Conecte-se Conosco

CIDADE

Jatene participa de solenidade pelo aniversário do Corpo Militar de Bombeiros do Pará

“Bombeiros superam seus instintos para salvar vidas e fazem dessa farda uma das mais honradas, não somente no Pará, mas em todo o mundo, disse o governador Simão Jatene

Publicado

em

 

A cerimônia foi finalizada com desfile da tropa com vários pelotões

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará completou nesta sexta-feira  (23), seu 136º aniversário. Uma solenidade no Quartel General da corporação, em Belém, marcou a data. A cerimônia contou com a presença do governador  Simão Jatene. “O trabalho silencioso e muitas vezes sem qualquer reconhecimento prestado pelos Bombeiros deve ser motivo de orgulho para todos nós, paraenses”, disse o governador à tropa.

Representantes de todas as forças de segurança do Estado, inclusive nacionais, estiveram na solenidade, que teve como ponto alto a entrega de medalhas de 10 e 20 anos aos membros da corporação, por bons serviços prestados, além da outorga da medalha de Defesa Civil para personalidades militares e civis.

A cerimônia contou com a presença do governador do Estado, Simão Jatene

O CBMPA se destaca entre outras corporações nacionais. É a quarta mais antiga do Brasil e a sexta com maior número de militares. Seu efetivo com mais de três mil bombeiros atua em 38 unidades operacionais espalhadas por 24 municípios. “Num estado de enormes proporções geográficas como é o Pará, muito nos orgulha desenvolver, centenariamente, um trabalho de qualidade”, disse o coronel Zanelli Nascimento, comandante do Corpo de Bombeiros.

“Bombeiros superam seus instintos para salvar vidas e fazem dessa farda uma das mais honradas, não somente no Pará, mas em todo o mundo, disse o governador Simão Jatene.

A solenidade pelos 136 anos do Corpo de Bombeiros ocorreu no Quartel General da corporação, em Belém

A cerimônia foi finalizada com desfile da tropa com os pelotões formados por militares combatentes, socorristas, guarda-vidas, a banda de música do CBM, os cadetes do curso de formação de oficiais, o Programa Escola da Vida e o desfile motorizado com viaturas de combate a incêndios, ambulâncias e motocicletas.

História – A história do Corpo de Bombeiros no Pará  começa em 1882, quando o Imperador D. Pedro II, preocupado com a grande quantidade de incêndios na então província, determinou ao Corpo de Bombeiros da corte que enviasse uma guarnição com equipamento para implantar o serviço de prevenção e combate a Incêndio no Grão-Pará.

Em 24 de novembro de 1882, o Doutor Justino Carneiro, presidente da Província, assinou o ato criando oficialmente a companhia de bombeiros, tendo como primeiro comandante o Capitão Antônio Veríssimo Ivo de Abreu. Nascia então a Corporação do Soldado do Fogo.

Mas foi no Governo do Intendente Antônio Lemos que o crescimento e aparelhamento do CBMPA ocorreram de forma grandiosa.  Com a nova Constituição Federal de 1988 e a Constituição Estadual de 1989, o Corpo de Bombeiros Militar do Pará, ganhou autonomia como corporação independente, tendo em seu artigo 200 as suas atribuições constitucionais voltadas à prestação de serviços á sociedade.

 

Por Luiz Carlos Santos/ Agência Pará

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual