Conecte-se Conosco

Esportes

João Brigatti garante: “O Paysandu não está rebaixado”. Veja a classificação,

Publicado

em

Spread the love

Apesar da má fase na Série B, Treinador acredita que o Papão não merecia sair derrotado diante do Fortaleza e afirma que jogo com o Coritiba, na Curuzu, será de “vida ou morte” contra a queda

Paysandu joga bem contra o Fortaleza mas deixa escapar o empate no finalzinho

 O Paysandu perdeu para o Fortaleza por 1 a 0 na noite destesábado (20), diante de mais de 50 mil pessoas no Estádio Castelão., em Fortaleza, Ceará.  O técnico João Brigatti valorizou a atuação do Papão, que teve momentos de segurança na partida, criou oportunidades de gol, mas teve a rede balançada aos 48 minutos do segundo tempo, um balde de água fria pra quem luta contra o rebaixamento na Série B do Brasileiro.

– Viemos jogar sabendo da necessidade da vitória. Enfrentamos o Fortaleza de igual para igual, criamos muitas chances, principalmente, no primeiro tempo, mas no segundo tempo também. Infelizmente essa situação de momento é complicada. O Paysandu tem jogado bem, proposto o jogo, não é covarde, mas valente. Não estamos conseguindo reverter a situação em que estamos no campeonato.

– Estivemos bem postados. O Thomaz e o Marco Júnior se perderam em uma saída de bola, o Fortaleza pegou, fez o contra-ataque e saiu com a vitória. Após o gol ainda criamos oportunidades de empatar a partida, o que seria um resultado mais justo.

Apesar da situação de risco, o Paysandu tem criado chances de sair com a vitória nas últimas partidas, porém, esbarra nas finalizações errôneas dos jogadores. Brigatti pede mais tranquilidade ao elenco pelos gols que podem definir o resultado a favor do time paraense

– No aspecto moral estamos tentando, vamos pra cima, propomos o jogo, mas parece que temos um medo de ser feliz, de fazer o gol. É ter mais tranquilidade nas oportunidades criadas como nas do jogo de hoje, que valem ouro. A gente tem insistido muito nos treinos de finalização e na hora final falta um capricho maior, acabamos não fazendo e dando moral para a equipe adversária.

O comandante Alviceleste garante que a equipe ainda reúne possibilidades de evitar um rebaixamento que a cada rodada vai se tornando iminente. Hoje os bicolores ocupam a 18ª colocação com 32 pontos, a três de deixar o Z4. Ele vê no jogo diante do Coritiba, no próximo sábado, na Curuzu, a oportunidade para o Papão iniciar um novo momento na Segundona.

 – O Paysandu não está rebaixado. Respeito a torcida do Paysandu e peço desculpa por esse momento. Não é fácil, estamos trabalhando muito no dia a dia, propomos os jogos. Falei na coletiva depois que enfrentamos o CRB que iríamos enfrentar o Fortaleza de igual para igual, aconteceu, mas infelizmente a vitória não saiu. Acredito que uma vitória contra o Coritiba nos dá uma grande possibilidade de sair dessa situação.

– Ainda não tem nada acabado. Esse jogo contra o Coritiba é de vida ou morte.

O Paysandu não vence há seis confrontos na Série B e João Brigatti disse que deixou o cargo à disposição da diretoria para qualquer decisão.

– A diretoria está dando total apoio, eles vieram até Fortaleza, conversaram com os atletas após o final da partida. Deixei eles à disposição, têm o direito de fazer o que quiserem. Vejo o Paysandu guerreiro e, por detalhes, não tem vencido as partidas.

Brasileiro – Série B – Classificação – 2018

TEMPORADA REGULAR J V E D GP GC SG PTS
1Fortaleza 32 18 6 8 45 28 +17 60
2Goiás 32 16 5 11 48 42 +6 53
3Avaí 32 14 10 8 43 28 +15 52
4CSA 32 14 9 9 41 33 +8 51
5Vila Nova-GO 32 13 12 7 32 23 +9 51
6Atlético-GO 32 13 9 10 46 45 +1 48
7Londrina 32 13 8 11 36 34 +2 47
8Ponte Preta 32 12 10 10 35 28 +7 46
9Guarani 32 12 9 11 39 35 +4 45
10Coritiba 32 11 12 9 35 34 +1 45
11Oeste 32 9 15 8 31 32 -1 42
12Figueirense 32 10 11 11 41 41 0 41
13Criciúma 32 10 11 11 32 35 -3 41
14São Bento 32 9 13 10 31 32 -1 40
15Brasil de Pelotas 32 9 10 13 27 32 -5 37
16CRB 32 8 11 13 24 32 -8 35
17Sampaio Corrêa 32 8 8 16 27 39 -12 32
18Paysandu 32 7 11 14 30 42 -12 32
19Juventude 32 6 14 12 25 36 -11 32
20Boa Esporte 32 7 8 17 25 42 -17 29

GLOSSÁRIO

  • J: Jogos
  • V: Vitórias
  • E: Empates
  • D: Derrotas
  • GP: Gols Pró
  • GC: Gols contra
  • SG: Saldo de Gols
  • PTS: Pontos

Continue lendo
Clique para comentar

Esportes

Felipe Melo faz golaço, Palmeiras vence o Flu e amplia vantagem na ponta

Publicado

em

Spread the love

O Palmeiras está um passo mais próximo de garantir o decacampeonato brasileiro. Nesta quarta-feira (14), o Verdão recebeu o Fluminense no Allianz Parque e nem o gramado prejudicado foi capaz de impedir a vitória palestrina por 3 a 0, com gols de Borja, Felipe Melo e Luan.

Com a vitória, o Alviverde subiu para os 70 pontos, oito a mais que Internacional e Flamengo, segundo e terceiro colocados e que jogam nesta quinta-feira contra contra América-MG e Santos, respectivamente. Já o Flu segue estacionado nos 41 pontos, a quatro da Chapecoense, primeiro time na zona de rebaixamento. A Chape joga amanhã, contra o Botafogo, em casa.

A Wtorre até tentou disfarçar as imperfeições do solo na Arena pintando o gramado de verde, mas o campo trocado após a série de shows musicais no Allianz Parque no último final de semana prejudicou demais o ritmo do duelo. Antes de a bola rolar, Cícero Souza e Fernando Prass caminharam de um gol outro, dando sinais de preocupação com as condições. E com a bola rolando, as duas equipes mostraram dificuldades para dominar passes simples que quicavam à frente de quem iria receber a bola.

 O Verdão, preocupado em propor o jogo, foi quem mais sofreu com o quesito. Apesar de chegar a quase 70% de posse de bola em alguns momentos no primeiro tempo, a equipe de Luiz Felipe Scolari mostrou muita dificuldade em criar jogadas de perigo.

Os lampejos de qualidade dos mandantes vieram quase todos de seu melhor jogador no ano: Dudu. O camisa 7, porém, foi caçado em campo e recebeu oito faltas apenas na etapa inicial, contra 9 de toda a equipe visitante.

Com Dudu marcado e sem Moisés, contundido, Lucas Lima foi o responsável pela armação de jogadas do Palestra, e Felipão fez com o camisa 20 o que sempre defende quando se se trata de seu meia: deu liberdade ao jogador. Assim, Lucas fez o que gosta em campo, caiu pelo lado esquerdo para buscar a bola no campo defensivo e forçou as subidas de Diogo Barbosa ao ataque. E foi assim que o Palmeiras abriu o placar.

Já aos 40 minutos, Diogo Barbosa recebeu pelo lado esquerdo driblou o primeiro marcador e ajeitou o corpo para fazer o cruzamento rasteiro. A bola desviou em Willian e sobrou para Borja empurrar para as redes. Ainda houve certa apreensão no estádio em meio à comemoração, já que os tricolores pediram toque de mão de Bigode e o árbitro Braulio da Silva Machado chegou a consultar seus auxiliares, mas confirmou o Palestra na frente.

Antes do intervalo os torcedores alviverdes comemoraram outro gol, mas de forma equivocada. Nos acréscimos, Bruno Henrique cobrou falta com muita categoria, a bola passou perto do ângulo e tocou a rede pelo lado de fora. Vários palmeirenses vibraram, antes de notarem o tiro de meta para o Flu.

Segundo tempo segue amarrado, mas Felipe Melo faz golaço e Palmeiras garante a vitória

Na etapa final, Felipão sacou Willian, cansado pelo segundo jogo seguido como titular após retornar de lesão, e colocou Gustavo Scarpa em campo. O Fluminense, como esperado, teve uma postura mais ofensiva e tentou assustar com levantamentos na área, mas a zaga palestrina impediu qualquer finalização com perigo.

O Palmeiras, no entanto, permitiu que o Fluminense equilibrasse a posse de bola e só assustou apenas em jogadas esporádicas. Dudu, Scarpa e Lucas Lima quase marcaram antes de o Tricolor conseguir contra-ataques em vantagem numérica, que fizeram Felipão fechar sua equipe: Lucas Lima saiu para a entrada de Felipe Melo. Ou talvez o pentacampeão mundial estivesse mesmo esperando que o Pitbull acertasse um chutaço no ângulo e resolvesse a partida.

Com apenas dois minutos em campo, aos 37, Felipe Melo pegou sobra na entrada da área e bateu de primeira, sem deixar a bola pingar, para acertar o ângulo de Julio César e anotar um golaço. Na comemoração, o volante atravessou todo o gramado vibrando e fez sua imitação de um Pitbull em frente à torcida organizada do Palmeiras.

Ainda houve tempo para, aos 44 minutos, Scarpa cruzar bola na área e Luan, sozinho no segundo poste, cabecear para as redes. O zagueiro também celebrou de forma diferente: com a bola embaixo da camisa, em homenagem à esposa grávida.

E assim o torcedor palmeirense riscou mais uma partida de seu calendário rumo ao decacampeonato brasileiro, esbanjando confiança com gritos de: “Dá-lhe dá-lhe dá-lhe Porco, seremos campeões”.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 0 FLUMINENSE

Local: Estádio Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 14 de novembro de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Helton Nunes (SC)
Público: 37.430 torcedores
Renda: R$ 2.480.931,96

Cartões amarelos: Thiago Santos, Lucas Lima, Gustavo Scarpa, Luan e Borja (PALMEIRAS); Paulo Ricardo, Digão, Richard e Kayke (FLUMINENSE)
Cartão vermelho: Jadson (dois amarelos) (FLUMINENSE)

GOLS
PALMEIRAS: Borja, aos 40 minutos do primeiro tempo; Felipe Melo, aos 37, e Luan, aos 44 da etapa final

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Lucas Lima (Felipe Melo); Willian (Gustavo Scarpa), Dudu (Jean) e Borja
Técnico: Felipão

FLUMINENSE: Júlio César; Igor Julião, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson e Sornoza; Júnior Dutra (Kayke), Luciano (Marcos Júnior) e Cabezas (Everaldo)
Técnico: Marcelo Oliveira

Continue lendo

Esportes

Luan e Léo Moura não treinam e são desfalques do Grêmio contra o São Paulo

Publicado

em

Foto: Reprodução
Spread the love

Os torcedores do Grêmio tinham a expectativa de ver nesta quinta-feira a volta do atacante Luan ao time titular após um mês fora. Mas esse retorno não vai mais acontecer contra o São Paulo, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador não se recuperou completamente da fascite plantar no pé direito e nem viajou com a delegação nesta quarta.

Na terça-feira, Luan participou do treinamento, mas saiu mais cedo aparentando sentir novamente dores no pé. Nesta quarta ele nem apareceu no gramado do CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre, para a última atividade antes da viagem para São Paulo. E não foi só ele; o lateral-direito Léo Moura também não treinou e também não embarcou para a capital paulista.

Ausências no treinamento de terça-feira, o zagueiro Pedro Geromel e o centroavante participaram normalmente da atividade nesta quarta e estão confirmados para o jogo. O lateral-direito Leonardo segue em recuperação após desconforto muscular e está fora. Assim, Madson será o lateral-direito em São Paulo.

Jean Pyerre e Matheus Henrique, autor do gol da vitória do último domingo contra o Vasco, têm se destacado nos últimos jogos, mas começarão a partida no estádio do Morumbi no banco de reservas, como opções para o decorrer da partida.

O provável time titular que o técnico Renato Gaúcho escalará é: Paulo Victor; Madson, Pedro Geromel, Paulo Miranda e Cortez; Michel, Maicon, Ramiro, Cícero e Everton; Jael.

Com 58 pontos cada, Grêmio e São Paulo estão na briga por uma vaga direta na fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores. O time gaúcho está na frente, em quarto lugar, por ter uma vitória a mais (16 a 15). Para o volante Michel, o duelo desta quinta-feira é considerado uma final.

“A mesma final que a gente jogou contra o River (Plate), tem que jogar contra o São Paulo e o restante do Campeonato Brasileiro. É um confronto direto, a gente da qualidade do São Paulo. Eles vêm de trocar o treinador. Mas isso não interessa, nós trabalhamos bastante pra enfrentar essa dificuldade. Esse confronto direto, a gente sabe que é diferente”, disse nesta quarta-feira.

Confira os relacionados do Grêmio:

Goleiros – Paulo Victor e Bruno Grassi

Laterais – Madson, Cortez, Juninho Capixaba e Marcelo Oliveira

Zagueiros – Pedro Geromel e Paulo Miranda

Volantes – Michel, Maicon, Cícero, Thaciano, Kaio e Matheus Henrique

Meias – Jean Pyerre, Alisson, Ramiro, Vico e Douglas

 Atacantes – Jael, Everton, André, Pepê, Marinho e Thonny Anderson
Fonte: Estadão Conteúdo

Continue lendo

Esportes

James Rodríguez rompe ligamento do joelho e desfalca Bayern nas próximas semanas

Publicado

em

Foto: Reprodução
Spread the love

O Bayern de Munique divulgou um comunicado nesta quarta-feira para confirmar que exames detectaram que o meia James Rodríguez teve um rompimento parcial do ligamento do joelho esquerdo e ficará afastado dos gramados “pelas próximas semanas”.

O clube informou que o jogador da seleção colombiana se lesionou durante um treino realizado na última terça-feira e também revelou: “James vai inicialmente descansar por dez dias antes de começar o tratamento e a reabilitação”.

O departamento médico do Bayern preferiu não estabelecer um prazo mais preciso de afastamento do craque, que no último sábado ainda amargou o fato de que ficou durante todo o clássico contra o Borussia Dortmund, fora de casa, entre os reservas de sua equipe. Do banco, ele viu o seu time ser derrotado por 3 a 2.

James Rodríguez vem sofrendo com as lesões neste ano, no qual desfalcou a Colômbia nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, contra a Inglaterra, por estar lesionado. Naquela ocasião, o meio-campista acompanhou das tribunas do Spartak Stadium, em Moscou, a sua seleção ser eliminada nos pênaltis pela Inglaterra, após empate por 1 a 1 no tempo normal e por 0 a 0 na prorrogação.

Sem poder contar com o jogador colombiano, o Bayern voltará a jogar pelo Campeonato Alemão no próximo dia 24, quando encara o Fortuna Düsseldorf, em casa, pela 12ª rodada da competição. A equipe bávara ocupa apenas a quinta posição da tabela, sete pontos atrás do líder Borussia Dortmund.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaques