Conecte-se Conosco

CIDADE

Rapaz registra BO sobre agressão e apropriação indébita de Celular contra Helder

Publicado

em

O jovem alega que sua denúncia não tem motivação política e que ele vai votar nulo, mas que está preocupado por saber com quem se envolveu e que teme sofrer retaliações.
Por Diógenes Brandão/ As Falas da Pólis
O jovem  Samuel Benasuli Pinheiro, morador da Marambaia,  gravou um vídeo que viralizou nas redes sociais, acusando o candidato ao governo do Pará Helder Barbalho (MDB), de  lhe ter agredido, ao ser perguntado  sobre a Lava Jato e ao dinheiro da Sudam. 
Segundo disse, Samuel Benasuli Pinheiro estava na frente de sua casa, quando Helder Barbalho,  com apoiadores,  passava por ali. Sua mãe foi abordada por assessores e orientada para que falasse com o candidato. Samuel pegou o celular para fotografar a mãe e depois pediu para fazer uma pergunta em vídeo para Helder Barbalho. E perguntou: “Candidato, como você vai se livrar das investigações da Lava Jato e como está o dinheiro da SUDAM?
Após isso, Helder teria chamado seguranças para ajudar-lo a arrancar o celular das mãos do rapaz, que ainda tentou transmitir ao vivo a entrevista com o candidato do MDB.
Ainda segundo o rapa, a  sua casa foi invadida  tanto por Helder Barbalho quanto  por seus seguranças, que o ameaçaram, dizendo: Toma cuidado com a tua vida.
Humilhado e sem o  seu celular que diz ter sido roubado ( na verdade trata-se de apropriação indébita que é  crime previsto no artigo 168 do Código Penal Brasileiro e consiste no apoderamento de coisa alheia móvel, sem o consentimento do proprietário),Samuel Benesuli teme por sua integridade física e de sua família, pois teve seu rosto e a frente da sua casa fotografados por assessores de Helder Barbalho, que tem um segurança, conhecido como Benezinho, considerado violento e agressivo.
Alguns policiais militares apareceram na cena do crime e ainda presenciaram as ameaças sofrida por Samuel e a admissão, por parte do pessoal de Helder Barbalho,  que o celular foi realmente tomado à força das mãos do jovem. A família de Samuel está apavorada, temendo represálias por parte dos seguranças e militantes do MDB,
Assista o vídeo publicado pelo próprio jovem, que ainda espera recuperar pelo menos o celular: https://youtu.be/QLQDKJmsWuU
Junto com Helder Barbalho, o apresentador da TV RBA, vereador e candidato a deputado federal Joaquim Campos (MDB), também apareceu no momento do tumulto, mas não quis defender o jovem e tentou justificar a ação do candidato, que foi ministro de Dilma e Temer e disputa pela segunda vez o cargo de governador do Pará.
O registro de um boletim de ocorrência policial foi feito na Seccional Urbana da Marambaia e espera-se que o caso seja investigado, pois o país precisa ser passado a limpo e a impunidade não pode continuar sendo aceita pelas instituições públicas, sobretudo quando poderosos afrontam os mais pobres, mesmo estando em plena campanha em busca de votos na periferia.

O jovem alega que sua denúncia não tem motivação política e que ele vai votar nulo, mas que está preocupado por saber com quem se envolveu e que teme sofrer retaliações.

Em sua fanpage, Helder Barbalho postou uma foto com sua filha mais nova, o que confirma que esteve na Marambaia, mas nada comentou sobre a denúncia do jovem morador do bairro, que apela para ter seu celular devolvido.

Boletim de Ocorrência

Governo do Estado do Pará
Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social
MARAMBAIA – 5ª SECCIONAL – 1ª RISP – 9ª AISP
Boletim de Ocorrência Policial
Polícia Civil
Registrado em: 07/09/2018 11:56:58 É BOP de Apresentação ? NÃO
Número: 00006/2018.110280-7 Belém, 07 de Setembro de 2018
Endereço:
Local da Ocorrência:
Identificação do Fato:
Data e hora do Fato:
Autoridade Policial: ANTONIO MARIA MARÇAL AMERICO
Registrador do Boletim: EDRESON JOSE LIMA DAS SANTOS
Dados do Relator: SAMUEL BENASSULI PINHEIRO
Tipo do Relator: PESSOA FÍSICA
Documento(s): Habilitação: 06433886907 / DETRAN – PA
Endereço(s): Residencial: Alameda Água Cristal No. 10 CEP: 66615515 Bairro: Marambaia
Localidade: Belém – PA
Contato(s): Celular: 91 98139-0247
Dados da Ocorrência:
07/09/2018 11:00:00
Via Pública
Alameda Água Cristal No. 10 CEP: 66615515 Bairro: Marambaia Localidade:
Belém – PA
Relato da Ocorrência:
TÍPICA > DECRETO LEI 2848/1940 – CPB – CODIGO PENAL BRASILEIRO –
PARTE ESPECIAL > TÍTULO II – DOS CRIMES

O relator compareceu a esta 5ª SUMA para comunicar que na data, hora e local supracitados passou uma
carreata do candidato a governador do Estado do Pará, HELDER BARBALHO, parou em frente a casa do
relator e a genitora do relator pediu para tirar uma foto com o Helder do celular dela MARCA/MODELO
LENOVO VIBEC DE COR PRETO, e o relator pegou o celular da genitora dele tirou a citada foto, depois
perguntou ao candidato se poderia lhe fazer duas perguntas e registrar tudo em seu APARELHO CELULAR
MARCA/MODELO MOTO G5 DE COR DOURADO, Helder autorizou e o relator lhe perguntou “HELDER
COMO TU VAIS TE LIVRAR DAS ACUSAÇÕES DA OPERAÇÃO LAVA-JATO? e COMO ESTAVA O
DINHEIRO DA SUDAM?”, o candidato ficou exaltado, segurou o braço do relator e mandou que seus
seguranças tirassem os celulares das mãos do relator que correu para dentro de sua casa e foi seguido por
Helder e seus seguranças, o candidato segurou a mão do relator que estava com o celular de sua genitor
até conseguir tomá-lo, já o celular de propriedade do relator, este o arremessou para os fundos da sua
residência, no entanto, os seguranças foram atrás e também pegaram o celular do relator, o candidato e os
seguranças sairam da residência do relator com os referidos celulares, de repente, apareceu uma viatura da
policia militar que deu apoio ao relator e estes foram atrás da carreata, que os policiais militares abordaram
os seguranças que disseram que estavam com os aparelhos, mas naquele momento estavam com outra
pessoa, os policiais trouxeram o relator a esta seccional para registro do fato, enquanto  com outra pessoa, os policiais trouxeram o relator a esta seccional para registro do fato, enquanto retornaram ao local para reaver os celulares.

Registra-se

Assinam

EDRESON JOSE LIMA DAS SANTOS

Escrivão de Polícia

SAMUEL BENASSULI PINHEIRO

Relator

 

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual