Conecte-se Conosco

CIDADE

Mais de 20 países participam da Feira do Artesanato Mundial

Foto: Reprodução

Publicado

em

A Feira do Artesanato Mundial (FAM) 2018, que começou na sexta-feira (7) segue até o próximo dia 16 no Hangar Centro de Convenções, em Belém. A feira conta com aproximadamente 200 expositores de mais de 20 países, além de artesãos de norte a sul do Brasil. O ingresso custa R$ 10,00 inteira e 5, com meia-entrada para estudantes. De segunda à quinta de 15h até 17h, a entrada é gratuita

Nos estandes há  artigos de decoração e organização de ambientes, passando por itens de vestuário e culinária, até acessórios de moda, adornos e utilidades para o lar feitos de forma inteiramente artesanal.

Volta ao Mundo

De acordo com Hilda Alves, Diretora Executiva da FAM, o visitante vai viajar no mundo da arte e cultura mundial. “Serão diversas novidades nacional e internacional, por exemplo, produtos egípcios: cristais, esfinges, vestuário, dança do ventre e outros artigos egípcios que o visitante vai poder conferir e adquiri com toda qualidade”, ressalta Hilda Alves.

Entre os expositores estão representantes do artesanato da Turquia, Quênia, Peru, Índia, Egito, Japão, Síria, e países do continente africano. O público terá a oportunidade de conhecer os projetos sociais desenvolvidos por órgãos estaduais, com a comercialização de mudas arbóreas e decorativas; móveis e utensílios feitos a partir da reutilização de pneus e material de escritório elaborado com materiais reciclados.

Serviço

A Feira do Artesanato Mundial vai de 7 a 16 de setembro, das 15h às 22h, no Hangar Convenções e Feira da Amazônia. O ingresso custa R$ 10,00 a entrada inteira e R$ 5,00 a meia-entrada para estudantes. De segunda a quinta, de 15h às 17h, a entrada é gratuita.

Confira alguns expositores que cada país apresenta na FAM:

  • Brasil: a riqueza e a variedade do nosso artesanato representado por vários estados, com amostras de vestuário, cama e mesa e banho, objeto de decoração.
  • Turquia: decoração, amuletos e bijuterias.
  • Quênia – Objetos de decoração em madeira ébano; pedra sabão e osso.
  • África do Sul e Leste Africano – (arte negra) bijuterias em madeira e osso.
  • Paquistão – sapatos, xales, bijuterias, objetos de decoração em madeira.
  • Peru – Vestuário em lã e objetos de decoração e brinquedos.
  • Índia – Pashminas, almofadas, roupas, objetos de decoração em ossos, prata e pedras.
  • Indonésia – flores artificiais, corujas e girafas tomam conta de parte do estande. Há também máscaras com pequenos pontilhados de várias cores e fabricados com materiais diversos. As máscaras são peças produzidas artesanalmente e bijuteria em madeira.
  • Egito – Objetos de decoração em papel, vidro, madeira, bijuteria, roupas típicas .
  • Tunísia – essências. Entre os aromas apresentados na feira estão os de sândalo, ópio, mil e uma noites, baunilha, limão e outros.
  • Japão – origamis, coleções diversificadas de camisetas com ideogramas japoneses e outros ornamentos típicos.
  • Síria – Marchetaria, Caixas em Marchetaria, Objetos em Cobre, entre outros, narguilés de vários tamanhos, terços, etc….
  • Líbano – Toalhas, Caminhos de Mesa, Capas de almofada, Mantas, a, Caixas em Marchetaria, Objetos em Cobre.
  • Senegal – esculturas em madeira, quadros, objetos de decoração
  • Uganda – esculturas, peças de decoração.

 

 

 

 

 

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual