Conecte-se Conosco

Educação

Governador identifica irregularidades no almoxarifado da Seduc

Publicado

em

Mais de 2 mil extintores de incêndio, que foram adquiridos em 2015, foram encontrados estocados e já vencidos desde o primeiro trimestre de 2016. Foto: Marco Santos / Agência Pará

O governador do Pará, Helder Barbalho, encontrou várias irregularidades no almoxarifado e depósito da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em Belém, durante visita na manhã desta quinta-feira (10). Dentre as principais irregularidades, mais de dois mil extintores de incêndio, que foram adquiridos em 2015, foram encontrados estocados e já vencidos desde o primeiro trimestre de 2016. Helder encontrou ainda, centenas de cadeiras armazenadas de forma irregular e estão entre os bens públicos subaproveitados pela gestão anterior. Participaram da visita o vice-governador, Lúcio Vale, a deputada estadual  Nilse Pinheiro, o deputado estadual Nilton Neves e a titular da Seduc, Leila Freire.

Após a vistoria, técnicos da Seduc informaram ainda, que durante três anos mais 100 toneladas de feijão ficaram armazenados e estragaram.

Na ocasião, o governador Helder e a comitiva que o acompanhou, encontraram também, mais de 7 mil livros, incluindo material didático novos, referentes ao ano de 2004, Após a vistoria, técnicos da Seduc informaram ainda, que durante três anos mais 100 toneladas de feijão ficaram armazenados e estragaram.

“Isto tudo é lamentável, demonstra claramente o descaso e faz com que possamos ter clareza dos motivos da educação pública no Pará ter chegado na realidade que chegou. Hoje somos o segundo pior IDEB do Brasil. Isso é fruto da incapacidade de gerenciar e ter uma estratégia pedagógica e valorizar a educação”, disse.

Helder encontrou ainda, a existência de centenas de cadeiras sem condições de uso, que estavam abandonadas em uma das áreas externas do prédio. O Governador solicitou que a Seduc entrasse em contato com a escola Salesiana do Trabalho e com o Emaús, para averiguar a possibilidade de serem recuperadas. Os outros materiais encontrados também terão destino, como o material didático, que por meio de chamamento público, poderão chegar a comunidades ou até mesmo serem aproveitados pela rede estadual ou municipal de ensino.

Helder encontrou ainda centenas de cadeiras armazenadas de forma irregular e estão entre os bens públicos subaproveitados pela gestão anterior

A secretária de estado de Educação, Leila Freire, afirmou que há um plano para os primeiros 100 dias de trabalho, quando será feito um levantamento situacional das escolas. “Isso para que a gente tenha certeza de onde devemos iniciar, quais são as prioridades. A partir daí, teremos um plano a médio e longo prazo, sempre trabalhando a partir desse laudo e colocando aquelas que são as prioridades, que são as emergências”, afirmou.

Leila diz que é necessária uma unidade para atender serviços essenciais, como transporte e alimentação escolar. “Em alguns municípios o transporte é feito de forma unificada, partilhada com os municípios”, e completa afirmando que o objetivo é melhorar a capacidade de diálogo com os municípios, para que sejam tomadas algumas iniciativas em comum. “Município e Estado caminhando juntos, fazendo valer o preceito constitucional de cooperação entre os entes federados”, finalizou.

Prédio da Seduc tem 32 anos 

 A sede da Seduc ocupa uma área de 20.708 metros quadrados. Localizado na avenida Augusto Montenegro, em Belém, o prédio tem 32 anos de inauguração e, por isso, também está entre os prioritários para receber reforma e ampliação. O projeto inclui, um auditório para 400 lugares, um restaurante e área de descanso para os 1.370 servidores que atuam na sede da instituição. O estacionamento será ampliado, para abrigar 252 veículos.

A construção do prédio atual foi iniciada em 1981, com inauguração em maio de 1985, quando o governador era Alacid da Silva Nunes. Ao longo de quase quatro décadas, o edifício teve apenas uma pequena reforma e adaptações internas.

Com informações do  Governo do Estado do Pará

Continue lendo
Clique para comentar

Educação

Alunos do Cursinho Pré-Vestibular da PMB conquistam mais de 900 pontos na Redação do Enem

Publicado

em

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), só 55 candidatos tiraram a nota mil na prova de redação.

O Cursinho Pré-Vestibular de Belém celebrou nesta sexta-feira, 18, mais uma excelente notícia para a rede municipal de ensino, com o resultado da avaliação de 22 alunos da instituição que alcançaram mais de 900 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O resultado do Enem foi divulgado na manhã desta sexta.

Para o coordenador do Cursinho, Henderson Monteiro, também conhecido como professor Branco, ainda está sendo criado um ranking com informações completas com as notas dos estudantes. “Ainda estamos coletando mais notas, contatando os alunos um a um, uma vez que tratam-se de boletins individuais, e dependemos do retorno desses jovens para termos acesso as notas”, disse.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), só 55 candidatos tiraram a nota mil na prova de redação. Entre os que tiraram nota máxima há uma estudante paraense, moradora da capital, a estudante Eunice Costa.

Além do leve aumento no número de notas mil, o Enem 2018 teve uma grande queda no número de participantes tiveram a redação zerada. Segundo o Inep, “os principais motivos para nota zero no Enem 2018 foram: redações em branco (1,12%), fuga ao tema (0,77%) e cópia do texto motivador (0,36%)”. Em 2017, 5% dos participantes, o maior percentual, zerou a prova por fuga ao tema.

Cursinho – Durante o mês de novembro de 2018, o Cursinho Municipal realizou maratonas com preparação para a prova do Enem. As aulas ocorreram nas dependências do cursinho, na avenida Alcindo Cacela, e contou com a presença de cerca de 400 estudantes.

As aulas e resoluções de exercícios abordavam conteúdos de Linguagem, Códigos e suas tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias, assim como revisões das demais disciplinas exigidas no certame.

Ainda não é possível ter o quantitativo completo da lista com nomes e notas de todos os alunos do Cursinho Municipal. A lista completa estará disponível em breve no site www.belem.pa.gov.br/prevestibular

Confira alguns dos nomes de alunos e notas obtidas na redação:

1. Ellerson Oliveira L. Monteiro – 980 pontos;

2. Emily C. D. de Almeida – 960;

3. Arthur Henrique – 960;

4. Lívia Sousa – 960;

5. Manuella Teixeira – 940;

6. Mateus Itiro Otake – 960;

7. Jéssica Lobo – 960;

8. Lucas Mateus de Araújo Barros – 960;

9. Tallyson Nascimento – 960;

10. Juliana de Nazaré Lima de Sousa – 960;

11. Jéssica Samylle Sousa Reis – 940;

12. Larissa Maria Carneiro – 920;

13. Paula Emanuelly Pantoja – 920;

14. Ana Letícia Barros – 920;

15. Christian Miguel Silva – 920;

16. Vanessa Cruz Pinto – 920;

17. Gian Carlos Sousa – 920;

18. Jodson Pinheiro – 900;

19. Heitor Sena Trindade – 900;

20. Giselly Geovana da Silva Bastos – 900;

21. Adria Paranhos – 900;

22. Izabela Teixeira Pessoa – 920.

 

Karla Pereira/Comus PMB

Continue lendo

Educação

Inep divulga resultado do Enem

Publicado

em

Foto: Reprodução /Fonte: Agência Brasil

As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão disponíveis na internet, na Página do Participante  e no aplicativo oficial do Enem. Mais de 4,1 milhões de estudantes podem acessar o resultado individual em cada uma das provas: linguagens, ciências humanas, ciências da natureza, matemática e redação.

Para acessar os resultados individuais, é preciso usar a senha criada na hora da inscrição. Caso o participante não se lembre da senha, basta clicar no campo Esqueci minha senha. O estudante deverá, então, confirmar o e-mail cadastrado no sistema para receber uma senha temporária. Quem esqueceu a senha e também não tem acesso ao e-mail cadastrado tem a opção de informar novos contatos para receber a senha temporária.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgará no dia 18 de março o espelho da redação, ou seja, detalhes da correção dessa prova. Isso é feito após os processos seletivos dos programas federais. A correção tem função apenas pedagógica e não é possível interpor recurso.

A nota dos treineiros, aqueles que ainda não concluíram o ensino médio e fizeram a prova apenas para testar os conhecimentos, também será divulgada no dia 18 de março.

O Enem foi aplicado nos dias 4 e 11 de novembro de 2018. Desde o dia 14 de novembro, estão disponíveis as provas e os gabaritos oficiais. Também estão disponíveis vídeos com os enunciados e as opções de respostas da videoprova naLíngua Brasileira de Sinais (Libras).

O que fazer com as notas?

Com os resultados, os estudantes poderão concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

O primeiro processo que terá as inscrições abertas é o Sisu. Para participar é preciso fazer a inscrição online no período de 22 a 25 de janeiro. Os estudantes já podem consultar, na página do programa as vagas disponíveis. São mais de 235,4 mil, distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país. As inscrições para o ProUni poderão ser feitas de 22 a 25 de janeiro e, para o Fies, de 5 a 12 de fevereiro.Além dos programas nacionais, os estudantes podem usar as notas para cursar o ensino superior em Portugal. O Inep tem convênio com 37 instituições portuguesas. A lista está disponível na página da autarquia.  Segundo o Inep, atualmente mais de 1,2 mil brasileiros usaram o Enem para ingressar nessas instituições.

Continue lendo

Educação

Resultado do Enem será divulgado nesta sexta-feira às 10h

Publicado

em

V

Mariana Tokarnia /Agência Brasil

 Brasília –  Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 serão disponibilizados amanhã (18), às 10h. O horário foi confirmado há pouco pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

As notas individuais poderão ser acessadas pela Página do Participante ou pelo aplicativo Enem 2018. É preciso informar CPF e senha.

O Inep também divulgará os resultados gerais, com a proficiência média das quatro áreas de conhecimento e da redação, no portal da autarquia.

O Enem foi aplicado nos dias 4 e 11 de novembro de 2018. Desde o dia 14 de novembro, estão disponíveis as provas e os gabaritos oficiais.  Também estão disponíveis vídeos com os enunciados e as opções de respostas da videoprova em língua brasileira de sinais (Libras).

O Inep divulgará, no dia 18 de março, o espelho da redação, ou seja, detalhes da correção dessa prova. Isso é feito após os processos seletivos dos programas federais. A correção tem função apenas pedagógica e não é possível interpor recurso.

A nota dos treineiros, aqueles que ainda não concluíram o ensino médio e fizeram a prova apenas para testar os conhecimentos, também será divulgada no dia 18 de março.

Com o Enem, os estudantes poderão concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaques