Conecte-se Conosco

PARÁ

Fluxo é grande na volta a Belém; Detran emitiu 963 autuações e registrou dois acidentes leves

Fonte/Foto: O Liberal

Publicado

em

A expectativa era de pico no fluxo entre ás 19 e 21 horas

A volta para Belém no segundo final de semana de julho estava com o trânsito fluindo tranquilamente, por volta das 18 horas do domingo, 12, com 40 veículos passando por minuto na Barreira do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Ananindeua. Às 17 horas, teve início a reversão de uma faixa da BR-316 fez com que a rodovia passasse a contar com quatro faixas no acesso à Região Metropolitana, aumentando a fluidez.

A perspectiva do diretor técnico e operacional do Detran, Bento Gouveia, era de que o tráfego na volta para casa atingisse o pico entre às 19 e 21 horas. O órgão emitiu 963 autuações de trânsito e registrou dois acidentes leves, entre a quinta-feira, 9, e às 18 horas do domingo, em todo o estado. Seis condutores foram presos por violar a Lei Seca.

O segundo final de semana da Operação Verão 2020, cuja fiscalização iniciou na última quinta-feira, demonstra que muitos belenenses perderam o medo da pandemia pela Covid-19 e partiram em direção aos balneários. “Os números do veraneio estão idênticos aos de 2019”, afirmou Gouveia. O movimento de saída e retorno a Belém no último final de semana foi cerca de 30% superior ao registrado no primeiro final de semana de julho, segundo ele. Porém, o fato das prefeituras de alguns municípios ainda não ter liberado a entrada de ônibus de turismo com banhistas, gerou reclamação diminuindo o público nas praias, informa o diretor.

Acidentes e autuações – Os dois acidentes registrados entre a quinta-feira e o domingo (até às 18 horas), não tiveram vítimas, mas somente danos materiais. Um deles ocorreu no domingo, na PA-444 que dá acesso a Salinópolis, e o outro, na última quinta-feira, na PA-391, que leva à Ilha de Mosqueiro. Já sobre as autuações feitas no mesmo período, em todo o estado, foram lideradas pelo excesso de velocidade nas vias, infração cometida por 300 condutores, ou seja, quase a metade do total contabilizado.

As outras infrações registradas foram por condução de motocicleta sem capacete, dirigir sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), transitar com o farol apagado nas rodovias e circular com o veículo com licenciamento anual em atraso. Dentre as 31 autuações de condutores por dirigir sob a influência de álcool, seis ficaram presos, sendo três em Salinópolis e três em Barcarena, conforme os dados repassados pelo Detran.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual