Conecte-se Conosco

TECNOLOGIA

iPhone 12 ganha 4 variantes e opções de cores em conceito

LetsGoDigitos/ SlashGear

Publicado

em

A linha iPhone 12 ganhou novas renderizações com supostas quatro variantes pelo Concept Creator, do YouTube, em parceria com o site LetsGoDigital. Logo, o vazamento corrobora outros rumores que indicam diversas dimensões de tela para a futura família. Com base nisso, esse conceito inclui três versões: uma básica e uma Pro de 6,1’’, Pro Max de 6,7’’ e uma mini de 5,4’’.

Esse último modelo, ainda sem nome, teria praticamente o mesmo design dos demais, por isso não pode ser confundido com oiPhone SE 2 ou iPhone 9 — que receberia o visual do iPhone 8. Confira o vídeo completo das renderizações:

Diferenças, cores e design

Assim como a linha de 2019, o número de câmeras deve diferenciar as variantes básicas das mais robustas. Logo, as versões iPhone 12 Pro e Pro Max teriam o conjunto maior, talvez com uma lente telefoto, como adicional.

Outro ponto a se destacar é o possível retorno do formato mais “quadradão” junto de uma construção de metal. Esse estilo reforça os rumores de que a Apple retomaria o design do iPhone 4 na geração de 2020.

(Fonte: LetsGoDigital/Reprodução)

Ainda se observa, que o iPhone 12 poderia ganhar novas opções de cores, neste caso, os tons preto, branco, verde e violeta. Vale lembrar que esse tipo de acabamento tem sido um pouco divergente entre os leakers.

Recentemente, por exemplo, o jornalista Max Weinbach compartilhou a possibilidade de a Apple acrescentar uma variante premium de cor azul marinho (Blue Navy) no lugar da atual verde (Midnight Green) em 2020.

Com base nessas informações, as chances de múltiplas cores surgirem nas versões mais caras da Maçã seriam baixas, pois haveria um custo ainda maior para sua produção.

TECNOLOGIA

Lady Gaga lança clipe gravado totalmente com iPhone 11 Pro; Veja

Publicado

em

Fonte: TechTudo Foto: Reproducao

Gravação contou com Filmic Pro e equipamentos de estabilização.

A cantora Lady Gaga filmou o clipe inteiro do novo single Stupid Love com o iPhone 11 Pro. As imagens foram gravadas com ajuda de acessórios profissionais para ampliar a capacidade das câmeras e ajudar na estabilização da imagem. Além disso, contou com um aplicativo profissional de edição. Gaga divulgou fotos e prévias do clipe pouco após a publicação da música em plataformas de áudio e vídeo. O vídeo foi lançado na madrugada desta sexta-feira (28). Pela manhã, o assunto iPhone chegou a ficar entre os mais populares do Twitter no Brasil.

A cantora revelou imagens de aproximadamente um minuto no YouTube. Baseado no vídeo, a Apple lançou um pequeno comercial para o próprio canal da marca na intenção de mostrar a qualidade do conjunto fotográfico do iPhone 11 Pro.

Além dos vídeos, Lady Gaga ainda divulgou alguns cliques no Instagram e no Twitter fazendo alusão à campanha da Apple “Shot on iPhone 11 Pro”, algo como “Clicado com iPhone 11 Pro” em português.

Apesar de o iPhone 11 Pro estar por trás da gravação, ele teve auxílio de alguns equipamentos. Nas imagens é possível observar três iPhones posicionados na horizontal junto de aparelhos que ampliam a capacidade dos sensores e estabilizadores de movimento. As gravações foram realizadas através do app Filmic Pro, que conta com um arsenal de recursos avançados para gravação de vídeo no celular, tanto em iOS quanto Android.

iPhone 11 Pro está em alta no Twitter por causa do novo clipe da Lady Gaga. Foi gravado com celular da Apple? Sim, com auxílio de alguns equipamentos profissionais: lentes ultra sofisticadas e um baita gimbal para estabilização.

Vale lembrar que esse não foi o primeiro trabalho da cantora com a Apple. Em 2019, Gaga realizou uma parceria oficial com a maçã para abrir formalmente o Apple Park com uma apresentação. A cantora Selena Gomez também lançou um videoclipe em outubro de 2019 feito na íntegra com o iPhone 11 Pro. Na ocasião, a empresa presidida por Tim Cook também divulgou um pequeno comercial com imagens do clipe.

O iPhone 11 Pro possui um conjunto triplo de câmeras com 12 MP, cada uma com um tipo de abertura (ultra wide, grande angular e teleobjetiva). Além dos aprimoramentos de imagens, o smartphone ainda grava vídeos em 4K com ferramentas de edição para torná-los mais sofisticados, como gravação em câmera lenta.

Continue lendo

TECNOLOGIA

Shazam para Android ganha integração com o Apple Music; Uber, Spotify e LastPass também ganham novidades

Publicado

em

Fonte: macmagazine Foto: Reproducao

E cá estamos nós de novo com as atualizações recentes da App Store — e do Google Play, também! Vamos dar uma olhada?

Shazam para Android

O serviço de identificação musical da Apple ganhou um recurso importante no Android: integração com o Apple Music. Atualmente, o Shazam no robozinho integrava-se somente ao Spotify, mas isso agora está devidamente corrigido.

Imagem: Android Police

Por ora, a integração do Shazam com o Apple Music ainda está em fase beta, mas a funcionalidade já é plena: caso você conecte sua conta na plataforma de streaming ao app, poderá ouvir músicas completas diretamente no Shazam, salvá-las na sua biblioteca e compartilhá-las mais facilmente com seus amigos.

A nova versão do Shazam para Android já está disponível no Google Play.

Uber


Enquanto isso, o ubíquo aplicativo de transportes continua adicionando recursos para tornar seu funcionamento mais simples. Em breve, o Uber tornará a tela de corridas mais intuitiva, dando destaque à previsão de quando seu carro chegará. Quando o motorista estiver próximo, o app dará destaque à foto dele e do carro, para que você não entre num carro errado por engano.

Uber

Além disso, o Uber dará dicas de como chegar ao ponto de encontro com o motorista caso você esteja em lugares com múltiplas saídas; quando estiver chegando ao seu destino, o aplicativo mostrará ainda dicas para um desembarque seguro.

Novidades do app Uber

O aplicativo adicionará, ainda, integração ao Google Tradutor na ferramenta de chat com o motorista; com isso, usuários estrangeiros poderão se comunicar com os motoristas facilmente, simplesmente tocando no botão “Traduzir” abaixo de cada mensagem.

As novidades serão disponibilizadas gradativamente nos aplicativos do Uber em todas as plataformas, nas próximas semanas.

Spotify


Por fim, o serviço de streaming anunciou novidades no seu aplicativo para iOS — novidades visuais, especificamente. O app ganhou um banho de loja e agora traz um design muito mais minimalista e apurado, com capas de álbuns ilustrando as playlists e uma nova fileira de funções, que torna muito mais fácil acessar ações como curtir uma música ou disponibilizá-la offline.

Também temos um novo botão de reprodução aleatória, que é consistente em todas as playlists, álbuns e páginas de artistas; basta tocar no botão para iniciar a reprodução aleatória em qualquer um desses locais. Você ainda terá, agora, a possibilidade de seguir artistas e curtir playlists inteiras.

As novidades para o Spotify no iOS já estão disponíveis na versão mais recente do aplicativo.

LastPass


Finalmente, a versão para iOS do gerenciador de senhas ganhou um Modo Escuro para chamar de seu. Em paralelo a isso, a interface clara também ganhou alguns retoques aqui e ali.

O LastPass pode seguir a configuração nativa do iOS 13, ou se o usuário preferir pode dirigir-se aos ajustes internos do app e escolher um estilo visual oposto ao do sistema.

Continue lendo

TECNOLOGIA

App espião e roubo de dados bancários crescem em 2019

Publicado

em

Veja quais foram as ameças mais comuns em 2019, segundo o relatório da Kaspersky — Foto: Pond5

O número de usuários de stalkerware, aplicativo para espionar namorado(a), aumentou de 40.386, em 2018, para 67.500 em 2019, segundo relatório publicado nesta terça-feira (25) pela empresa de segurança Kaspersky. A pesquisa analisou as ameaças cibernéticas que atacaram celulares em 2019, de acordo com dados fornecidos por usuários dos aplicativos da fabricante russa. Os números indicam duas tendências: o crescimento de espionagem sem consentimento por stalkerwares e de roubo de dados bancários por cavalos de Troia. Confira na lista a seguir as cinco principais ameaças de segurança a celulares em 2019 e saiba como se proteger delas.

O número de vítimas de aplicativos stalkerwares aumentou de 40.386, em 2018, para 67.500, em 2019. O software disponibiliza a terceiros dados pessoais de usuários, como mensagens e a localização do celular. Os aplicativos de rastreamento mais sofisticados podem coletar quase todos os arquivos do dispositivo atacado, como fotos, telefonemas, textos e registro de teclas.

Stalkerwares são proibidos no Google Play, contudo eles podem ser encontrados nos sites de desenvolvedores e em portais de procedência duvidosa, o que aumenta o risco de brechas de segurança e golpes. É preciso prestar atenção a sinais importantes, como uso excessivo de dados móveis e consumo demasiado de bateria, para descobrir se o seu celular está sendo espionado por alguém.

2. Novas formas de roubar dados bancários

Em 2019 foi detectado um novo método para interceptar dados bancários para aplicá-los em golpes financeiros. Até então, o roubo de informações de correntistas pelo celular acontecia por meio de transferências via mensagens SMS ou pela criação de páginas falsas de banco para obter os dados necessários. Contudo, o trojan bancário detectado pela Kaspersky em 2019 interceptava os dados bancários a partir da manipulação de aplicativos de Internet Banking.

O ataque é aplicado a partir do envio de uma notificação push no celular que seria supostamente do banco. O usuário acessa a aba para entrar no aplicativo e tem o smartphone infectado. O malware explora a ferramenta de acessibilidade para ter acesso total ao celular e movimentar o dinheiro da conta bancária de maneira remota. É importante acessar aplicativos bancários apenas por dados móveis para evitar vulnerabilidades de redes Wi-Fi, e instalar um antivírus no celular para proteger o sistema.

3. A detecção de trojans bancários diminuiu

Apesar da descoberta de um novo trojan bancário, o número de instalação de ameaças do tipo diminuiu. A queda se deve à campanha de distribuição do Trojan Asacub, que despencou em abril do ano passado. Os países com mais vítimas desse app malicioso foram Rússia, África do Sul, Austrália e Espanha.

4. Número de vítimas de adware se mantém

Embora a quantidade de vítimas de adware tenha se mantido em 2019 em relação ao ano anterior, o número de instalação da ameaça teve um aumento considerável de 440.098 para 764.265 detecções, em 2019. Essa é a ameaça mais comum e o grande número de vítimas acontece porque, como o app não costuma ter funcionalidades além de exibir anúncios, a vítima exclui a ameaça e o código malicioso é neutralizado do celular.

O Google tem tomado ações mais ofensivas sobre aplicativos do tipo adware. A empresa removeu, na última semana, quase 600 apps da loja do Android, que tinham mais de 4,5 bilhões de downloads, sob a suspeita de exibirem anúncios em excesso no celular de usuários. A publicidade considerada “disruptiva” pelo Google costuma afetar a usabilidade do smartphone e exibir pop-ups mesmo quando o app está fechado.

5. Aplicativos maliciosos se infiltram na Google Play Store

Criminosos se aproveitam da confiança de usuários na Play Store para infiltrar aplicativos maliciosos na loja e, assim, atingir um maior número de vítimas. O CamScanner é um caso de destaque de apps maliciosos: o programa apresentava uma biblioteca de publicidade com componente malicioso, apesar de cumprir a finalidade do app de escanear documentos com a câmera do celular. Apesar dos relatos, a instalação de aplicativos maliciosos pela Play Store diminuiu em 2019, quando comparada com 2018.

Contudo, vale tomar cuidado ao baixar aplicativos no celular. É possível reconhecer se o app em questão é seguro ou não com alguns pontos. Conferir a avaliação e comentários de usuários, ver a frequência de atualização, e pesquisar mais informações sobre a fabricante são algumas das dicas para se proteger na hora de baixar apps.

O que é ransomware: cinco dicas para se proteger

O que é ransomware: cinco dicas para se proteger

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital