Conecte-se Conosco

BRASIL GERAL

IBGE inicia contratações e Pará ganha primeiras vagas do censo com salário de R$ 4.200

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Blog Ze Dudu

Já está nas ruas o edital (veja aqui) para contratação temporária de analistas que vão atuar na realização do Censo 2020, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o maior evento estatístico do país realizado a cada dez anos. Das 400 primeiras vagas disponibilizadas para o recenseamento demográfico, oito vão ficar em Belém, sede operacional do IBGE no Pará.

Aqui no estado serão contratados um analista socioeconômico, um contador, um cientista social, três analistas de gestão e infraestrutura, um jornalista e um analista de métodos quantitativos. Para ocupar as funções, é necessário ter formação superior específica. A remuneração para os analistas do Censo 2020 é de R$ 4.200, com jornada de trabalho semanal de 40 horas.

O período de trabalho é de 12 meses, que podem ser prorrogados conforme necessidade do IBGE. Os contratados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, bem como a férias e 13º salário proporcionais.

As inscrições estarão abertas até o dia 23 de julho e podem ser feitas no site do Instituto Aocp. A taxa de inscrição é de R$ 64. A prova será aplicada no dia 1º de setembro, sendo 60 questões objetivas em língua portuguesa, conhecimentos específicos e raciocínio lógico, conforme descrito no edital. Os aprovados devem ser chamados a partir de 27 do mesmo mês.

8.000 vagas no Pará e até 2.600 de salário

O IBGE deve começar a realizar em agosto as seleções com maior volume de vagas para o Censo 2020. Conforme portaria ( veja aqui ) de 2 de maio publicada no Diário Oficial da União (DOU), serão contratados empregados para pelo menos dez funções, desde quatro supervisores de call center até 196 mil recenseadores. Os salários variam de R$ 1.100 para recenseadores (mais podem chegar a R$ 2.600 porque eles ganham por produção) até R$ 4 mil para coordenadores censitários.

A expectativa é de que, apenas para recenseador, o Pará tenha cerca de 8 mil vagas para disputa, tendo em vista que o número de vagas varia conforme o tamanho da população a ser recenseada. O Blog do Zé Dudu analisou as tendências demográficas do IBGE para o Pará e a projeção da população com data-base para 1º de julho de 2020. O instituto estima que, em 2020, o estado terá 8.690.745 habitantes.

O projeto básico do edital de concurso para recenseador já está pronto e todos os 144 municípios paraenses terão vagas. Belém deve contar com cerca de 1.400 oportunidades, enquanto Parauapebas poderá lotar aproximadamente 200 e Marabá, 250. A expectativa é que a população atual de Parauapebas seja atualmente cerca de 235 mil habitantes, considerando-se o número de eleitores atual (156,6 mil) — na simbiose entre as médias brasileira e paraense, o eleitorado representa algo em torno de 66,5% do total de habitantes. Já Marabá teria aproximadamente 270 mil habitantes, considerando-se seu atual eleitorado (180,8 mil).

Continue lendo
Clique para comentar

BRASIL GERAL

CNT: Número de acidentes nas rodovias federais cai em 2018

Publicado

em

Número de acidentes e mortes nas rodovias federais caiu entre 2017 e 2018 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O número de acidentes nas rodovias federais caiu pelo quinto ano consecutivo, foi o que apontou um levantamento elaborado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), lançado nesta quinta-feira (19). O número de mortes também caiu e registrou o menor número desde o início do chamado Painel CNT de Consultas Dinâmicas de Acidentes Rodoviários, que começou em 2007.

De acordo com os dados, foram 69.206 acidentes registrados em 2018, contra os 89.396 apresentados em 2017, o que resulta em uma redução de 22,6%. Quanto à análise pelo número de mortes, os dados também apresentaram uma queda, foram de 6.243, em 2017, para 5.269 em 2018, número que aparece como 15,6% menor no intervalo de um ano.

O levantamento indica que, pelo menos, 14 pessoas morreram por dia nas rodovias federais em 2018. Desde que a pesquisa começou a ser feita, foram registradas 88.749 mortes. Incluindo feridos, em média, ocorreram 82 acidentes com vítimas a cada 100 quilômetros de rodovia em 2018.

Os números, tanto de acidentes quanto de mortes, apresentam uma tendência de queda desde 2012. De 2014 para 2015, houve uma queda maior em relação aos anos anteriores. O mesmo fenômeno se repetiu entre 2017 e 2018, porém de forma menos acentuada.

Continue lendo

BRASIL GERAL

PF prende ‘Chiclete’ e mais um por esquema de hackers de Moro e Deltan

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Estadão Conteúdo

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira, 19, a segunda fase da Operação Spoofing, que investiga a invasão de celulares pelo menos mil pessoas, entre elas autoridades como o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Justiça Sérgio Moro e os procuradores da Operação Lava Jato, inclusive Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa. Foram presos o programador de computadores Thiago Martins, o “Chiclete”, e Luiz Molição.

“Chiclete” se encontrou com Walter Delgatti Neto, o Vermelho, em Brasília. Ele já esteve envolvido em um episódio de compra de uma Land Rover com Tulio Guerreiro, ex-jogador de futebol do Botafogo e do Corinthians – a transação não se concluiu.

Cerca de 30 policiais federais participaram das ações realizando ainda buscas em quatro imóveis ligados aos investigados. As ordens foram cumpridas em São Paulo, Sertãozinho (SP) e Brasília.

O programador já está detido numa carceragem da PF em Brasília e Molição, preso em Sertãozinho, deve ser transferido ainda nesta quinta-feira, de avião, para Brasília. Ainda não há previsão de quando os dois serão ouvidos.

A primeira etapa prendeu quatro investigados, entre eles Walter Delgatti Neto, o “Vermelho” que confessou o hackeamento e o repasse das informações para o portal The Intercept Brasil, que tem divulgado diálogos atribuídos a Moro e aos procuradores. O hacker disse que não cobrou contrapartidas financeiras para repassar os dados.

Além de “Vermelho”, descrito como líder do grupo, a primeira fase da operação prendeu no dia 23 de julho Gustavo Henrique Santos, o DJ de Araraquara, sua mulher, Suellen Priscila de Oliveira e Danilo Cristiano Marques.

A PF tem focado em desvendar se houve pagamento para a obtenção e compartilhamento de mensagens por parte dos hackers. No fim de agosto, novas medidas foram pedidas relacionadas à apuração de fraudes bancárias.

Continue lendo

BRASIL GERAL

Além de bolão, outra assessora do PT ganha prêmio da loteria

Publicado

em

Outra assessora do PT conquistou a quadra da Mega Sena Foto: Reprodução

Além do bolão vencedor de 49 funcionários do PT, outra assessora do partido também receberá prêmio da Mega Sena. Ela acertou a quadra, que é bem mais comum, e receberá um montante baixo.

A assessora trabalha no Senado Federal e levará para casa R$ 461, bem abaixo dos R$ 120 milhões do prêmio principal. Ela avisou sobre o acerto em um grupo de mensagens da legenda.

Segundo informações do jornal O Globo, os vencedores estudam financiar um novo bolão para outros colegas do partido. Eles querem separa R$ 1 mil do prêmio de cada um para investir em uma nova aposta, sábado. Cada um dos vencedores do prêmio principal ficará com R$ 2,4 milhões.

Continue lendo

Destaque