Conecte-se Conosco

Sem categoria

Márcio Miranda: os Barbalho têm medo e querem ganhar com sujeira

Publicado

em

O presidente da Assembléia Legislativa do Pará, Márcio Miranda (DEM), candidato ao governo do Estado, num post em sua página oficial no Facebook, acusa diretamente a família Barbalho de querer ganhar a eleição para governador no “tapetão”.  Pede que os eleitores paraense comparem a sua história com a história de seus adversários e decidam quem é melhor para o Pará.

Márcio Miranda se diz vítima  uma falsa denúncia, formulada pelos veículos de comunicação dos Barbalho, tendo como carro chefe o jornal “Diário do Pará”, relativamente à sua ida para a reserva remunerada da Polícia Militar, quando ainda não teria tempo para tal.

“É um absurdo essa acusação da família Barbalho contra mim.

Eles colocam na manchete deste domingo do “Diário do Pará” que me aposentei com seis anos de serviço. É o velho diário da mentira. Eu não sabia antes que eu incomodava tanto a família Barbalho. Fui médico do interior, deputado estadual…Agora eu estou compreendendo que isto é fruto do medo. Ou eles estão com muito medo de mim ou eles têm pesquisa como eu do meu crescimento”.

Para Márcio Miranda, seus adversário estão com com medo do resultado da eleição porque sabem que o povo cansou da velha prática política de agressão, na tentativa de jogar todo mundo na lama, para ficar todo mundo igual. Quero deixar claro que não sou igual a eles. Nesse modelo deles, eles tentam levar para o mesmo campo deles todos que se opõem a eles. Não irei nessa direção, mas tenho que defendeu a minha família, a minha dignidade, a minha honra e dar uma satisfação aos meus amigos e a milhares de pessoas que têm aderido a mim”.

Márcio Miranda considera que as acusações pelo jornal que lhes são feitas pelos Barbalho é sinal do desespero da família que quer fazer governador, senador, deputados federal. Quer eleger a família toda e aí,  um medico do interior, aparece ganhando musculatura…Eles não estão sabendo lidar com isso. Eu quero que os eleitores vejam a vida deles e comparem com a minha”;

 

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual