Conecte-se Conosco

MEIO AMBIENTE

Ministro Blairo Maggi fatura também com agrotóxicos

Publicado

em

Segundo a Receita Federal, o ministro da Agricultura tem duas firmas no ramo dos agrotóxicos. Maggi comemorou a queda da liminar que suspendia a venda de glifosato e outros produtos tóxicos

Brasília – O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, durante audiência pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Agricultura de Michel Temer, Blairo Maggi (PP-MT), comemorou a derrubada

da liminar da Justiça que suspendia o registro e venda de produtos à base de Abamectina, Glifosato e Tiram, até que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) finalize a reavaliação toxicológica desses ingredientes ativos. O mais vendido no mundo e no Brasil é o Glifosato, criado pela Monsanto, cuja patente expirou em 2000.

Acolhendo pedido da Advogacia Geral da União (AGU), o desembargador Kássio Nunes Marques, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), cassou a liminar concedida há um mês pela juíza Luciana Raquel Tolentino de Moura, da 7ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal. Além de suspender o registro – e a venda – dos produtos, a magistrada havia dado prazo até 31 de dezembro para a Anvisa concluir os procedimentos de reavaliação.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual