Conecte-se Conosco

MUNDO

Marinha dos EUA terá armas laser capazes de derrubar aviões

Foto: Reprodução / Fonte: Fox News

Publicado

em

Até 2021, os destroieres da Marinha dos EUA estarão armados com lasers. Além de todo o armamento convencional, os navios usarão raios laser capazes de detectar e incinerar os aviões inimigos em baixa altitude e os pequenos barcos – enquanto disparam à velocidade da luz.

A Lockheed Martin e a Marinha estão trabalhando em testes de ataque contra alvos simulados para preparar esses lasers de alta energia para a guerra. A arma, chamada de HELIOS, foi projetada para vigiar, rastrear e destruir alvos a partir de um sistema de navio integrado que consiste em radar avançado, tecnologia de controle de incêndio e sensores de alvo.

Ligar o HELIOS com o radar Aegis, usado para a defesa antimísseis pelas forças armadas dos EUA, permite que um sistema combinado recolha dados de vigilância do radar enquanto se prepara para destruir os alvos.

Desafios da nova tecnologia

O Gerente de Programa da Marinha, o Capitão Kevin Smith, abordou tal questão recentementeexplicando que um “surto de energia” é necessário para operar o laser no navio. A dissipação de calor é outro problema que os engenheiros estão enfrentando para armar navios com lasers. Estruturas mecânicas podem ajudar a afastar o calor de uma antena e de outros equipamentos essenciais, como receptores digitais.

Ainda que as armas lasers não sejam fortes o suficiente para, por exemplo, derrubar um ICBM (míssil balístico intercontinental) em pleno voo, elas já podem ajudar na identificação. A intenção com HELIOS é avançar a tecnologia laser e trazer níveis mais altos de intensidade de energia, maior capacidade de detecção e maior alcance, já que armas lasers a bordo de navios não são raras.

Continue lendo
Clique para comentar

MUNDO

Canadá pede ao Irã que envie para França caixas pretas do avião abatido

O primeiro-ministro do Canadá informou também que as caixas pretas “foram severamente danificadas”

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Notícias ao Minuto

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, pediu hoje a Teerã que envie para um laboratório na França as caixas pretas do avião de passageiros ucraniano que o Irã admitiu ter abatido acidentalmente em 08 de janeiro. “Apenas alguns países, como [é o caso da] França, têm os laboratórios capazes de fazê-lo [analisar o conteúdo das caixas pretas]”, afirmou o chefe do Governo canadense, citado pela agência France-Presse, adiantando que Paris já se ofereceu para ajudar.

O Irã abateu o Boeing 737 da companhia aérea Ukraine International Airlines (UIA), matando os 167 passageiros e nove tripulantes de várias nacionalidades, a maioria iranianos e canadenses (57), mas também ucranianos, suecos, afegãos, alemães e britânicos.

Apesar de recusar inicialmente o fato, Teerã reconheceu três dias depois que tinha provocado o acidente inadvertidamente, devido à situação de alerta no país na sequência da escalada de tensão com os Estados Unidos. O avião partiu da capital iraniana com destino a Kiev, capital da Ucrânia.

O laboratório francês “seria o lugar certo para enviar essas caixas e obter as informações corretas rapidamente”, prosseguiu Trudeau.

O primeiro-ministro do Canadá informou também que as caixas pretas “foram severamente danificadas”, sendo por isso “extremamente importante” que sejam examinadas com a maior brevidade possível.

“Os franceses já se ofereceram para fazer essa perícia. [Se o Irã concordar em enviar as caixas] a comunidade internacional pode estar presente durante o processo, incluindo especialistas canadenses”, frisou.

O pedido de Justin Trudeau às autoridades iranianas foi feito em simultâneo com o anúncio da assistência financeira de emergência, no valor de 25.000 dólares para os canadenses que perderam familiares no desastre aéreo.

Durante este anúncio, Trudeau reiterou que o Governo iraniano também deveria compensar financeiramente as pessoas afetadas pela queda do aparelho.

O acidente com o avião ucraniano ocorreu horas depois do lançamento de 22 mísseis iranianos contra duas bases da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos, em Ain Assad e Erbil, no Iraque, numa operação de vingança pela morte do general iraniano Qassem Soleimani.

Continue lendo

MUNDO

Dubladora da Elsa, de Frozen, morre aos 21 anos

Publicado

em

Fonte: adorocinema Foto: Reproducao

Andrea Arruti era responsável por dublar a protagonista de Frozen em sua versão espanhola da América Latina.

Morreu nesta semana a atriz e dubladora mexicana Andrea Arruti, aos 21 anos de idade. Além de emprestar sua voz em parte da América Latina para Elsa, protagonista de Frozen, a moça também era conhecida por seu trabalho no anime Violet Evergarden e no game eletrônico League of Legends, no qual dublava a personagem Neeko.

A causa da morte ainda não foi revelada pela assessoria de Andrea e nem pela família. Nas redes sociais, diversos usuários dedicados a falar sobre League of Legends prestaram sua solidariedade perante o acontecimento: “Lamentamos o falecimento de Andrea Arruti, que emprestou sua voz para Neeko, e oferecemos nossas condolências a seus entes queridos”, disse o perfil latinoamericano do jogo.

Continue lendo

MUNDO

Barack Obama celebra aniversário de Michelle com declaração romântica

Publicado

em

foto: Instagram/ reprodução )/ CB

O ex-presidente dos Estados Unidos publicou momentos de carinho ao lado de sua companheira e deixou uma mensagem para parabenizá-la

Barack Obama homenageou nesta sexta-feira, 17, sua mulher, Michelle Obama, com uma sequência de fotos românticas no Instagram, por seu aniversário de 56 anos.

O ex-presidente dos Estados Unidos publicou momentos de carinho ao lado de sua companheira e deixou uma mensagem para parabenizá-la: “Em todo cenário, você é minha estrela. Parabéns, amor”.

Michelle comentou com um emoji de surpresa (:o), e a publicação recebeu mais de 4,5 milhões de curtidas na rede social. Confira:Continua depois da publicidade 

Essa não é a primeira vez que os dois demonstram amor publicamente. Em outubro de 2019, Barack Obama declarou amor à Michelle nos 27 anos de união do casal, divulgando uma foto deles abraçados observando o pôr do sol.

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital