Conecte-se Conosco

Turismo

Feira da Produção Associada ao Turismo será nesta sexta-feira (7)

Publicado

em

Foto: Reprodução

Produtores rurais de 54 cidades que compõem os polos turísticos Belém e Amazônia Atlântica vão comercializar, nesta sexta-feira, 7, alimentos e sabores típicos do estado do Pará durante a Feira da Produção Associada ao Turismo. A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) realiza o evento das 8h às 13h, na sede da Setur Reduto (antiga Paratur). A entrada é franca.

Comidas típicas, produtos orgânicos e artesanato serão vendidos na feira, que terá ainda muita música e fotografia. O evento também conta com a presença de prestadores de serviços (hotéis, restaurantes) e agentes de viagens na venda de pacotes turísticos.

A proposta é fomentar o interesse de conhecer os municípios produtores que fazem parte da Rota Turística Belém Bragança. A rota baseia-se na história, na lembrança popular, afetiva e social do estado do Pará; e nos prédios históricos e monumentos que são testemunhas de uma parte rica, importante e fundamental para o desenvolvimento local. A rota percorre os 13 municípios (Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Santa Isabel do Pará, Castanhal, São Francisco do Pará, Igarapé Açu, Nova Timboteua, Peixe-Boi, Capanema, Tracuateua e Bragança), que faziam o antigo percurso da estrada de ferro Belém Bragança.

Nessa edição da Feira está confirmada a presença de mais de 30 produtores inseridos na cadeia produtiva associada ao turismo no Estado e prestadores de serviços. Dentre os produtos que chamam atenção do visitante, são encontrados preços acessíveis para hortifrutigranjeiros provenientes da agricultura familiar (caranguejo, camarão, filé de peixe, tucupi), artesanato (miriti, gravura em tecido), licores e cachaças, polpa de frutas, mel, própolis, andiroba e cosméticos da Amazônia.

Na seara gastronômica, o sabor de pratos típicos, queijos, iogurte natural, chocolate artesanal, açaí em doses, farinha gourmet, doces caseiros, entre outros produtos que fazem parte da economia criativa associada ao turismo. Há também a participação do município de Abaetetuba, que traz o miriti e a cachaça, representando o Polo Turístico Araguaia-Tocantins.

Música – Timbres, acordes e vozes da música de gêneros diversos fazem a trilha sonora da feira. Nas pick ups, o som do vinil marca presença com a seleção musical elaborada pela DJ Flávia Hunter.

Serviço

Feira da Produção Associada ao Turismo

Data: 07.12.2018 (sexta-feira)

Hora: das 8h às 13h

Local: Setur Reduto (antiga sede da Paratur), Tv. Praça Waldemar Henrique, S/N. Entrada franca.

Com a colaboração de José Augusto Pacheco

Israel Pegado/Agência Pará

Continue lendo
Clique para comentar

Turismo

Sanatrém: Quase R$ 13 milhões para obras de ampliação da orla

Publicado

em


Obras do Projeto Orla, em Santarém — Foto: Mauro Nayan/Prefeitura de SantarémObras do Projeto Orla, em Santarém — Foto: Mauro Nayan/Prefeitura de Santarém

Obras do Projeto Orla, em Santarém — Foto: Mauro Nayan/Prefeitura de Santarém

 Já estão na conta da Prefeitura de Santarém, Oeste do Pará, recursos na ordem de R$ 12.911.633,96, destinados a pagamento das obras de ampliação da Orla da cidade, que estão sendo executadas pela construtora Mello de Azevedo S/A. O recurso total do Ministério da Integração Regional para o projeto é de pouco mais de R$ 72 milhões, e começou a ser liberado ainda na gestão do ex-ministro Helder Barbalho (MDB).

O prefeito de Santarém, Nélio Aguiar (DEM), esteve em Brasília (DF) nesta semana e visitou o Ministério da Integração, onde agradeceu a liberação dos recursos que garantem à continuidade das obras, e visitou outros ministérios para reforçar o pedido por aporte financeiros para projetos importantes ao desenvolvimento do município, como: Hospital Materno-Infantil, ampliação do trecho urbano da BR-163, viaduto da Moaçará, construção do Centro de Convenções.

“Hoje nós temos o recurso em caixa, na conta da Prefeitura, e a obra está em andamento. Não tem risco de paralisação da obra por falta de recurso. Pelo contrário, nós estamos esperando a empresa executar pra gente fiscalizar o boletim de mediação, e aí sim, fazer o pagamento com o dinheiro que tem em caixa, de acordo com o avanço das obra”, declarou o prefeito Nélio Aguiar (DEM).

Projeto Orla

As obras tiveram início em 14 de dezembro de 2017. O valor total do investimento é de R$ 72.103.595,26. O projeto já está com 72% das obras concluídas, sendo que quase R$ 52 milhões já foram usados.

O projeto contempla a construção de um muro de contenção de 1.640m, que começa na travessa Augusto Montenegro e vai até o Bosque Vera Paz. A segunda etapa consta da instalação dos seis píeres, que estão sendo construídos em outro Estado, enquanto isso está sendo feita a instalação das estacas.

Já a terceira etapa, será a instalação de duas casas de bombas, uma em frente à Capitania, e outra próximo à travessa Dois de Junho, seguida da cravação das estacas e colocação do suporte flutuante.

 Sílvia Vieira, G1 Santarém 

Continue lendo

Turismo

DOU publica Chamada Pública para a abertura do Carnalter 2019 em Santarém

Publicado

em

O Diário Oficial da União (DOU) publicou na manhã desta sexta-feira (25) o chamamento público nº 1/2019-Semtur, que trata sobre a convocação de interessados em apresentar a Prefeitura Municipal de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, subsídios preliminares que possam servir de formatação do patrocínio oficial e execução do 1º Carnaval de Rua em Alter do Chão, com vista a eventual parceria com a iniciativa privada.

Das finalidades constantes no edital é que a iniciativa privada se responsabilize pela atração musical nacional, no palco a ser montado no Lago dos Botos (Praça do Çairé), além de estrutura de tendas e trio elétrico para a programação do Carnalter.

Das exigências para participar da concorrência estão:
 Podem participar Pessoas Físicas ou Jurídicas, nacionais, individualmente ou em consórcio, que cumulativamente:
a) preencham todos os requisitos contidos no chamamento;
b) apresentem até o dia 26 de fevereiro, conforme o preâmbulo, no endereço da secretaria, subsídios integrais ou parciais para a elaboração do Projeto, conforme as regras estabelecidas no edital que pode ser baixado no site da Prefeitura Municipal de Santarém. (Clique para baixar o edital).

Continue lendo

Turismo

Licitação para obra do Solar da Beira já tem data marcada

Publicado

em

Construído no século XIX no estilo neoclássico, o Solar é tombado nas três esferas e guarda muita história.

O importante e histórico prédio do Solar da Beira que integra o conjunto arquitetônico do Complexo do Ver-o-Peso passará por reforma depois de quase 20 anos desde a última intervenção desse tipo. Algumas das empresas que vão participar do processo licitatório para execução da reforma do prédio visitaram o espaço na manhã desta quinta-feira,17, para tirar as últimas dúvidas sobre o projeto e o certame.

 

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb), realizará no próximo dia 28 a licitação para execução da obra. “Essa visita é importante para as empresas que vão apresentar as propostas a serem analisadas. Se não houver recursos no processo ou outros atos que prolonguem a fase de análise, a previsão para inicio das obras é de 90 dias, após a seleção da vencedora”, avaliou o diretor de obras civis da Seurb, Reinaldo Leite.

Construído no século XIX no estilo neoclássico, o Solar é tombado nas três esferas e guarda muita história. Para os representantes das empresas que participaram da visita, o valor histórico do prédio conta muito para quem se dispôs a concorrer. “Esse lugar é um patrimônio da cidade. Seria uma honra poder reformá-lo e devolver para a população um prédio tão bonito como esse e que é um ícone no Ver-o-Peso”, avalia Acácio Antônio Gonçalves, da GM Engenharia. O proprietário da Link da Amazônia, concorda com o concorrente. “A questão histórica, o fato de ser um cartão postal e fazer parte do nosso maior ponto turístico pesou muito no nosso interesse em concorrer pela reforma”, destacou Luiz Carlos Moreira.

O valor da obra será de cerca de R$ 3 milhões e tem um prazo de execução de oito meses.

BRT Centenário

Nesta quinta-feira, a Seurb também realizou a primeira reunião com os envolvido no grupo de trabalho responsável pela elaboração do projeto do Bus Rapid Transit (BRT) Centenário. A empresa vencedora da concorrência para elaboração do projeto básico e executivo dessa nova etapa do BRT em Belém, a Prosul Engenharia e Construções Ltda., assinou contrato em dezembro com a Prefeitura de Belém.

“Hoje reunimos com a empresa e representantes da Secretaria de Meio Ambiente, Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana e Cinbesa para apresentar os envolvidos e começar a reunir informações e dados existentes para subsidiar o trabalho”, afirmou Brenda Araújo, engenheira da Seurb e responsável pela fiscalização do projeto.

O prazo para finalizar o trabalho será de 12 meses, para, então, ser providenciado o processo licitatório de contratação da empresa executora da obra, com previsão para iniciar em 2020. A nova etapa ligará a avenida Augusto Montenegro ao Centro de Belém, a partir do Terminal Tapanã, passando pela avenida Centenário, Júlio Cesar, Pedro Álvares Cabral, Senador Lemos e retornando ao ponto de origem. Futuramente, o BRT Centenário também se integrará ao BRT Centro, que já tem projeto executivo pronto e aguarda recursos para ser executado.

Jaqueline Ferreira/Cumus PMB

Continue lendo

Destaques