Conecte-se Conosco

TECNOLOGIA

Facebook remove mais de 600 contas suspeitas de uso indevido da rede social

Foto: Reprodução

Publicado

em

O Facebook segue o expurgo de perfis falsos dentro da rede social e agora diz ter removido 652 usuários e páginas falsas da plataforma. O Twitter também entrou na guerra e suspendeu 284 contas. Esses perfis são suspeitos de serem vinculados a pessoas na Rússia e no Irã e de serem usados para distribuição de conteúdo político.

As contas faziam parte de uma rede que enganava outros usuários, segundo Mark Zuckerberg. “Banimos esse tipo de comportamento porque autenticidade importa. As pessoas precisam ser capazes de confiar nas conexões que fazem dentro do Facebook”, continuou o criador da rede social.

O Facebook foi alertado em julho pela empresa de segurança FireEye sobre a existência da rede de usuários falsos que usavam a plataforma para disseminar conteúdo político.

Com base na Rússia e no Irã, parte desses perfis faziam parte de um grupo chamado Liberty Front Press. Apesar de posar como uma organização de notícias, a Liberty Front Press hackeava contas do Facebook para espalhar malwares pela rede social, segundo o Facebook.

O Twitter, que também foi alertado do uso indevido da plataforma por esses grupos, afirmou ter removido 284 contas diferentes, sendo que a maioria delas tinha o Irã como país de origem.

Após a pressão sofrida devido ao caso da Cambridge Analytica, que coletava dados de usuários indevidamente, o Facebook reforçou o monitoramento de contas falsas na rede social. A empresa removeu contas no Brasil e nos Estados Unidos nas últimas semanas.

Fonte: Olhar Digital

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual