Conecte-se Conosco

Sem categoria

Doxa/A Província: Helder Barbalho é líder até de rejeição; Marcio Miranda é o 2º na pesquisa para governador

Publicado

em

A nova pesquisa Doxa/A PROVÍNCIA DO PARÁ, concluída nesta sexta-feira (7), aponta que o candidato do MDB ao governo do Pará, Helder Barbalho, na liderança da corrida eleitoral. O segundo lugar, tanta na espontânea quanto na estimulada,   também continua com Márcio Miranda (DEM).

 

Outro destaque da pesquisa é o elevado número de eleitores que não sabe em que vai votar ou não quis responder. A pesquisa  foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE), sob o protocolo Nº PA-08758/2018, com o título de Contexto  Eleitoral no Estado do Pará. Foi realizada pelo Instituto Doxa, sob encomenda da Gravason/A PROVÍNCIA DO PARÁ  e apresenta  nível de confiança  de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95%. A margem de erro estimada é de 2,25% para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.  A  pesquisa se realizou no período de  02 de setembro a 6 do mesmo mês e foram entrevistados 1.896 eleitores, em todas as mesorregiões do Pará.

RESAULTADO

Na espontânea Helder Barbalho aparece com 25,2%, contra  13,5% de Márcio Miranda. Paulo Rocha (PT) tem 4.8% e Fernando Carneiro(Psol), 4%; Cleber Rabelo (PSTU) tem 1.0%, enquanto osoutros candidatos somados chegam a 5.0%. Segundo os dados, 16.2% dos eleitores votariam em branco ou anulariam o voto.

Na estimulada, Helder Barbalho vai para 39.2% e fica com 22.1%, seguido de Paulo Rocha (14.1%) e Fernando Carneiro (2.5%).  Brancos ou nulos caem para 10.6%.

 

LÌDER DE REJEIÇÃO

Com 21,8% Helder Barbalho é o candidato ao governo do estado que tem maior índice de rejeição, segundo esta pesquisa  que o Instituto Doxa e A PROVÍNCIA DO PARá estão divulgando  na noite desta sexta-feira (7). Helder Barbalho é  seguido por  Paulo Rocha (17.4%),  Fernando Carneiro (10.7%),  Márcio Miranda (10.2%) e Cleber Rabelo (7.7%), sendo que 15% dos eleitores ouvidos não soubera ou não quiseram responder.

 

SENADO FEDERAL

A corrida para o Senado Federal está bastante acirrada,mostra a pesquisa Doxa/ A Província do Pará. Estão  tecnicamenteempatados Jader Barbalho (MDB), com  11,9%; Mário Couto, do PP, com 11,5%; e Flexa Ribeiro (PSDB), com 10.3%.  Sideney Rosa (PSB), com 5.6%; Úrsula Vidal (Psol), com 5,2%, e Jarbas Vasconcelos (PV), com 5.1%, estão praticamente empatados. Os demais estão muito abaixo. Confira no gráfico, inclusive Wladimir Costa (Solidariedade) e Anivaldo Vale (PR). Wladimir, aliás, lidera a taxa de rejeição, com 18.4%, seguido de Jader Barbalho (15%). Entre os mais bem cotados, Mário Couto é o que tem a menor rejeição (4%). Flexa Ribeiro tem 6.0%. Só 11% não sabem ou não responderam a essa questão sobre rejeição de nome para o senado.

 

 

MUNDO

Confrontos na boliviana Cochabamba deixam 20 feridos

Publicado

em

Agência France-Presse/(foto: JORGE BERNAL/AFP)

Opositores seguem com protestos por toda a Bolívia por novas eleições presidenciais; manifestantes fecharam repartições públicas e bloqueiam estradas

Ao menos 20 pessoas ficaram feridas em confrontos nesta quarta-feira entre governistas e opositores na cidade de Cochabamba, no centro da Bolívia, em meio aos protestos contra a questionada reeleição do presidente Evo Morales, informou a Defensoria do Povo.
“Temos 20 pessoas feridas, muitas gravemente”, disse a defensora Nadia Cruz, acrescentando que a violência na cidade “atingiu um dos picos mais altos”.
Os dois grupos se enfrentaram com paus, pedras e rojões, e alguns estudantes utilizaram uma espécie de bazuca artesanal. 
O canal de TV Unitel mostrou estudantes com escudos de metal para se proteger dos objetos lançados.
Em meio aos confrontos, a sede da prefeitura da vizinha cidade de Vinto, controlada pelo governista  MAS, foi incendiada.
A prefeita de Vinto, Patricia Arce, foi humilhada publicamente pela multidão por transportar camponeses pró-Morales para confrontar os manifestantes.

Arce teve o cabelo cortado, foi pintada de rosa e obrigada a andar descalça por vários quarteirões em meios aos gritos de “assassina! assassina!”. A prefeita foi resgatada pela polícia horas depois.
No início da manhã, sindicatos de camponeses iniciaram uma marcha para restabelecer o tráfego em estradas bloqueadas há dias em Cochabamba por manifestantes opositores
“Evo, amigo, o povo está contigo”, gritavam os manifestantes pró-Morales quando foram confrontados por universitários opositores na Praça Bush e em outras zonas de Cochabamba.
Também ocorreram protestos nesta quarta-feira nas cidades de Santa Cruz (leste), Sucre (sudeste), Tarija (sul) e Potosí (oeste) contra a polêmica reeleição de Morales, no poder desde 2006.
Em quase todas estas cidades os opositores fecharam as repartições públicas e os escritórios das empresas estatais, como a Entel (telecomunicações), a YPFB (petroleira) e a BOA (aérea).
Os opositores exigem a realização de novas eleições e a renúncia de Evo Morales e de todas as autoridades eleitorais.
A Agência Nacional de Hidrocarbonetos advertiu para um possível desabastecimento de gasolina caso persistam os bloqueios de estrada.

Continue lendo

BRASIL GERAL

Celulares adiantam hora em dia de Enem mesmo sem horário de verão

Publicado

em

Foto: CB/D.A Press / Fonte: Correio Braziliense

Pela segunda vez em menos de um mês, o relógio de alguns telefones celulares adiantou automaticamente em uma hora neste domingo (3/11). A mudança aconteceu mesmo sem a adoção do horário de verão em 20119. 

A confusão repercutiu nas redes sociais. No Twitter, o assunto ficou em primeiro lugar nos Trending Topics nas primeiras horas da manhã. Vários usuários relataram que muita gente chegou com antecedência aos compromissos deste domingo.

A mudança no sistema de hora dos celulares acontece justamente no primeiro fim de semana de provas do Enem. O  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) publicou um comunicado reforçando que a prova acontece no horário de Brasília e que não há horário de verão neste ano.

O mesmo problema já havia sido registrado no fim de semana de 19 e 20 de outubro, data padrão da mudança. O Google havia publicado, na última sexta-feira, um anúncio oficial em que recomendava que usuários do sistema Android no Brasil alterassem as configurações automáticas de data e hora. A sugestão é que a desativação seja mantida até o dia 16 de fevereiro, quando o horário de verão chegaria ao fim, caso estivesse em vigor.

Confira o passo a passo para corrigir o erro:

Passo 1: Entre na internet e digite no Google “hora certa”;
Passo 2: Em Aplicativos, procure as “Configurações” e selecione a opção “Sistema”;
Passo 3: Dentro dessa tela clique em “Data e hora” e em seguida desmarque a opção “Data e hora automáticas”
Passo 4: Clique em “Definir data e hora” e atrase o relógio para o horário correto.

Horário de verão

O horário de verão foi criado em 1931 com o intuito de economizar energia, a partir do aproveitamento de luz solar no período mais quente do ano, e tem sido aplicado no país, sem interrupção, ao longo dos últimos 35 anos.

Normalmente, o horário de verão ocorre entre outubro e fevereiro, quando os relógios devem ser adiantados em uma hora. A suspensão do horário de verão este ano foi anunciada pela Presidência da República em abril deste ano. 


Continue lendo

ESPORTES

Brasil vence Angola e garante liderança do grupo A

Publicado

em

Fonte: Agência Brasil

Já classificado para as oitavas-de-final da Copa do Mundo de futebol sub-17, o Brasil derrotou Angola por 2 a 0 na sexta-feira, 1, e garantiu a primeira posição do grupo A da competição com 100% de aproveitamento. Na partida realizada no Estádio Olímpico de Goiânia o grande destaque foi o atacante Verón, que marcou um golaço.

O jogo 

A primeira boa chance de gol foi da Angola. O atacante David recebe na esquerda, se livra de um zagueiro e chuta com perigo para defesa do goleiro Matheus Donelli aos 12 minutos.

Com o passar do tempo o Brasil equilibra o jogo, e cria sua primeira boa chance aos 29 minutos, quando o meia Diego Rosa tem duas oportunidades claras de marcar, mas o goleiro Cambila aparece muito bem.

Aos 41 minutos é o atacante Talles Magno que cria oportunidade clara. Ele recebe na área e toca para Verón, que bate forte para fora.

Contudo, a chance mais cristalina do primeiro tempo foi de Angola. Aos 47 Afonso avançou pela direita e cruzou na medida para David, que escorou, com muito perigo, para fora.

Gol no segundo tempo

O segundo tempo começa com a mesma dinâmica da etapa inicial, com chances de lado a lado. A primeira oportunidade clara é do Brasil, com chute perigoso de Daniel Cabral aos 7 minutos que acaba indo para fora.

Dois minutos depois é Angola que chega com perigo. Maestro enfia a bola para Zito, que avança e chuta muito perto do gol defendido por Matheus Donelli.

Mas aos 22 minutos o Brasil finalmente conseguiu transformar suas chances em gol. Verón cobrou escanteio, o zagueiro Henri cabeceia e Talles Magno escora para abrir o marcador.

Com a vantagem no placar o Brasil passa a se posicionar no campo de ataque, tocando a bola em busca de uma oportunidade de fazer o segundo.

E a estratégia dá certo. Aos 31 minutos Verón domina na intermediária, avança sozinho deixando 4 adversários para trás e bate na saída do goleiro Cambila. Um golaço.

Com o 2 a 0 no marcador o Brasil passa a administrar o jogo e não corre maiores riscos para ficar com a vitória no final. Assim, a seleção garantiu 100% de aproveitamento na primeira fase e a primeira posição do grupo.

Próxima fase

A próxima partida do Brasil será realizada na quarta, 6, a partir das 20h (horário de Brasília), no Estádio do Bezerrão, que fica no Gama (DF). O jogo valerá pelas oitavas-de-final e o adversário ainda não está definido.

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital