Conecte-se Conosco

AMAZÔNIA

Especialista identifica duas orquídeas na Amazônia que podem ser inéditas para a ciência

No Brasil existem cerca de 2,5 mil espécies de orquídeas; aproximadamente 410 delas podem ser encontradas no Amapá

Foto: Reprodução / Fonte: PORTAL AMAZÔNIA

Publicado

em

Coloridas, elas chamam atenção onde florescem. Duas espécies de orquídeas encontradas no Amapá estão na fase final do processo de reconhecimento científico. Elas foram identificadas pelo pesquisador biólogo Patrick Cantuária, que estuda esse tipo de flor desde 2013, através do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa).

Se aprovadas como inéditas, as espécies devem se chamar Dimerandra elsae (de cor violeta) e Encyclia aliceae (com tom amarelado); os nomes são homenagens à professora Elsa Silva, pioneira na educação indígena amapaense, e à botânica Alice Ramalho, que ajudou a fundar o Iepa e a montar o herbário do estado.

No Brasil existem cerca de 2,5 mil espécies de orquídeas; aproximadamente 410 delas podem ser encontradas no Amapá. Elas pertencem a uma das maiores famílias de plantas, por isso novas espécies são rotineiramente descobertas na natureza.

O pesquisador amapaense explica que contabilizou nesse período 16 novas espécies no estado: além das duas em fase final do reconhecimento, há 2 já catalogadas (como a Lepanthes Suelipinii, em março de 2019), e outras 12 têm indícios e são analisadas para serem apresentadas à comunidade científica.

“Essas duas espécies que estão sendo descritas foram encontradas no Amapá dentro no levantamento das espécies de orquídeas que nós realizamos no Iepa, a partir de 2013. Em torno de 16 espécies já foram coletadas e essas duas estão em processo final de descrição: finalizando o manuscrito para ser submetido a uma revista científica, para a validação do nome”, declarou Cantuária, que é doutor em Biodiversidade e Conservação Rede Bionorte.

Uma delas foi encontrada na área urbana de Macapá e outra no interior do estado. Para explicar como acontece a identificação de uma nova espécie, Cantuária recordou como foi descoberta a Dimerandra elsae, que pode ser a segunda espécie do gênero Dimerandra encontrada no Brasil.

“Para o mundo essa [planta do gênero Dimerandra] tem 8 espécies […]. A Dimerandra elsae é encontrada em três pontos do Amapá. Desde 2014 venho acompanhando a floração dessas espécies no estado. Reconheci uma grande diferença nas plantas e a gente conseguiu fazer a identificação”, detalhou.

Depois que forem reconhecidas cientificamente, as novas espécies vão integrar o livro de Orquídeas do Amapá, que está sendo montado.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual