém leva programação de Carnaval a Icoaraci

Publicado

em

Com muita disposição, o aposentado Daniel Teixeira, 85, deu um show na avenida do samba.

A sirene tocou com o sinal do início das apresentações dos blocos carnavalescos e escolas de samba dos distritos de Belém. Nesta sexta-feira ( 1), Icoaraci foi o primeiro a receber a programação do Carnaval Oficial de Belém, organizado pela Prefeitura Municipal. Em Icoaraci, o evento foi promovido pela Agência Distrital (Adic) e Fundação Cultural do Município (Fumbel). Milhares de famílias da Vila Sorriso prestigiaram os desfiles durante a noite, que teve a participação das escolas Boêmio da Vila, Unidos da Baixada e Canal 19, além dos blocos Unidos do Paracuri, Tradição da Vila, Gaviões da Vila, Vila Izabel, Unidos da São Roque e Mocidade Independente.

De acordo com a organização da programação, aproximadamente 7 mil pessoas participaram dos desfiles. “Não foi fácil, mas com muito esforço, trabalho e compromisso com os moradores de Icoaraci, a Prefeitura de Belém está proporcionando um lindo festejo cultural para nossa população”, destacou Edson Silva, Agente Distrital de Icoaraci.

Com vista privilegiada, a família Ripardo acompanhou toda a programação de camarote. Há mais de 30 anos, dona Grasiela Ripardo, assiste aos desfiles e se diverte. “Nossa família é movida por alegria e diversão. Aqui em casa, meu filhos, netos, bisnetos e amigos, prestigiamos os carnavais. E por mais de 30 anos ficamos sorrindo e cantando os enredos dos blocos e escolas de samba”, disse a aposentada. A pedagoga Elana Ripardo, 22, acompanha o Carnaval há quatro anos e para ela, a cada nova edição, é uma emoção diferente. “Sempre nos reunimos aqui em frente de casa. Percebemos que os carnavais estão ficando cada vez mais organizados e seguros. Sem dúvidas, esse é o melhor Carnaval que Icoaraci já recebeu”, disse.

Com muita disposição, o aposentado Daniel Teixeira, 85, deu um show na avenida do samba. “Tudo isso é muito importante para mim. Desde muito jovem participo do Carnaval de Icoaraci. Estar na avenida, desfilando, é motivo de orgulho”, disse o folião do Unidos da Baixada.

Para garantir a tranquilidade dos foliões, a Defesa Civil esteve presente durante toda a noite. Cristine Oliveira, uma das voluntárias do órgão, comentou sobre o trabalho. “Há dois anos que participo da Defesa Civil, e sinto um prazer enorme em poder ajudar as pessoas e, mais importante ainda, é poder realizar trabalhos preventivos”, disse.

Resguardando crianças e jovens, agentes de proteção da Vara da Infância e Juventude Distrital de Icoaraci em parceria com o Conselho Tutelar de Outeiro, fiscalizaram o evento.

Durante o percurso dos blocos e escolas de samba, duas estruturas de palco, um estande de atendimento médico e duas arquibancadas com capacidade para 600 pessoas, foram montadas pela Prefeitura de Belém. A Secretaria de Urbanismo (Seurb) instalou 20 projetores de iluminação na rua. Banheiros químicos também foram distribuídos pelo trajeto da programação, que teve entrada gratuita.

A equipe da Guarda Municipal também esteve no distrito com 50 agentes de segurança e quatro viaturas. Houve ainda o trabalho de agentes de trânsito da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB), Serviço de Atendimento Móvel (Samu), Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

“Nosso evento foi tranquilo e de paz. Não foi registrada nenhuma ocorrência de segurança ou saúde. Os blocos e escolas estão de parabéns por somarem com a Prefeitura neste grande festejo”, completou o titular da Adic, Edson Silva.

Talison Lima/Comus

Continue lendo

CARNAVAL 2019

Ilha do _Cotijuba também cai na folia, com dois mil brincantes

Publicado

em

De acordo com a organização da programação, aproximadamente 2 mil pessoas participaram dos desfiles organizados em novo endereço neste ano.

A paradisíaca ilha de Cotijuba, distante 45 minutos de barco da capital paraense, recebeu neste domingo(3), a programação do Carnaval da Prefeitura de Belém organizado pela Administração Regional do Outeiro (Arout). O evento gratuito levou muita diversão para milhares de moradores e turistas que acompanharam de perto o desfile de blocos alternativos. A calmaria, marcante da ilha, ficou de lado e a empolgação não deixou ninguém parado. Cerca de 2 mil pessoas prestigiaram o evento na Rua Magalhães Barata.

Buscando descanso e diversão, o morador do distrito de Icoaraci, Mauro Lima, 57, aproveitou a folia. “Eu e meus amigos desfilamos pela Escola Boêmios da Vila, em Icoaraci. Hoje viemos buscar tranquilidade e encontramos essa folia sem violência e muito alegre, então aproveitamos a oportunidade para mais diversão”, brincou Mauro Lima que desfilou no distrito de Icoaraci na última sexta-feira, 01, durante a programação da Prefeitura de Belém.

César Jardim, 71, também era só animação no Carnaval da Ilha ao lado da esposa Jamile Viana. “Sou morador da ilha e sempre aproveitamos as programações quem valorizam nossa terra chamada Cotijuba”, disse.

A pequena Maria Hellena Marques, de dois anos, era só alegria enquanto tocavam as marchinhas carnavalescas. A mãe, Thamires Marques, 40, observava a dança da filha que aproveitou a noite. “O Carnaval de Cotijuba é tudo de bom, sempre muito alegre, seguro e tranquilo. É o segundo ano que participo e está sendo maravilhoso”, contou.

 

Além de agitar a ilha, a programação movimenta a economia local. De acordo com Erica Pinheiro, 30, o evento atrai turistas de todo o Estado. “As ações culturais são muito importantes. Nossa dependência econômica é baseada na venda de comidas”, ressaltou.

De acordo com a organização da programação, aproximadamente 2 mil pessoas participaram dos desfiles organizados em novo endereço neste ano. “Tivemos uma nova experiência, o Carnaval que antes ocorria na rua Jarbas Passarinho, passou a ser realizado na Magalhães Barata, via pública que recebeu da Prefeitura de Belém, um trecho de 1 km da rua com bloquetes de concreto. Foi uma experiência nova e muito bem aceita pela população que aproveitou a folia na paz”, destacou Nildo Matos, diretor geral da Arout.

A equipe da Guarda Municipal também esteve em Cotijuba com quatro agentes de segurança e duas motocicletas. Houve ainda o trabalho de agentes de Polícia Militar.

Talison Lima/ Comus

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaques

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com